Celulares

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O Nokia 3 V é o novo celular de entrada da HMD Global, atual dona da tradicional marca finlandesa. O smartphone tem bateria de 4.000 mAh com promessa de dois dias de duração, além de tela de 6,26 polegadas com resolução HD+ (1520 x 720 pixels) e notch em forma de gota. Ele traz Android 9 (Pie) e tecla física para acionar o Google Assistente com um toque, recurso visto antes em telefones da LG, como o LG G8S ThinQ.

O aparelho tem lançamento marcado para o próximo dia 26 nos Estados Unidos, com exclusividade para clientes da operadora Verizon. O preço é atrativo: US$ 168, equivalente a, aproximadamente, R$ 680. A Nokia não opera atualmente no mercado brasileiro.

Nokia 3 V tem bateria de dois dias e custa 168 dólares — Foto: Divulgação/Nokia Nokia 3 V tem bateria de dois dias e custa 168 dólares — Foto: Divulgação/Nokia

Nokia 3 V tem bateria de dois dias e custa 168 dólares — Foto: Divulgação/Nokia

Apesar do preço baixo, a ficha técnica do celular tende a ser suficiente para lidar satisfatoriamente com tarefas básicas, como uso de redes sociais e navegação na web. O celular traz o processador Snapdragon 429, um chip quad-core com velocidade de até 2 GHz e foco na economia de energia. A memória RAM, de 2 GB, também está na média de outros aparelhos vendidos na mesma faixa de preço.

Já a câmera traseira tem 13 megapixels (abertura de f/2.2) e a frontal tem 5 megapixels (f/2.2) com função de desbloqueio facial.

Nokia 3 V tem botão físico para acionar Google Assistente — Foto: Divulgação/Nokia Nokia 3 V tem botão físico para acionar Google Assistente — Foto: Divulgação/Nokia

Nokia 3 V tem botão físico para acionar Google Assistente — Foto: Divulgação/Nokia

Um dos possíveis entraves do Nokia 3 V é o armazenamento, que oferece apenas 16 GB de espaço e praticamente obriga o usuário a investir em um cartão de memória – ele aceita microSD de até 128 GB.

Em contrapartida, há benefícios no software. Integrante do programa Android One, além de sistema atualizado e com quase nenhuma personalização, a HMD Global oferece um ano e meio de updates regulares, incluindo pacotes de correção para brechas de segurança.

Não há previsão de lançamento do celular no Brasil.

Nokia traz de volta celulares que já são sucesso; conheça o Nokia 8110

Nokia traz de volta celulares que já são sucesso; conheça o Nokia 8110

Mais do TechTudo