TV

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


O sistema Android TV é mais do que apenas uma versão específica para smart TVs. A plataforma do Google, que garante acesso à Play Store, permite ao usuário interagir com a Google Assistente e traz a funcionalidade de Chromecast embutida. Dessa forma, o usuário pode assistir a filmes e séries por meio de comandos de voz, além de ter acesso a outros recursos da inteligência artificial.

Outro destaque é o suporte a tecnologias avançadas, como HDR e Dolby Vision, além de ser possível utilizar periféricos de forma nativa diretamente nos televisores. Confira a seguir mais detalhes sobre o Android TV e saiba se ter um aparelho com o sistema é interessante para você.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Interface e menus

Android TV tem interface que separa apps de fontes de conteúdo e configurações — Foto: Divulgação/Google Android TV tem interface que separa apps de fontes de conteúdo e configurações — Foto: Divulgação/Google

Android TV tem interface que separa apps de fontes de conteúdo e configurações — Foto: Divulgação/Google

Assim como acontece no Android para celulares, a versão para TVs tem uma interface gráfica bem definida. Ela organiza o sistema operacional de forma a separar aplicativos, conteúdos e menus de configurações. O usuário tem diversas opções de ajustes para destacar itens, apps e fontes daquilo que considerar mais importante.

Embora fabricantes possam interferir na aparência e organização da interface, algo comum também nos smartphones, o sistema operacional de TVs do Google é mais consistente, já que as mudanças tendem a ser menores. Menus de configuração do sistema são acessíveis por meio do controle remoto, mas o usuário também pode optar por comandos de voz – desde que a TV em si tenha suporte a esse recurso.

Aplicativos

Grande destaque do Android TV é a grande quantidade de apps e jogos da Play Store — Foto: Reprodução/Thássius Veloso Grande destaque do Android TV é a grande quantidade de apps e jogos da Play Store — Foto: Reprodução/Thássius Veloso

Grande destaque do Android TV é a grande quantidade de apps e jogos da Play Store — Foto: Reprodução/Thássius Veloso

O principal destaque do sistema Android está na Play Store. A loja de aplicativos do celular é a mesma que roda no televisor, o que abre espaço para uma grande diversidade de apps e jogos que você pode utilizar diretamente no televisor. Além disso, o usuário tem diferentes opções de conteúdo para comprar e alugar na Play Store, com Play Filmes e Play Music. Com essa grande oferta de apps e mídias, o sistema acaba ficando à frente de rivais como o Tizen, da Samsung, e o webOS, da LG.

Essas características podem tornar a ideia de investir em um televisor com o sistema operacional bastante atrativa para o consumidor que já possui uma grande quantidade de conteúdo disponível no Android do celular e quer acessá-lo de forma simples também na TV.

Interatividade e recursos

Android TV tem Chromecast embutido, funciona com Google Assistente e facilita o uso de apps com suporte a teclado e mouse — Foto: Reprodução/Paulo Alves Android TV tem Chromecast embutido, funciona com Google Assistente e facilita o uso de apps com suporte a teclado e mouse — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Android TV tem Chromecast embutido, funciona com Google Assistente e facilita o uso de apps com suporte a teclado e mouse — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Atualmente, as smart TV dispensam a necessidade de um Chromecast, e isso acontece também nas TVs com Android. Com a tecnologia Google Cast embutida, o sistema pode espelhar a tela do seu celular, tablet ou computador de forma descomplicada, da mesma forma que o faria com o dongle espetado em uma porta HDMI.

Mas o Android TV conta ainda com algumas vantagens de destaque. Para começar, o sistema do Google é um dos poucos no mercado que permite ao usuário conectar teclado e mouse diretamente no televisor. Dessa forma, é possível utilizar apps de produtividade ou até mesmo jogar no aparelho, o que é um ponto muito interessante.

Outra característica típica de televisores e aparelhos com o Android TV, sobretudo mais recentes, é o suporte à Google Assistente, para acessar conteúdos por meio de comandos de voz. Isso pode ser feito tanto no celular quanto no controle remoto, se houver um microfone embutido.

Modelos no Brasil

Philips investe no Android TV em modelos mais caros e tela OLED — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Philips investe no Android TV em modelos mais caros e tela OLED — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Philips investe no Android TV em modelos mais caros e tela OLED — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

No Brasil, três fabricantes contam com modelos de TVs que rodam o sistema operacional do Google: a Sony, com uma linha de aparelhos 4K mais caros, a TCL com modelos intermediários e premium e a Philips, que aplica o sistema também em televisores top de linha, com direito a opções com tela OLED.

Nas intermediárias, a TCL 32S6500S, por exemplo, é uma Full HD de 32 polegadas com suporte a imagem HDR. O produto pode ser encontrado a preços na faixa dos R$ 899. Já para quem procura uma tela grande, a Sony XBR X905F de 85 polegadas pode ser uma opção interessante. Com as tecnologias HDR e Dolby Vision, o painel de pontos quânticos entrega resolução 4K e custa cerca de R$ 32 mil.

A Philco, por sua vez, conta com televisores que rodam o Android dos celulares adaptados para a TV. Nesse caso, o sistema é adaptado ao televisor e não oferece a mesma experiência de uso de um Android TV puro. A prática também é comum em media-centers de origem chinesa.

Outras opções

Set-top-boxes com Android TV também são comuns — Foto: Divulgação/Xiaomi Set-top-boxes com Android TV também são comuns — Foto: Divulgação/Xiaomi

Set-top-boxes com Android TV também são comuns — Foto: Divulgação/Xiaomi

O interessante do Android TV é que a plataforma não é exclusiva de televisores. Há media centers no mercado que rodam versões da plataforma do Google e podem ser uma opção mais barata às TVs. Entre eles, estão a Mi Box, da Xiaomi, e o Nvidia Shield, console da Nvidia.

É muito importante, no entanto, ficar atento a que tipo de Android cada fabricante promete. Há o Android TV, sistema para televisores, e o Android de celulares, adaptado por algumas marcas menores. Esse último formato nem sempre atende aos mesmos critérios, além de não entregar a mesma experiência que a versão de TV da plataforma.

Qual a melhor Android TV do mercado? Opine no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo