Fones de ouvido

Por Victor Toledo, para o TechTudo


O WH-1000XM3 é um fone de ouvido da Sony que promete alta qualidade de som e recursos interessantes. Disponível para comprar no Brasil por meio da loja oficial da marca, o produto tem preço oficial de R$ 1.799. Entre as principais características do sucessor do WH-1000XM2 estão o cancelamento de ruído ativo e a promessa de autonomia para até 30 horas de reprodução.

Além disso, o headphone é compatível com a Google Assistente e pode ser configurado por meio de um aplicativo próprio da fabricante. Confira a seguir mais detalhes a respeito do fone de ouvido e saiba se ele é uma boa opção para você.

Quer comprar um fone de ouvido barato? Encontre os melhores preços no Compare TechTudo

Fone de ouvido: cinco dicas para conservar melhor o acessório

Fone de ouvido: cinco dicas para conservar melhor o acessório

Ficha técnica do Sony WH-1000XM3

  • Peso: 255 gramas
  • Cores: Preto e prata
  • Drivers: 40 mm
  • Frequência de resposta dos drives: 4 Hz a 40 kHz
  • Impedância: 47 ohms
  • Sensibilidade: 104 dB
  • Bateria: até 30 horas
  • Tempo de recarga máxima: 3 horas

Design

Fone da Sony pode funcionar tanto no Bluetooth como com o cabo — Foto: Divulgação/Sony Fone da Sony pode funcionar tanto no Bluetooth como com o cabo — Foto: Divulgação/Sony

Fone da Sony pode funcionar tanto no Bluetooth como com o cabo — Foto: Divulgação/Sony

Com relação ao design, o modelo da Sony é bem simples, mas consegue ser moderno ao mesmo tempo. Disponível em preto e prata, o dispositivo pesa cerca de 255 gramas e conta com botões internos que funcionam a partir do toque. Por meio deles, é possível mudar de música, aumentar ou diminuir o volume e até atender chamadas pelo toque ou deslizando a ponta do dedo pela concha. Além disso, o fone traz detalhes em dourado, o que leva a um visual ainda mais requintado.

Qualidade de som

De acordo com as especificações divulgadas pela Sony, o WH-1000XM3 promete não decepcionar na qualidade sonora. O fone se destaca pela ampla faixa de frequência, de 4 Hz a 40 kHz, o que indica uma alta capacidade do dispositivo ao reproduzir sons de diferentes faixas de frequência. Sendo assim, o modelo deve apresentar bons graves, médios e agudos, com alta precisão.

Fone tem superfície touch com suporte a gestos — Foto: Divulgação/Sony Fone tem superfície touch com suporte a gestos — Foto: Divulgação/Sony

Fone tem superfície touch com suporte a gestos — Foto: Divulgação/Sony

O dispositivo conta ainda com drivers de 40 mm e sensibilidade de 104 dB, o que significa que o acessório deve entregar um bom volume. Vale lembrar que o máximo indicado para não prejudicar a audição humana é 85 dB.

Outro ponto importante é a promessa de cancelamento de ruído ativo. Segundo a Sony, o fone conta com almofadas estáveis e tecnologia de processamento chamado de HD QN1, que promete isolar completamente o ambiente externo enquanto o dispositivo está em uso. Essa função também pode ser configurada por meio do app, além de se adaptar ao ambiente e à posição do usuário.

Recursos extras e bateria

Sobre os recursos oferecidos pela marca, não há tantas novidades. Além de ser possível acessar a Google Assistente por comandos de voz, o fone é compatível com o aplicativo Headphone Connect, da Sony. O app permite configurar algumas particularidades do fone de ouvido, como o equalizador com modos de som pré-definidos para ressaltar os padrões e gêneros de música que você mais gosta. A ferramenta também é útil para definir o nível do cancelamento de ruído.

WH-1000XM3 tem promessa de autonomia para até 30 horas de reprodução — Foto: Divulgação/Sony WH-1000XM3 tem promessa de autonomia para até 30 horas de reprodução — Foto: Divulgação/Sony

WH-1000XM3 tem promessa de autonomia para até 30 horas de reprodução — Foto: Divulgação/Sony

Já em relação à autonomia, o WH-1000XM3 tem um ponto forte. De acordo com a Sony, quem preferir usar o fone no modo sem fio tem promessa de até 30 horas de reprodução com uma única carga. Além disso, a bateria tem sistema de recarga rápida: segundo a empresa, apenas 10 minutos na tomada garantem energia o suficiente para cinco horas de música. São necessárias três horas para recarregar completamente a bateria do dispositivo.

Preço

Lançado no Brasil em 2018, o fone de ouvido da Sony é um dos mais caros do mercado, competindo com modelos como o Beats Studio3 Wireless, por exemplo, vendido pela Apple. No site oficial da marca, o WH-1000XM3 está à venda por R$ 1.799.

Fone de ouvido da Beats vale a pena? Analisamos o modelo top de linha

Fone de ouvido da Beats vale a pena? Analisamos o modelo top de linha

Quais modelos de fone de ouvido indicam? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo