Por Paulo Alves, para o TechTudo


O iMac de 21,5 polegadas fabricado no início de 2013 é o aparelho mais recente a ganhar o selo de obsoleto da Apple. A classificação é adotada para equipamentos que saíram de linha há sete anos ou mais. Por conta disso, os produtos deixam de ter peças de reposição e não podem mais ser levados para reparo na rede da Apple, tanto em lojas próprias quanto em assistências técnicas credenciadas pela empresa.

As regras se aplicam a qualquer produto da marca, incluindo MacBooks, iPhones, iPads e iPods, e alguns deles podem já ter sido "abandonados" sem que o usuário saiba. Veja a seguir seis produtos que já não contam mais com suporte da fabricante.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

iPhone com iOS13? Saiba tudo sobre o novo sistema operacional da Apple

iPhone com iOS13? Saiba tudo sobre o novo sistema operacional da Apple

1. iMac de 21,5 polegadas (início de 2013)

Voltado inicialmente para o público escolar, o iMac de 21,5 polegadas lançado no começo de 2013 atraiu a atenção do público por contar com um preço mais baixo em relação aos demais All-in-One da Apple vendidos na época.

O computador traz processador Intel Core i3 Ivy Bridge, de terceira geração, e memória RAM de 4 GB, 8 GB ou 16 GB, além de armazenamento em HD de 500 GB. O display IPS conta com a mesma resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) do modelo vendido atualmente na Apple Store brasileira.

iMac 21,5" do início de 2013é adição mais recente à lista de obsoletos da Apple — Foto: Divulgação/Apple iMac 21,5" do início de 2013é adição mais recente à lista de obsoletos da Apple — Foto: Divulgação/Apple

iMac 21,5" do início de 2013é adição mais recente à lista de obsoletos da Apple — Foto: Divulgação/Apple

2. MacBook Pro Retina 13” e 15” (início de 2013)

Os MacBooks Pro de 13 e 15 polegadas com tela Retina fabricados no começo de 2013 também são considerados obsoletos. O modelo de 15,4 polegadas é sucessor direto do computador original, lançado um ano antes, que chamou atenção pelo display de alta resolução e espessura próxima à do MacBook Air. A ficha técnica traz painel de 2880 x 1800 pixels, processador quad-core, 8 GB ou 16 GB de RAM, e armazenamento de 256 GB ou 512 GB em SSD.

Já o Mac de 13,3 polegadas tem memória RAM de 8 GB, processador dual-core e armazenamento em SSD de 128 ou 256 GB. Além da versão do início de 2013, a Apple deixou de oferecer suporte também para o modelo anterior do notebook profissional de 13”, lançado no final de 2012.

MacBook Pro Retina 13” e 15” do início de 2013 estão obsoletos — Foto: Divulgação/Apple MacBook Pro Retina 13” e 15” do início de 2013 estão obsoletos — Foto: Divulgação/Apple

MacBook Pro Retina 13” e 15” do início de 2013 estão obsoletos — Foto: Divulgação/Apple

3. MacBook Air 11” e 13” (meados de 2012)

Não é mais possível obter suporte e comprar peças originais para o MacBook Air fabricado em meados de 2012, seja com tela de 11,6 polegadas ou de 13,3 polegadas. Os laptops trazem o mesmo design que foi deixado de lado apenas em 2018, quando a Apple lançou o novo MacBook Air: espessura de cerca de 1 cm e peso de pouco mais de 1 kg. Os displays, porém, não alcançam a resolução Full HD: a versão menor tem painel de 1366 x 768 pixels e a maior fica em 1440 x 900 pixels.

A ficha técnica conta com processador Core i5 de dois núcleos, memória RAM de 4 GB e armazenamento de 64 GB, 128 GB ou 256 GB, dependendo do modelo. Embora tenham especificações inferiores às do modelo atual, os notebooks trazem conector MagSafe e variedade maior de portas, com Thunderbolt, duas USB 3.0, microfone e cartão de memória.

MacBook Air 11” e 13” de meados de 2012 saiu de linha há mais de 7 anos — Foto: Divulgação/Apple MacBook Air 11” e 13” de meados de 2012 saiu de linha há mais de 7 anos — Foto: Divulgação/Apple

MacBook Air 11” e 13” de meados de 2012 saiu de linha há mais de 7 anos — Foto: Divulgação/Apple

4. iPod Touch 4ª geração

Outro produto obsoleto é o iPod Touch 4ª geração, lançado em 2010 em três versões: com 8 GB, 16 GB ou 64 GB de espaço interno. O modelo trazia várias características herdadas dos primeiros modelos de iPhone, como o design e a tela de 3,5 polegadas com resolução 960 x 640 pixels. Sua câmera traseira contava com suporte a filmagens em HD e a frontal com qualidade apenas VGA.

As especificações ficam bem atrás do iPod Touch 7, anunciado em maio de 2019 com opções de armazenamento de 32 GB, 128 GB e 256 GB, câmeras de 8 MP e 12 MP e tela de 4 polegadas. O modelo pode ser adquirido no Brasil por preços a partir de R$ 1.699.

iPod Touch 4ª geração tinha tela de 3,5 polegadas e até 64 GB de espaço interno — Foto: Divulgação/Apple iPod Touch 4ª geração tinha tela de 3,5 polegadas e até 64 GB de espaço interno — Foto: Divulgação/Apple

iPod Touch 4ª geração tinha tela de 3,5 polegadas e até 64 GB de espaço interno — Foto: Divulgação/Apple

5. iPhone 5

A Apple aumentou o tamanho da tela do iPhone pela primeira vez em 2012: de 3,5 polegadas no iPhone 4S para 4 polegadas e resolução 1136 x 640 pixels no iPhone 5. Fora de linha há mais de sete anos, o celular passou a ser vendido na cor cinza chumbo e também estreou compatibilidade com redes 4G, tecnologia que já havia aparecido antes no rival Galaxy S, da Samsung.

O smartphone trazia chip Apple A6, câmera de 8 megapixels com gravação de vídeo em Full HD (1080p). Esse foi o último modelo da maçã a vir sem leitor de impressões digitais: o sensor Touch ID foi lançado no sucessor iPhone 5S. Em 2014, o telefone teve recall por conta de problemas na bateria.

iPhone 5 teve recall de bateria em 2014 — Foto: Luciana Maline/TechTudo iPhone 5 teve recall de bateria em 2014 — Foto: Luciana Maline/TechTudo

iPhone 5 teve recall de bateria em 2014 — Foto: Luciana Maline/TechTudo

6. iPad 2

O segundo modelo do tablet da Apple chegou ao Brasil em maio de 2011 e, há cerca de um ano, também não conta mais com suporte. O iPad 2 trouxe na época o processador dual-core A5, 512 MB de RAM e bateria de 6.930 mAh, com promessa de 10 horas de autonomia. A tela continuou com as mesmas 9,7 polegadas do modelo original. O produto contava ainda com câmera frontal VGA e traseira de 0,7 megapixels.

O iPad de segunda geração voltou a chamar a atenção em julho de 2019, quando participou da leva de atualizações do iOS 12.4, junto com o iPhone 5, apesar do selo de obsoleto. Segundo a Apple, o update teve como objetivo corrigir erros no GPS do aparelho.

Apple não oferece mais peças e reparos para o iPad 2 — Foto: Divulgação/Apple Apple não oferece mais peças e reparos para o iPad 2 — Foto: Divulgação/Apple

Apple não oferece mais peças e reparos para o iPad 2 — Foto: Divulgação/Apple

Via Apple

Mais do TechTudo