Redes sociais

Por Gabrielle Ferreira, para o TechTudo


O Facebook poderia acessar informações sobre a vida sexual de algumas usuárias de apps de ciclo menstrual, segundo uma pesquisa divulgada pelo grupo britânico Privacy Internacional, ONG que investiga o controle de dados na Internet. De acordo com reportagem publicada pelo BuzzFeed News nesta terça-feira (10), diversos aplicativos de menstruação estariam compartilhando o conteúdo com a rede social, permitindo que a plataforma tenha conhecimento sobre a saúde e atividade sexual de suas usuárias. Softwares como Maia e Calendário Menstrual teriam repassado os tipos de contraceptivos utilizados, os períodos menstruais, entre outras informações íntimas.

Em resposta ao TechTudo, o Facebook disse que "ao contrário das informações divulgadas pelo BuzzFeed, nossos termos de serviço proíbem desenvolvedores de nos enviarem dados confidenciais sobre a saúde das pessoas e nós tomamos providências se descobrimos que isso aconteceu".

Facebook pode estar recebendo informações sobre a vida sexual de suas usuárias — Foto: Luciana Maline/TechTudo Facebook pode estar recebendo informações sobre a vida sexual de suas usuárias — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Facebook pode estar recebendo informações sobre a vida sexual de suas usuárias — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Algumas mulheres utilizam os aplicativos para obter um maior controle sobre o período de seu ciclo menstrual, além de minimizar ou maximizar as chances de concepção. Para fornecer informações mais precisas, os apps de menstruação solicitam diversos dados de suas usuárias, como últimas datas em que fez sexo, datas dos períodos e sintomas físicos e emocionais experienciados durante o ciclo menstrual.

O compartilhamento dessas informações teria ocorrido por meio do Kit de Desenvolvimento de Softwares do Facebook (SDK, em inglês). Este sistema da rede social é usado para a criação de aplicativos – ele permite que os desenvolvedores incorporem ferramentas e coletem dados de usuários, com o objetivo de melhorar sua performance. Desse modo, quando alguém fornece suas informações pessoais a algum aplicativo, há a chance de seus dados serem enviados ao Facebook, por meio do SDK.

O app Maia controla o ciclo menstrual de suas usuários com base nos dados informados — Foto: Raquel Freire/TechTudo O app Maia controla o ciclo menstrual de suas usuários com base nos dados informados — Foto: Raquel Freire/TechTudo

O app Maia controla o ciclo menstrual de suas usuários com base nos dados informados — Foto: Raquel Freire/TechTudo

Segundo o Privacy Internacional, alguns dos aplicativos que podem estar compartilhando as informações de suas usuários seriam:

A empresa responsável pelo app Maia informou ao BuzzFeed que realizaria mudanças em seu sistema de compartilhamento de dados.

Como usar o app MAX Battery para economizar bateria do celular Android

Como usar o app MAX Battery para economizar bateria do celular Android

Qual o melhor app que você tem no seu celular? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo