Celulares

Por Paulo Alves, para o TechTudo


Os três modelos de iPhone lançados recentemente têm baterias maiores que os antecessores. A maior diferença está no iPhone 11 Pro Max, que conta com 25% mais capacidade que o iPhone XS Max. O segundo maior aumento de bateria foi do iPhone XS para o iPhone 11 Pro, com cerca de 14,5% de incremento. O acréscimo foi bem mais discreto no iPhone 11, que traz componente com apenas 0,05% e mais poderoso que o do iPhone XR.

As informações vieram à tona nesta terça-feira (18), após a divulgação de um arquivo da agência reguladora chinesa TENAA, equivalente à Anatel, revelado pelo site especializado MacRumors. O documento de certificação também aponta aumento na memória RAM em um dos modelos – agora, todas as opções da linha contam com 4 GB. Veja um resumo dos dados de ficha técnica.

iPhone 11 Pro Max tem bateria 25% maior em relação ao antecessor — Foto: Thássius Veloso/TechTudo iPhone 11 Pro Max tem bateria 25% maior em relação ao antecessor — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

iPhone 11 Pro Max tem bateria 25% maior em relação ao antecessor — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A Apple destacou o aumento de autonomia como uma das principais novidades dos modelos designados como “Pro”. Segundo a empresa, a duração pode ser de quatro a cinco a mais em relação aos predecessores diretos de 2018. Apesar do acréscimo na capacidade da bateria, o rendimento melhor também está ligado ao funcionamento mais econômico do novo chip A13 Bionic. O desempenho prometido, no entanto, só poderá ser confirmado após testes mais aprofundados.

Especificações de bateria e memória dos iPhones de 2018 e 2019

Modelo Ano Bateria RAM
iPhone XR 2018 2.942 mAh 3 GB
iPhone 11 2019 3.110 mAh 4 GB
iPhone XS 2018 2.658 mAh 4 GB
iPhone 11 Pro 2019 3.046 mAh 4 GB
iPhone XS Max 2018 3.174 mAh 4 GB
iPhone 11 Pro Max 2019 3.969 mAh 4 GB

4G mais veloz

Outra mudança está na conectividade 4G. Segundo o PCMag, a linha 2019 traz o último modem lançado pela Intel antes de encerrar a fabricação desse tipo de produto, responsável por aumentar a velocidade em 20%. A informação, no entanto, não foi confirmada pela certificação exigida na homologação do smartphone junto às autoridades chinesas.

Ainda não se sabe se o aumento de velocidade será oferecido pelo iPhone 11 homologado no Brasil, já que o modelo que deve ser homologado no país pode trazer mudanças. As unidades à venda nos Estados Unidos não são totalmente compatíveis com o padrão de conectividade brasileiro.

iPhone 11 em mãos: saiba preço e tudo sobre o lançamento da Apple de 2019

iPhone 11 em mãos: saiba preço e tudo sobre o lançamento da Apple de 2019

iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max: testamos os celulares da Apple

iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max: testamos os celulares da Apple

Via MacRumors (1/2) e PCMag

Mais do TechTudo