Celulares

Por Paulo Alves, para o TechTudo


Um carregador falso de iPhone pode ter aparência muito similar ao original, mas é possível identificá-lo com olhar mais atento. Segundo a Apple, acessórios piratas podem danificar com facilidade, dificultar o carregamento da bateria e a sincronização de dados do celular com um computador ou até danificar o dispositivo por conta de falhas na fabricação. A recomendação é adotar o produto da própria empresa ou fabricado por terceiros, desde que haja o selo “Made for iPhone”, que garante bom funcionamento. Veja, a seguir, como descobrir se um cabo tem ou não certificação.

Saiba como checar se um cabo de carregador para iPhone é original — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo Saiba como checar se um cabo de carregador para iPhone é original — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Saiba como checar se um cabo de carregador para iPhone é original — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Verifique embalagem e inscrições

O carregador de iPhone que não é produzido pela Apple, mas tem certificação da empresa, traz o logotipo da fabricante no corpo e, na embalagem, o selo “Made for iPhone”. Existem duas versões do símbolo: com o desenho de uma maçã ou de um iPhone.

Já o cabo produzido pela Apple conta com algumas inscrições no corpo: “Designed by Apple in California” e “Indústria Brasileira”, além de um número de série de 12 dígitos. Se o acessório for importado, é possível que haja a gravação “Assembled in China” ou “Assembled in Vietnam”.

Acessórios originais têm inscrição da Apple ou selo Made for iPhone — Foto: Reprodução/Apple Acessórios originais têm inscrição da Apple ou selo Made for iPhone — Foto: Reprodução/Apple

Acessórios originais têm inscrição da Apple ou selo Made for iPhone — Foto: Reprodução/Apple

As frases inscritas no corpo do cabo, porém, podem apagar com o tempo. Nesse caso, é importante verificar detalhes da construção dos conectores: tanto o Lightning, que pluga no iPhone, quanto no USB, que liga no adaptador de tomada.

Examine o conector Lightning

O plugue Lightning, lançado em 2012 com a chegada do iPhone 5 e que deverá ser mantido no iPhone 11, traz características que ajudam a saber se o acessório é ou não oficial. Segundo a Apple, cabos falsificados costumam ter o encaixe feito de mais de uma peça, acabamento áspero ou inconsistente, além de contatos com formato quadrado ou tortos. É comum também que esse tipo de acessório tenha uma diferença grande de espessura entre a ponta plástica e o plugue.

Passo 1. Verifique com atenção a ponta que se conecta ao iPhone e confirme se os contatos (listras) são dourados ou prateados e têm o mesmo tamanho.

Conectores Lightning devem ser dourados e de tamanho uniforme — Foto: Paulo Alves/TechTudo Conectores Lightning devem ser dourados e de tamanho uniforme — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Conectores Lightning devem ser dourados e de tamanho uniforme — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Passo 2. Depois, veja se o encaixe é feito em peça única de metal com coloração cinza e sem variações de largura.

Encaixe Lightning deve ter peça única de metal — Foto: Paulo Alves/TechTudo Encaixe Lightning deve ter peça única de metal — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Encaixe Lightning deve ter peça única de metal — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Cheque o plugue USB

O conector USB do cabo original tem ainda mais detalhes para observar. De acordo com a Apple, cabos que não são originais tendem a trazer diversas inconsistências de construção também do lado com padrão USB, que se conecta à fonte do carregador ou ao computador. Na versão similar, a pequena estrutura do conector pode trazer uma trava que não deveria existir, além de presilhas quadradas e com espaçamento irregular. Já os conectores internos costumam ter acabamento prateado e com ranhuras no isolante que fica sobre eles.

Passo 1. Olhe com atenção o conector USB e esteja certo que os contatos internos são banhados a ouro e a superfície é lisa, sem maiores imperfeições.

Conectores internos da ponta USB devem ser dourados — Foto: Paulo Alves/TechTudo Conectores internos da ponta USB devem ser dourados — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Conectores internos da ponta USB devem ser dourados — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Passo 2. Veja se as travas que fecham o revestimento do USB têm formato de trapézio.

Revestimento do USB deve ter travas em forma de trapézio — Foto: Paulo Alves/TechTudo Revestimento do USB deve ter travas em forma de trapézio — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Revestimento do USB deve ter travas em forma de trapézio — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Passo 3. Certifique-se de que parte interna que fica logo acima do conector tem acabamento uniforme na cor branca.

Isolante do USB deve ser branco e com acabamento uniforme — Foto: Paulo Alves/TechTudo Isolante do USB deve ser branco e com acabamento uniforme — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Isolante do USB deve ser branco e com acabamento uniforme — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Via Apple

Mais do TechTudo