Produtividade

Por Gabrielle Ferreira, para o TechTudo


O AdSense é o serviço de publicidade oferecido pelo Google para adicionar anúncios nos sites de usuários e monetizar a plataforma. A partir da exibição e cliques da publicidade, o lucro gerado é pago pelo Google em forma de dinheiro. O serviço pode ser utilizado de forma gratuita e simples, sem a necessidade de pagar para fazer parte do programa.

As marcas e empresas fazem leilões online para definir os valores de suas publicidades. Dessa forma, os clientes da plataforma podem personalizar os anúncios exibidos em sua página de acordo com o valor de lucro que deseja. Existem diversas opções de anúncios, que variam entre modelos textuais, gráficos e blocos de links. Confira a seguir como funciona o AdSense e como utilizar o serviço para alavancar suas receitas.

AdSense é a plataforma de publicidade do Google — Foto: Divulgação/Google

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Como funciona

O Google AdSense pode ser personalizado de acordo com as especificidades de cada site. É possível selecionar o tipo de anúncio que deseja exibir em sua página — quanto mais anúncios, mais oportunidade de se gerar receitas. As opções variam entre anúncios gráficos, de texto e blocos de link. Em seguida, o usuário escolhe em qual local exibir os anúncios para que suas visualizações e receitas possam ser potencializadas de acordo com o visual escolhido.

Os anunciantes, ao disponibilizarem seus anúncios, definem o valor a ser pago pelo espaço em leilões, que ocorrem em tempo real. Dessa forma, é possível escolher por exibir os anúncios que possuam maior valor, gerando mais lucro para sua página. Cada vez que um anúncio é visto ou clicado, a interação é transformada em dinheiro a ser recebido pelo usuário. Os pagamentos são realizados diretamente pelo Google quando um determinado valor mínimo é alcançado.

Entenda o serviço de publicidade do Google — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

Vantagens do AdSense

Os anúncios oferecidos são revisados e personalizados de acordo com o seu site, buscando aumentar efetividade ao direcioná-lo a diferentes tipos de público-alvo, variando de acordo com os conteúdos das páginas. Uma vez que os anunciantes estão a todo momento disputando por um espaço publicitário, os valores oferecidos tendem a continuar sempre em uma crescente, o que resulta em mais lucros, anúncios mais relevantes e uma maior opção de escolha por quais espaços oferecer em seu site.

É oferecido aos usuários total controle sobre a personalização dos conteúdos publicitários a serem oferecidos em sua página. Com o Google AdSense, é possível selecionar a localização dos anúncios, alterar sua aparência, controlar as categorias desejadas e bloquear anúncios de acordo com seu site. Os blocos de anúncio se adaptam automaticamente aos diferentes tipos de dispositivo, otimizando sua visualização e experiência. Ainda é possível acessar diversas métricas de desempenho, visando corrigir os erros e melhorar os lucros.

Controle seus lucros e métricas derivados do AdSense — Foto: Divulgação/Google

Recursos do AdSense

O Google AdSense permite escolher entre diferentes tipos de anúncios, como texto, gráficos, rich media (anúncios gráficos dinâmicos, em vídeo e HTML), bloco de links, conteúdo correspondente e anúncios responsivos. Os anúncios em texto geralmente incluem um título, até duas linhas de texto e um link clicável, para acessar o website anunciado. Já os anúncios gráficos podem ser encontrados em diversos formatos e fica a critério dos usuários escolher o melhor para seu site.

Os anúncios do tipo "rich media" são publicidades interativas que incluem o uso de HTML, flashs e vídeos, no qual os visitantes podem interagir com esses conteúdos, gerando assim mais possibilidade de adesão e lucro. Com os blocos de links, são exibidos diversos tópicos combinados ao conteúdo de seu site. Tais links redirecionam o público para páginas de anúncios do Google.

Os blocos de anúncio responsivos são feitos para se adaptar aos diferentes formatos de tela existentes, adaptando os conteúdos ao layout da página. Caso o usuário possua subdomínios ou mais de um site, é possível utilizar o conteúdo correspondente. A função serve para atrair os consumidores para outras páginas suas, a partir dos anúncios oferecidos pelo AdSense. Entretanto, para ter acesso a funcionalidade é necessário atender aos critérios mínimos de volume de tráfego e número de páginas únicas requisitadas pelo Google.

Exemplo de AdSense em busca do Google — Foto: Divulgação/Google

Como se tornar um usuário do Google AdSense

Para começar a utilizar o sistema de anúncios do Google, é preciso se conectar a uma conta do Google. Os usuários devem possuir um website criado do zero, seja uma página, um blog ou qualquer outra plataforma digital original para adicionar os anúncios. Por último, é necessário incluir um número de telefone e endereço físico associados a uma conta bancária válida, que receberá os pagamentos referentes à publicidade utilizada.

Caso os usuários desejem impulsionar seu desempenho na plataforma, o Google oferece a opção de contratar os serviços de profissionais terceirizados, especialistas em otimização de conteúdos digitais, assim como na mensuração dos resultados obtidos. A plataforma oferece um aplicativo gratuito para celulares, para controlar o lucro e verificar seu desempenho.

Preencha todos os dados solicitados para concluir sua inscrição no Google AdSense — Foto: Reprodução/Bárbara Fernandes

Google Maps tem funções inusitadas que podem facilitar sua vida

Google Maps tem funções inusitadas que podem facilitar sua vida

Mais do TechTudo