Por Filipe Garrett, para o TechTudo


O Facebook apresentou nesta quarta-feira (18) novos produtos da linha Portal, voltada para chamadas de vídeo. Os aparelhos são sucessores dos Portal e Portal+, lançados em 2018, e prometem facilitar o contato entre usuários por meio de ligações nos aplicativos Facebook Messenger e Whatsapp. Entre os novos modelos, vale destacar o Portal TV, que também promete transformar sua TV em smart, trazendo apps como Amazon Prime Video e Spotify – além de exibir conteúdos do Facebook Watch.

Outros dois dispositivos foram anunciados: o novo Portal e o Portal Mini. Ambos têm aparência de tablet e também dão acesso às chamadas de vídeo do Facebook, mas sem depender de um televisor. Os produtos chegam ao mercado dos Estados Unidos em novembro com preços a partir de US$ 129, algo em torno de R$ 528 na cotação atual. Por enquanto, ainda não há informações a respeito da chegada dos aparelhos ao Brasil.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Portal TV deixa a TV smart e permite chamadas por vídeo usando contatos do Messenger e WhatsApp — Foto: Divulgação/Facebook Portal TV deixa a TV smart e permite chamadas por vídeo usando contatos do Messenger e WhatsApp — Foto: Divulgação/Facebook

Portal TV deixa a TV smart e permite chamadas por vídeo usando contatos do Messenger e WhatsApp — Foto: Divulgação/Facebook

O Portal TV tem um formato que lembra o Kinect, da Microsoft, mas com tamanho reduzido. Equipado com câmera e microfone, o dispositivo constrói um mapa digital do ambiente e é capaz de identificar quem está falando para direcionar a câmera, de forma que o usuário não precise ficar parado enquanto conversa durante uma chamada. Outro recurso interessante está nos filtros de realidade aumentada, que podem ser aplicados em tempo real durante as conversas.

Além disso, o acessório permite acessar plataformas de streaming de vídeo, funcionando também como uma espécie de set-top box. Segundo o Facebook, por enquanto o suporte vale para Amazon Prime e Spotify, principalmente, mas em breve o modelo pode receber outros serviços. O produto tem ainda suporte a comandos de voz com o "Hey Portal", do Facebook, e o Amazon Alexa.

Compatível com WhatsApp, o aparelho permite conversas criptografadas de ponta a ponta, fator importante para manter a privacidade dos usuários. O tópico foi um dos destaques da comunicação da empresa a respeito dos novos aparelhos. A marca garantiu proteção de dados e recursos simples para desligar microfone e câmera com um simples gesto.

O Portal TV foi anunciado com preço de US$ 149, cerca de R$ 610 em conversão direta.

Portal e Portal Mini

Além do Portal TV, linha é formada por modelos com tela HD de 8 e 10 polegadas — Foto: Divulgação/Facebook Além do Portal TV, linha é formada por modelos com tela HD de 8 e 10 polegadas — Foto: Divulgação/Facebook

Além do Portal TV, linha é formada por modelos com tela HD de 8 e 10 polegadas — Foto: Divulgação/Facebook

Projetados para funcionar de forma independente, sem a necessidade de um televisor, os dois modelos trazem tela de resolução HD e tamanhos de 10 e 8 polegadas. A opção menor, Mini Portal, tem preço oficial de US$ 129, enquanto o Portal de 10" será vendido por US$ 179, aproximadamente R$ 528 e R$ 733 na cotação atual, respectivamente.

As versões prometem basicamente as mesmas funcionalidades do modelo TV, com direito às chamadas por vídeo e tecnologia Picture in Picture, permitindo manter uma ligação sem deixar de assistir conteúdo na tela. Os produtos também têm foco em privacidade, trazendo um botão para desativar câmera e microfone. Com o lançamento dos novos dispositivos da linha Portal, o Facebook ampliou os países que terão acesso ao serviço. No entanto, a expansão ainda não contempla o mercado brasileiro.

Facebook admite que poderá ouvir seus comandos

O Facebook admitiu que coleta uma amostra aleatória das interações dos usuários com a assistente de voz embutida nos Portal para análises que visam melhorar a precisão da tecnologia. Entretanto, a rede social garante que o usuário será informado da prática, e que terá fácil acesso às configurações para desabilitar completamente a coleta das amostras.

Via Facebook, The Verge (1 e 2), Tech Crunch, Android Authority

Problemas com login no Facebook: como resolver? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo