Redes sociais

Por Fernanda Lutfi, para o TechTudo


O JT WhatsApp é um uma versão modificada que utiliza o código-fonte do aplicativo original sem permissão e funciona apenas em dispositivos Android, de modo similar ao GBWhatsApp. O download do APK não-oficial proporciona personalizações que não estão disponíveis no WhatsApp, apesar de seu funcionamento ser essencialmente igual. Além de permitir deixar o app colorido ou transparente, dois recursos da versão podem chamar a atenção: a possibilidade de usar duas contas simultaneamente e a promessa de um sistema especialmente criado para que seus usuários não possam ser banidos da plataforma original.

No entanto, o WhatsApp já avisou que pode bloquear contas que utilizam versões não permitidas do aplicativo, já que este tipo de mod viola os termos de serviço do mensageiro e pode representar riscos para a privacidade de seus usuários. O TechTudo separou a seguir alguns recursos e riscos no uso do JT WhatsApp.

Entenda o que é o JT WhatsApp e como ele pode ser um risco para seus usuários  — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo Entenda o que é o JT WhatsApp e como ele pode ser um risco para seus usuários  — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Entenda o que é o JT WhatsApp e como ele pode ser um risco para seus usuários — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O que é JT WhatsApp e como funciona?

O JT WhatsApp é uma modificação feita a partir do código-fonte original do aplicativo, e recebeu este nome por ter sido desenvolvida pela Jimtechs. Com o APK, os usuários têm acesso a uma série de funcionalidades para o mensageiro. Veja abaixo algumas delas:

  • Usar duas contas no mesmo telefone;
  • Temas que mudam de cor, alterações no ícone e em outros elementos;
  • Maior limite de tamanho de vídeos e quantidade de fotos, sem redução de qualidade;
  • Recurso que não mostra o seu "visto por último", mas permite ver o dos outros;
  • Status de até 250 caracteres.

No entanto, sua principal promessa é um sistema que evita que seus usuários sejam banidos da plataforma original por violar os termos de uso do WhatsApp, embora isso possa não ser 100% eficaz.

Como o JT WhatsApp não é oficial, ele não é encontrado na Google Play Store, o usuário precisa alterar alguns ajustes de segurança para poder instalar o app. Na aba de configurações, é preciso buscar a opção "Fontes Desconhecidas", que também pode ser encontrada como "Instalar Apps Desconhecidos", e ativá-la. É importante ressaltar que, ao realizar este procedimento, o usuário pode estar colocando em risco os dados armazenados em seu celular. Para baixar a versão modificada, é necessário visitar lojas alternativas de aplicativos para Android ou o site do desenvolvedor.

JT WhatsApp traz novos recursos, mas pode representar riscos à segurança dos usuários — Foto: Reprodução/JT WhatsApp JT WhatsApp traz novos recursos, mas pode representar riscos à segurança dos usuários — Foto: Reprodução/JT WhatsApp

JT WhatsApp traz novos recursos, mas pode representar riscos à segurança dos usuários — Foto: Reprodução/JT WhatsApp

Quais os riscos?

Por se tratar de um APK não-oficial, o programa viola a política do mensageiro original. Portanto, assim como acontece para as versões GB e Plus, o WhatsApp informa que "pode banir qualquer usuário que viole os termos de serviço do aplicativo". Para voltar à versão principal do app, siga este passo a passo elaborado pelo TechTudo.

Quando um usuário permite a instalação de aplicativos não-oficiais, ele também expõe seu dispositivo a uma série de ameaças externas, já que os apps contidos em lojas alternativas não passam pelo processo de verificação feito pela Google Play Store. Isso pode deixar seu dispositivo vulnerável a malwares e a outros tipos de ataque.

Qual é a diferença para o GBWhatsApp?

O GBWhatsApp é outra versão modificada do código-fonte do aplicativo original, que também oferece diversas opções de personalização e novos recursos para seus usuários. Este mod é muito popular e atingiu a marca de 1,5 bilhão de usuários ativos em 2018. Suas funções incluem a possibilidade de deixar o app transparente, trocar a cor do cabeçalho, e enviar arquivos de áudio de até 100 MB. Assim como o JT WhatsApp, no entanto, o GB oferece riscos aos usuários, apesar dos aparentes benefícios.

Como o GBWhatsApp também não é encontrado na loja do Google, ao fazer sua instalação, o usuário pode deixar seu celular vulnerável e correr o risco de ser banido pela violação dos termos de uso do mensageiro. O JT WhatsApp, porém, diz oferecer um sistema que evita o banimento, mesmo quando seu uso é descoberto. No entanto, não há garantia com relação a este aspecto.

Como desbloquear o WhatsApp com digital; saiba ativar

Como desbloquear o WhatsApp com digital; saiba ativar

Mais do TechTudo