Celulares

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


A Qualcomm anunciou que irá integrar a tecnologia 5G em processadores Snapdragon intermediários das séries 600 e 700 já a partir do ano que vem. Com a medida, fabricantes que optarem pelas CPUs da marca em celulares numa faixa de preço abaixo dos premium terão a possibilidade de oferecer suporte a internet mais veloz nesses modelos.

Hoje em dia, o recurso algo tem sido restrito a aparelhos caros: a Samsung e OnePlus, além de outros fabricantes, oferecem 5G em aparelhos caros, como o S10 Plus 5G ou o OnePlus 7 Pro, enquanto a Huawei usa tecnologia própria nos processadores Kirin.

Iniciativa da Qualcomm pode acelerar a chegada do 5G a modelos mais em conta — Foto: Luciana Maline/TechTudo Iniciativa da Qualcomm pode acelerar a chegada do 5G a modelos mais em conta — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Iniciativa da Qualcomm pode acelerar a chegada do 5G a modelos mais em conta — Foto: Luciana Maline/TechTudo

A medida pode impulsionar a popularização das redes 5G, já que possibilita o suporte às novas redes mesmo em celulares mais baratos, que normalmente usam processadores das linhas intermediárias da Qualcomm: os Zenfone da Asus, a linha Moto G e o novo Motorola One Zoom são bons exemplos de candidatos naturais a receber sucessores com 5G.

Segundo a Qualcomm, já há interesse de 12 fabricantes diferentes pelos processadores Snapdragon 700 com 5G incluso. A lista inclui nomes como LG, Oppo e Nokia.

Quem pode não gostar muito da novidade é a Apple. O processo de desenvolvimento de tecnologia 5G tem sido acidentado para a maçã: a aposta é de que os integrantes da linha iPhone 11 cheguem ao consumidor sem qualquer tecnologia 5G. A Apple deve competir num mercado dominado por aparelhos bem mais baratos e com acesso à tecnologia até o lançamento do eventual iPhone 12, em 2020.

Atualmente, os celulares com 5G que usam tecnologia da Qualcomm tendem a oferecer modem para redes de quinta geração separado do processador. Entretanto, a partir de 2020, a Qualcomm pretende disponibilizar o componente embutido no interior do Snapdragon.

No Brasil, eventuais celulares com 5G podem não ter muito apelo num primeiro momento: a Anatel promete realizar os leilões de faixa de frequência das novas redes apenas em 2020.

Via The Verge

Confira o anúncio mundial do Galaxy Note 10 diretamente de Nova York

Confira o anúncio mundial do Galaxy Note 10 diretamente de Nova York

Mais do TechTudo