Por Fernando Sousa, para o TechTudo


Algumas unidades da patinete da Xiaomi Mi Eletrict Scooter M365 participam de um processo de recall organizado pela própria marca. O modelo da fabricante chinesa, que está à venda no Brasil de forma oficial por R$ 4.299,99, apresenta uma falha no parafuso do mecanismo da dobradiça. Com o defeito, este parafuso pode desmontar parte do equipamento, comprometendo a segurança do usuário.

A empresa afirma que os usuários que possuem o equipamento devem suspender o uso do mesmo, até que o produto participe da troca, via o programa de recall. A Xiaomi alerta ainda que os usuários não devem tentar corrigir o defeito por conta própria. O programa de recall foi no mês de julho, no Reino Unido, mas se espalhou para diversos países. Veja, abaixo, como descobrir se você foi afetado.

O patinete M365 da Xiaomi apresentou falha em parafuso que compromete a segurança dos usuários. — Foto: Divulgação/ Xiaomi O patinete M365 da Xiaomi apresentou falha em parafuso que compromete a segurança dos usuários. — Foto: Divulgação/ Xiaomi

O patinete M365 da Xiaomi apresentou falha em parafuso que compromete a segurança dos usuários. — Foto: Divulgação/ Xiaomi

Equipamentos afetados

De acordo com a Xiaomi, a estimativa é que 10257 unidades tenham sido afetadas pela falha, sendo que, apenas no Reino Unido são 7406 peças. Os modelos afetados foram fabricados entre 27 de outubro e 5 de dezembro de 2018, com um intervalo de número de série dos equipamentos que varia entre: 21074/00000316 – 21074/00015107 e 16133/00541209 – 16133/00544518.

Para localizar o número de série, o usuário deve utilizar a caixa da embalagem da patinete. Caso não seja possível, é possível buscar a numeração na parte debaixo da própria patinete. O site da Xiaomi destaca alguns países que têm dispositivos que precisam passar pelo processo de troca, mas o Brasil não aparece na lista apresentada. Entretanto, existem 169 patinetes com defeito espalhadas por países que a marca não conseguiu definir a localização exata.

Xioami Mi Band 3: conheça a pulseira smart 'baratinha'

Xioami Mi Band 3: conheça a pulseira smart 'baratinha'

Como solicitar atendimento?

O primeiro passo é acessar o site da fabricante para verificar se o seu equipamento faz parte das peças que devem passar pelo recall. Se a sua patinete estiver na lista de afetadas, após inserir o número de série do produto, será solicitado que seja adicionado um e-mail para contato.

Após inserir os dados, o usuário deve receber um e-mail, em até 72 horas, com as informações para realizar o procedimento de reparo. A Xiaomi garante que todo o processo de troca dos produtos afetados não gera custo adicional para o usuário.

Procurada pelo TechTudo, a Xiaomi Brasil informou apenas que os donos de patinetes no país devem realizar a checagem no site oficial da empresa.

Página da Xiaomi na qual é possível verificar elegibilidade para recall. — Foto: Reprodução/ Xiaomi Página da Xiaomi na qual é possível verificar elegibilidade para recall. — Foto: Reprodução/ Xiaomi

Página da Xiaomi na qual é possível verificar elegibilidade para recall. — Foto: Reprodução/ Xiaomi

A marca Xiaomi é confiável? Opine no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo