Celulares

Por Paulo Alves, para o TechTudo


A Xiaomi começou a vender oficialmente no Brasil o Mi A3, celular de ficha técnica intermediária com Android “puro”, câmera tripla e leitor de digitais sob a tela. Lançado no exterior em julho de 2019, o smartphone chega ao mercado nacional com distribuição da DL por preço inicial de R$ 2.199 - o dobro do valor cobrado lá fora. A proposta é a mesma do antecessor Mi A2, modelo que nunca chegou a ser disponibilizado em lojas brasileiras, mas ficou conhecido do público brasileiro pelo bom custo-benefício em relação a rivais como o Motorola One.

A nova versão mantém o software limpo com atualizações garantidas pelo Google, traz processador melhorado e oferece vantagem sobre unidades importadas por contar com garantia e suporte técnico no país. Veja todos os detalhes do lançamento chinês.

Veja prós e contras do Xiaomi Mi A3 — Foto: Divulgação/Xiaomi Veja prós e contras do Xiaomi Mi A3 — Foto: Divulgação/Xiaomi

Veja prós e contras do Xiaomi Mi A3 — Foto: Divulgação/Xiaomi

Design e tela

O Mi A3 conta com construção em metal e vidro Gorilla Glass 5 e acabamento na traseira que exibe variação de cores dependendo do ângulo de visão. São três opções de cores: branco, azul e cinza. A tela tem 6,08 polegadas, notch de gota e oferece resolução HD+ (720 x 1560 pixels), inferior à definição do display do Redmi Note 7, também da Xiaomi e à venda no Brasil. Em contrapartida, o lançamento conta com painel AMOLED, que oferece contraste maior que o mais tradicional IPS LCD.

Outra vantagem do AMOLED é a compatibilidade com sensor de digitais sob o painel, que permite identificar o usuário com um toque na tela. Ao contrário de outros aparelhos que contam com a tecnologia, o Mi A3 só permite desbloqueio com digitais se o display estiver aceso.

Xiaomi Mi A3 tem acabamento traseiro com efeito colorido — Foto: Divulgação/Xiaomi Xiaomi Mi A3 tem acabamento traseiro com efeito colorido — Foto: Divulgação/Xiaomi

Xiaomi Mi A3 tem acabamento traseiro com efeito colorido — Foto: Divulgação/Xiaomi

Câmeras

O celular traz um conjunto fotográfico atrativo que inclui câmera traseira tripla com sensor principal de 48 megapixels (abertura f/1,79). Fabricado pela Sony, o componente combina quatro pixels em um para gerar fotos de 12 megapixels com mais detalhes que câmeras que têm resolução nativa de 12 MP. O sensor também grava vídeos em 4K a 30 fps ou Full HD (1080p) a até 60 fps.

Ainda na parte de trás, há uma câmera de 8 megapixels (f/2,2) com lente ultrawide para capturar fotos com ângulo mais aberto, e uma de 2 megapixels (f/2,4) com lente teleobjetiva para auxiliar no Modo Retrato e aplicar zoom de 2x.

Na frente, o Mi A3 traz uma câmera de 32 megapixels (f/2) que repete a tecnologia 4-em-1: ela fotografa o cenário e reúne os pixels em grupos de quatro, gerando imagens de 8 megapixels com mais detalhamento e melhor aproveitamento da iluminação ambiente. A lente de selfies grava vídeos em Full HD a 30 fps. A fabricante não especifica se o foco é fixo ou variável.

Xiaomi Mi A3 vem com câmera tripla e sensor principal de 48 MP — Foto: Divulgação/Xiaomi Xiaomi Mi A3 vem com câmera tripla e sensor principal de 48 MP — Foto: Divulgação/Xiaomi

Xiaomi Mi A3 vem com câmera tripla e sensor principal de 48 MP — Foto: Divulgação/Xiaomi

Hardware

No coração do Mi A3 está o Snapdragon 665, um processador octa-core da Qualcomm que opera a 2 GHz e traz núcleo gráfico Adreno 610. Em conjunto com memória RAM de 4 GB, o aparelho tende a entregar bom desempenho em praticamente qualquer atividade, incluindo jogos mais pesados com gráficos configurados no médio. O armazenamento pode ser de 64 GB ou 128 GB e há entrada para cartão de memória no formato microSD de até 256 GB.

Bateria

A bateria do Mi A3 tem 4.030 mAh de capacidade, que tende a ser uma quantidade suficiente para deixar o telefone ligado por um dia completo com apenas uma carga. A tela com resolução mediana ajuda a economizar energia.

Xiaomi Mi A3 está equipado com bateria de 4.030 mAh — Foto: Divulgação/Xiaomi Xiaomi Mi A3 está equipado com bateria de 4.030 mAh — Foto: Divulgação/Xiaomi

Xiaomi Mi A3 está equipado com bateria de 4.030 mAh — Foto: Divulgação/Xiaomi

Sistema

Um dos diferenciais da linha Mi A é fazer parte do programa Android One, que garante sistema limpo, sem interface proprietária da fabricante – ou seja, ele não vem com o software MIUI. Além de trazer menos aplicativos pré-instalados e armazenamento livre maior, o aparelho conta com pelo menos dois anos de atualizações: ele sai de fábrica com Android 9 (Pie) e está apto a receber o Android 10 e a versão seguinte.

Preço e onde comprar

O Mi A3 está à venda na loja oficial da Xiaomi no Brasil por preço de R$ 2.099 (ou R$ 2.023 no boleto) para a versão com 64 GB de armazenamento, e por R$ 2.599 (R$ 2.391 à vista) na variante de 128 GB (apenas na cor cinza).

O celular também pode ser encontrado em diversas lojas no varejo eletrônico brasileiro, mas apenas o modelo comercializado oficialmente tem o selo da Anatel e conta com garantia contra defeitos de fabricação.

Ficha técnica do Xiaomi Mi A3

  • Tamanho da tela: 6,088 polegadas
  • Resolução da tela: HD+ (1560 x 720 pixels)
  • Painel da tela: AMOLED
  • Câmera principal: tripla, 48, 8 e 2 megapixels
  • Câmera frontal (selfie): 32 megapixels
  • Sistema: Android 9 (Pie)
  • Processador: Snapdragon 665
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento (memória interna): 64 GB e 128 GB
  • Cartão de memória: sim, microSD
  • Capacidade da bateria: 4.030 mAh
  • Dual SIM: sim
  • Peso: 173,8 gramas
  • Cores: branco, azul e cinza

Via Xiaomi

Xiaomi chega ao Brasil e traz patinete elétrico: veja lista

Xiaomi chega ao Brasil e traz patinete elétrico: veja lista

Mais do TechTudo