Fones de ouvido

Por Victor Toledo, para o TechTudo


O Pixel Buds é o novo fone de ouvido completamente sem fio do Google. O dispositivo chega ao mercado para disputar com os AirPods, da Apple, ao oferecer resistência à respingos d'água e tecnologia que ajusta o volume de forma automática. Além disso, os dois fones de ouvido oferecem ao usuário autonomia para até 24 horas de reprodução e prometem trazer a experiência de um som imersivo.

Enquanto os AirPods já estão disponíveis no Brasil com preço oficial a partir de R$ 1.349, o dispositivo do Google ainda não tem data para desembarcar no país, assim como o Pixel 4, também apresentado durante o Made by Google 2019. Entretanto, o dispositivo chega aos Estados Unidos, em 2020, com preço sugerido de US$ 179, algo em torno de R$ 740 na cotação atual. A seguir, conheça as principais diferenças entre os dispositivos e veja qual é melhor para você.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Fone de ouvido: cinco dicas para conservar melhor o acessório

Fone de ouvido: cinco dicas para conservar melhor o acessório

Design

Diferente da maioria dos fones disponível para venda, o Pixel Buds tem como diferencial a presença de diversas cores como opção de compra. Caso queira adquirir o produto, o usuário pode escolher entre as cores branca, preta, verde-menta e laranja. Em contrapartida, o modelo da Apple é vendido apenas na cor branca.

Pixel Buds: fone do Google chega com novo design totalmente sem fio e volume inteligente — Foto: Divulgação/Google Pixel Buds: fone do Google chega com novo design totalmente sem fio e volume inteligente — Foto: Divulgação/Google

Pixel Buds: fone do Google chega com novo design totalmente sem fio e volume inteligente — Foto: Divulgação/Google

No geral, os AirPods são os fones de ouvido mais leves do mercado, pesando cerca de quatro gramas. Além disso, o design da Apple é famoso em todo mundo por conter "apêndices que auxiliam na fixação e que prometem não deixar o dispositivo cair. Por conta disso, não são necessárias ponteiras extras. Já o modelo do Google é um fone mais discreto e não possuí as alças brancas características dos AirPods, que fazem com que o fone acabe ficando parcialmente fora do ouvido do usuário.

Já no design do estojo de carregamento, há semelhanças entre os dois modelos. As duas marcas apresentam dispositivo com design vertical e que cabe na palma da mão. Entretanto, diferente dos fones, a case da Google é vendida apenas na cor branca.

Qualidade de som

A exemplo da Apple, o Google também não revelou muitos detalhes sobre a tecnologia de som usada em seus novos fones. O que se sabe é que os AirPods trabalham com o codec de áudio AAC, que permite amostras de som de alta fidelidade em arquivos de tamanhos menores, algo essencial para a transmissão de dados via conexão sem fio.

AirPods 2 promete alta qualidade sonora  — Foto: Divulgação/Apple AirPods 2 promete alta qualidade sonora  — Foto: Divulgação/Apple

AirPods 2 promete alta qualidade sonora — Foto: Divulgação/Apple

Já com o novo Pixel Buds, o Google divulgou que seu dispositivo possui drivers dinâmicos de 12 mm que prometem alta qualidade sonora. A nível de comparação, o JBL Free X apresenta drivers de “apenas” 5,6 mm. O dispositivo se destaca por oferecer recurso de som adaptativo, que promete ajustar o volume de forma automática. O acessório rastreia o som ao redor para identificar a mudança de ambiente e, assim, ajustar o volume automaticamente.

Recursos extras

O modelo da Apple traz como um dos principais recursos a maior integração com outros produtos da marca. O fone sai na frente do rival ao permitir que usuário ative os serviços da Siri por meio de comandos de voz, sem precisar das mãos. Agora, com a chegada dos Pixel Buds, este recurso também foi adicionado ao fone do Google.

Equipado com chip H1, o fone da Apple promete mais facilidade na hora do pareamento com o smartphone. A promessa é de que essa conexão, que pode ser feita com mais de um aparelho, é duas vezes mais rápida em relação à geração anterior do fone.

Pixel Buds 2 promete 24 horas de bateria considerando a carga do estojo — Foto: Divulgação/Google Pixel Buds 2 promete 24 horas de bateria considerando a carga do estojo — Foto: Divulgação/Google

Pixel Buds 2 promete 24 horas de bateria considerando a carga do estojo — Foto: Divulgação/Google

Já o novo fone da Google possui um sistema semelhante ao que foi apresentado pelo Echo Buds, da Amazon. Com dois microfones de cada lado e um acelerômetro calibrado para perceber vibrações do rosto, como dito anteriormente, o fone entende quando o usuário diz “Hey, Google” (ou "Ok, Google) e ativa o assistente sem usar as mãos. Com o Echo Buds, o recurso funciona com a Alexa.

Além disso, com o dispositivo também é possível controlar a música e pedir informações utilizando o recurso. Outra promessa do aparelho é a resistência à água, entretanto, a Google não divulgou qual certificação o dispositivo possui.

Bateria

Nesse ponto, os dispositivos apresentam autonomia já característica do mercado. Os dois fones de ouvido prometem 24 horas de reprodução somando a capacidade dos buds e do estojo.

Um ponto interessante dos AirPods é o padrão Qi para recarga sem fio. Dessa forma, o acessório não precisa ser ligado à tomada para carregar, o que pode ser interessante para usuários mais exigentes. Vale lembrar que, para isso, é necessário ter uma fonte de bateria com a mesma tecnologia.

Preço e concorrentes

Echo Buds é um dos principais concorrentes — Foto: Divulgação/Amazon Echo Buds é um dos principais concorrentes — Foto: Divulgação/Amazon

Echo Buds é um dos principais concorrentes — Foto: Divulgação/Amazon

No preço, o lançamento da Google se destaca a exemplo de outros fones de ouvido que concorrem com os AirPods. O dispositivo vai ser vendido a partir de 2020 nos Estados Unidos por US$ 179, algo em torno de R$ 740 na cotação atual. Entretanto, não há informações sobre possíveis valores para o Brasil. Já os AirPods apresentam preço fixo no site oficial da Apple: R$ 1.349.

Na concorrência, o principal rival dos fones é o Galaxy Buds, acessório da Samsung. No Brasil, o modelo chegou com preço oficial de R$ 999 e conta com conectividade Bluetooth 5.0, carregamento sem fio e drivers com assinatura da AKG. Outro modelo é o Amazon Echo Buds, que ainda não chegou ao país mas está sendo vendido nos Estados Unidos por US$ 129, cerca de R$ 532.

Qual fone de ouvido é bom para uso geral? Saiba no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo