Caixas de som

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


JBL Link 10 e a Amazon Echo são duas caixas de som com tecnologia Bluetooth que permitem o uso por comandos de voz, que podem acessar assistentes virtuais como o Google Assistente e Amazon Alexa. A JBL Link 10 chegou ao Brasil em abril de 2019. Já a opção da Amazon foi lançada no dia 3 de outubro e já chega às lojas com a opção de assistente virtual em português. Mesmo com a função principal voltada para o som, as duas caixinhas podem se transformar numa espécie de central de controle em uma casa conectada.

Apesar de oferecer especificações similares, as duas caixas têm diferenças que podem definir qual aparelho é o mais indicado para diferentes tipos de uso. Acompanhe, nas linhas a seguir, o comparativo entre os dois modelos.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Design

Caixa de som JBL Link 10 tem Google Assistente e é à prova d'água — Foto: Aline Batista/TechTudo Caixa de som JBL Link 10 tem Google Assistente e é à prova d'água — Foto: Aline Batista/TechTudo

Caixa de som JBL Link 10 tem Google Assistente e é à prova d'água — Foto: Aline Batista/TechTudo

As duas caixas de som têm um design em formato cilíndrico e perfil mais discreto. O modelo da Amazon está disponível no mercado nas cores azul, branca, cinza ou preta. Já a JBL Link 10 só conta com modelos vendidos na cor preta. As caixas da Amazon e JBL têm dimensões parecidas e 780g e 710g, respectivamente.

Amazon Alexa no Brasil: assistente de voz já funciona totalmente em português

Amazon Alexa no Brasil: assistente de voz já funciona totalmente em português

Das duas, a JBL Link 10 tem pegada mais portátil. Além disso, a caixa da JBL tem certificação IPX7, que protege o aparelho de acidentes com água. Já o aparelho da Amazon tem uso indicado para ambientes fechados.

Qualidade de som

JBL Link 10 promete suporte a formatos de áudio de alta fidelidade — Foto: Divulgação/JBL JBL Link 10 promete suporte a formatos de áudio de alta fidelidade — Foto: Divulgação/JBL

JBL Link 10 promete suporte a formatos de áudio de alta fidelidade — Foto: Divulgação/JBL

A JBL promete som de boa qualidade com direito a suporte de som a 24 bits/96 kHz, o que configura amostras de alta definição. Tanto Echo como Link 10 são favorecidas pela oferta de conectividade Wi-Fi para acessar músicas na nuvem: a rede wireless permite que a caixa use arquivos de som de maior qualidade do que o que é possível por meio de Bluetooth.

A Amazon afirma que o som da Echo tem assinatura Dolby e que é capaz de reproduzir fontes de 360 graus, o que promete áudio mais imersivo. A Amazon também garante que a Echo tem uma saída equilibrada com tons graves reforçados sem ofuscar a reprodução dos agudos e vocais.

Bateria

A JBL promete que a Link 10 tem bateria suficiente para funcionar por cinco horas entre recargas. O componente tem capacidade de 4.000 mAh e leva quatro horas para carregar completamente sua bateria.

Mesmo com proposta inteligente, a Amazon Echo não oferece uso sem estar ligada à rede elétrica. Para usar o modelo, a Echo precisa estar conectada em uma tomada o tempo inteiro.

Recursos extras e conectividade

Sem bateria interna, Echo é pensada para usar dentro de casa e para interagir com dispositivos IoT — Foto: Divulgação/Amazon Sem bateria interna, Echo é pensada para usar dentro de casa e para interagir com dispositivos IoT — Foto: Divulgação/Amazon

Sem bateria interna, Echo é pensada para usar dentro de casa e para interagir com dispositivos IoT — Foto: Divulgação/Amazon

A Link 10 da JBL vem com Bluetooth 4.2 e Wi-Fi e possui Chromecast integrado, o que permite não somente a reprodução de áudio do celular direto na caixinha, por meio da plataforma do Google, mas também libera o acesso de conteúdos por comando de voz, que são respondidos pelo Google Assistente.

A JBL é compatível com o Google Home, recurso de controle de casas conectadas desenvolvido pelo Google. No caso da JBL, a principal aplicação dessa tecnologia está na capacidade de criar uma rede de som, distribuindo o áudio por vários ambientes em outras caixas com Chromecast embutido, tudo controlado por meio do Google Home.

A Echo, por outro lado, promove acesso à assistente Alexa, da Amazon. A assistente conta com o que a marca chama de “skills” (“habilidades”, em tradução livre), que funcionam como atalhos que podem ser acessados por comando de voz. Desta forma, o usuário pode pedir que a caixinha toque determinada música, peça um Uber ou faça ligações para seus contatos.

Além dessas funcionalidades, o modelo da Amazon pode ser usado como um hub de controle de uma casa conectada. Desde que os dispositivos inteligentes da residência sejam compatíveis com a Alexa, é possível usar comandos de voz para acionar itens como iluminação ou descobrir se algum alimento está fora da validade dentro da geladeira, por exemplo.

Preço e custo-benefício

A Amazon Echo de terceira geração chega ao mercado brasileiro em novembro, com preço sugerido de no Brasil R$ 699 no momento. O valor é bem mais baixo do que o preço da JBL Link 10, encontrada a R$ 1.199 na loja oficial e a R$ 899 no comércio eletrônico.

Das duas, a caixa da Amazon tem mais recursos e um ecossistema mais robusto, mas deixa a desejar no quesito bateria. Entretanto, a JBL entrega som potente, certificação que protege d’água e promete também facilidade no processo de reprodução de músicas em vários ambientes, distribuindo som por outras caixas com Chromecast incluso.

Amazon Echo vs. JBL Link 10

Especificações Amazon Echo JBL Link 10
Lançamento Outubro de 2019 Abril de 2019
Preço R$ 699 a partir de R$ 899
Potência RMS não informado 16 Watts
Frequência de resposta não informado não informado
Drivers alto-falante de 20 mm e woofer de 76,2 mm não informado
Conectividade Bluetooth, Wi-Fi e saída de 3,5 mm Bluetooth e Wi-Fi
Bateria não tem 4.000 mAh e cinco horas de duração
Cores azul, branco, cinza ou preto preto

Via Amazon e JBL

A loja Amazon USA é confiável? Veja dicas para comprar no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo