Celulares

Por Thássius Veloso — Nova York, EUA

Google Pixel 4, primeiro celular com radar, é revelado nos EUA; saiba preço Google Pixel 4, primeiro celular com radar, é revelado nos EUA; saiba preço
Thássius Veloso/TechTudo

O Google revelou o Google Pixel 4 e o Google Pixel 4 XL nesta terça-feira (15), os primeiros celulares do mundo com radar integrado e que permitem ao usuário o controle do smartphone sem precisar encostar na tela. Além disso, os lançamentos receberam incrementos na ficha técnica e no conjunto fotográfico, que passa a ser duplo, com lente teleobjetiva, e repete o esquema quadrado adotado pela Apple no iPhone 11. Os telefones têm preço sugerido a partir de US$ 799 (cerca de R$ 3.310 em conversão direta) nos Estados Unidos.

Não há expectativa de lançamento dos sucessores do Pixel 3 e do Pixel 3 XL no Brasil, uma vez que o gigante da tecnologia jamais vendeu os próprios celulares no mercado doméstico.

Google Pixel 4 e Google Pixel 4 XL são anunciados em Nova York — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Google Pixel 4 e Google Pixel 4 XL são anunciados em Nova York — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Google Pixel 4 e Google Pixel 4 XL são anunciados em Nova York — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

De acordo com a fabricante, o recurso batizado de Motion Sense bate o Face ID do iPhone na biometria por reconhecimento facial. O sensor também sabe quando o usuário passa a mão por perto, para detectar gestos de ignorar ligação ou pular para a música seguinte.

O Google Assistente foi redesenhado. Agora, funciona no telefone sem depender de internet para algumas funcionalidades. Os aparelhos também contam com reconhecimento de fala integrado e veloz. Não é preciso recorrer à conexão para usar o gravador de voz também como ferramenta de transcrição, por exemplo.

São 3 cores: preto, branco e laranja.

Lançamento do Google Pixel 4 diretamente de Nova York

Lançamento do Google Pixel 4 diretamente de Nova York

A ficha técnica chama a atenção também pela tela de 90 Hz. O recurso torna as animações de sistema e interações com aplicativos visualmente mais agradáveis. Ele é particularmente interessante para jogadores.

São duas câmeras na traseira do telefone, inclusive uma teleobjetiva. Um dos executivos do Google provocou a concorrência ao afirmar que considera esta lente – que se aproxima do personagem – mais importante que a grande angular. Vale lembrar que o iPhone 11 ganhou ultra wide em meados de setembro.

Como já era esperado, o Google decidiu refazer as tecnologias fotográficas. Há, por exemplo, o Live HDR+, sistema que permite ver em tempo real como as imagens finais vão ficar depois de capturadas com HDR – técnica que preserva o contraste e os detalhes da foto.

Google Pixel 4 ganha câmera extra no conjunto fotográfico traseiro — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Google Pixel 4 ganha câmera extra no conjunto fotográfico traseiro — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Google Pixel 4 ganha câmera extra no conjunto fotográfico traseiro — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O app oficial de câmera ganhou mais controles para ajustar apenas as sombras ou apenas as partes claras das fotos. Nenhum outro telefone oferece recursos assim sem instalar aplicativos de terceiros, de acordo com a empresa.

O modo retrato foi incrementado para funcionar com as duas câmeras. Já a visão noturna continua presente, para registrar cenas onde há pouca iluminação.

Os telefones têm preço sugerido a partir de US$ 799 (cerca de R$ 3.310 em conversão direta) e US$ 899 (R$ 3.720) nos Estados Unidos, respectivamente, e chegam às lojas em 24 de outubro. Até o momento, não há previsão de lançamento no Brasil.

Google Pixel 4 tem preço sugerido a partir de US$ 799 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Google Pixel 4 tem preço sugerido a partir de US$ 799 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Google Pixel 4 tem preço sugerido a partir de US$ 799 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Nest Mini

"Começou há anos com o Chromecast." Foi desta forma que a empresa apresentou o Nest Mini, um novo dispositivo que combina caixa de som com microfone para entender comandos de voz. O equipamento tem preço sugerido de US$ 49, equivalente a R$ 205.

A grande novidade diz respeito a inteligência artificial. O próprio aparelho tem um cérebro, para não depender tanto da internet para realizar as tarefas. A promessa é de mais velocidade para concluir atividades.

São 4 cores: preto, branco, vermelho e lilás. O Google informou que o aparelho chegará a 23 países, inclusive o Brasil.

Nest Mini estará disponível em 23 países, incluindo Brasil — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Nest Mini estará disponível em 23 países, incluindo Brasil — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Nest Mini estará disponível em 23 países, incluindo Brasil — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Nest Wi-Fi

O Google Wi-Fi também foi atualizado com a chegada de uma nova geração. O Nest Wi-Fi 2019 cria uma rede mesh baseada em um roteador e um hotspot. De acordo com a fabricante, somente dois dispositivos em rede são suficientes para 85% das casas nos Estados Unidos – no que diz respeito a tamanho.

O aplicativo do Google Wi-Fi tem ajustes simples e fácil compartilhamento da senha. Também traz controle parental.

O preço sugerido parte de US$ 269 (R$ 1.115) pela edição básica. Também tem uma opção mais cara com dois hotspots por US$ 349 (R$ 1.450).

Nest Wi-Fi cria uma rede mesh baseada em um roteador e um hotspot — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Nest Wi-Fi cria uma rede mesh baseada em um roteador e um hotspot — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Nest Wi-Fi cria uma rede mesh baseada em um roteador e um hotspot — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Google Pixel Buds

O novo fone sem fio do Google, chamado de Pixel Buds, tem promessa de 5 horas de autonomia com apenas uma carga. Além disso, a fabricante afirma que o estojo wireless possibilita 24 horas de recarga para o aparelho. Como virou moda entre os dispositivos da marca, traz suporte ao Google Assistente, para comandos de voz ao usar a frase “Ok, Google”.

O preço sugerido é de US$ 179 (cerca de R$ 745 em conversão direta). No entanto, só chegará ao mercado americano em 2020.

Pixel Buds é o novo fone de ouvido sem fio do Google — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Pixel Buds é o novo fone de ouvido sem fio do Google — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Pixel Buds é o novo fone de ouvido sem fio do Google — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Google Pixelbook Go

O laptop Google Pixelbook Go foi apresentado com promessa de bateria que dura 12 horas. O preço sugerido é de US$ 649 nos Estados Unidos, cerca de R$ 2.700 em conversão direta.

Google Pixelbook Go promete bateria de longa duração — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Google Pixelbook Go promete bateria de longa duração — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Google Pixelbook Go promete bateria de longa duração — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Ficha técnica do Google Pixel 4

  • Tamanho da tela: 5,7 polegadas
  • Resolução da tela: Full HD+
  • Painel da tela: OLED
  • Formato: 19:9
  • Câmera principal: dupla, 12,2 e 16 megapixels
  • Câmera frontal (selfie): 8 megapixels
  • Sistema: Android 10
  • Processador: Snapdragon 855
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento (memória interna): 64 GB ou 128 GB
  • Capacidade da bateria: 2.800 mAh
  • Peso: 162 gramas
  • Cores: preto, branco e laranja.
  • Início das vendas no Brasil: indefinido
  • Preço de lançamento: a partir de US$ 799 (cerca de R$ 3.310 em conversão direta)

Ficha técnica do Google Pixel 4 XL

  • Tamanho da tela: 6,3 polegadas
  • Resolução da tela: Quad HD+
  • Painel da tela: OLED
  • Formato: 19:9
  • Câmera principal: dupla, 12,2 e 16 megapixels
  • Câmera frontal (selfie): 8 megapixels
  • Sistema: Android 10
  • Processador: Snapdragon 855
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento (memória interna): 64 GB ou 128 GB
  • Capacidade da bateria: 3.700 mAh
  • Peso: 193 gramas
  • Cores: preto, branco e laranja.
  • Início das vendas no Brasil: indefinido
  • Preço de lançamento: a partir de US$ 899 (cerca de R$ 3.720 em conversão direta)

O jornalista viajou para os Estados Unidos a convite do Google.

Mais do TechTudo