Por Constância García (Redação) e Paulo Alves (colaboração)


O Google revelou, nesta terça-feira (15), o novo notebook Pixelbook Go e a nova geração da linha de fones de ouvido, o Google Pixel Buds, "rivais" dos AirPods, da Apple. Os novos aparelhos foram lançados no Google Event e já têm data marcada para desembarcar no mercado dos Estados Unidos. O Pixelbook já pode ser adquirido, na pré-venda, por US$ 649, cerca de R$ 2700 na conversão atual. Já o fone, com previsão de chegada para janeiro de 2020, tem valor sugerido de US$ 179, cerca de R$ 742 na conversão direta.

Pixelbook Go

O novo Pixelbook Go chega com a promessa de ser o notebook mais barato da família dos Chromebooks e já está disponível para pré-venda, nos Estados Unidos, por US$ 649, cerca de R$ 2700 na cotação atual. O novo notebook do Google chega com processadores Intel Core i5 ou i7 e conta também com bateria de até 12h, para uso no modo trabalho contínuo.

Google Pixelbook Go — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Google Pixelbook Go — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Google Pixelbook Go — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Com sua primeira versão lançada em 2017, o novo Pixelbook Go chega com design renovado e com promessas robustas feita pela fabricante. Pesando 907 gramas e com apenas 13 mm de espessura, o novo notebook do Google é equipado com uma bateria que deve durar até 12h, sem a necessidade de carregamento. A pré-venda do modelo revela um notebook com tela de 13 polegadas.

O Google garante que o novo Pixelbook Go chega com os mesmos componentes que garantes alto desempenho aos computadores que já estão presentes em outros produtos da marca. Para competir com seus rivais, a marca promete que o notebook liga em poucos segundos e que, mesmo quando precisar ser atualizado, seu sistema fica pronto para uso em poucos minutos. Além disso, o modelo revelado é equipado com processador Intel Core i5 ou i7 e até memória RAM de 8GB ou 16GB. Para armazenamento em SSD, o usuário pode escolher entre as capacidades 64GB, 128GB, ou 256GB.

Google Pixel Buds

Com design totalmente sem fio, os novos Pixel Buds chegam com o corpo resistente à água e com estojo carregador. Rival do AirPods, da Apple, e Galaxy Buds, da Samsung, o aparelho também traz volume com ajuste automático, Bluetooth de longo alcance e melhor captação de áudio durante ligações e ao usar comandos de voz via Google Assistente.

A nova geração dos fones de ouvido do Google chegará aos Estados Unidos em 2020 com preço sugerido de US$ 179, cerca de R$ 742 na conversão direta. Assim como o Pixel 4, apresentado no mesmo evento, ainda não se sabe se o Pixel Buds será lançado no Brasil. Já a caixa de som Nest Mini 2 poderá chegar ao país até o Natal.

Um dos atrativos do Pixel Buds 2 é capacidade de ser acionado apenas com a voz. Com dois microfones de cada lado e um acelerômetro calibrado para perceber vibrações do rosto, o fone entende quando o usuário diz “Hey, Google” e ativa o assistente sem precisar usar as mãos. Por meio da voz, é possível controlar a música, pedir informações e fazer traduções em tempo real, entre outras tarefas. O aparelho também promete boa experiência em ligações, mesmo que haja muito ruído no ambiente.

Pixel Buds: fone do Google chega com novo design totalmente sem fio e volume inteligente — Foto: Divulgação/Google Pixel Buds: fone do Google chega com novo design totalmente sem fio e volume inteligente — Foto: Divulgação/Google

Pixel Buds: fone do Google chega com novo design totalmente sem fio e volume inteligente — Foto: Divulgação/Google

Com o Som Adaptativo, o novo fone rastreia o som ao redor para identificar o movimento de um lugar silencioso para um barulhento e, assim, ajustar o volume automaticamente. Outra vantagem é o alcance maior do que o habitual para a conexão Bluetooth. Segundo o Google, o usuário pode ficar até “três cômodos” longe do celular sem desconectar o aparelho. Ao ar livre, a distância aumenta para cerca de 100 metros.

As demais características do Pixel Buds são semelhantes às de outros fones de ouvido completamente sem fio já disponíveis no mercado. Entre elas estão a presença de superfície tátil para acessar funções básicas com toques, bateria de 5 horas de uso contínuo e 24 horas considerando a carga do estojo. O Pixel Buds também promete pareamento simplificado em celulares com Android 6.0 ou superior. Além disso, oferece compatibilidade com notebooks, tablets e iPhone (iOS).

Qual a melhor marca de fone de ouvido? Opine no Fórum do Techtudo

Mais do TechTudo