Jogos de estratégia

Por Carlos Palmeira, para o TechTudo


League of Legends (LoL), MOBA da Riot Games, recebeu, nesta segunda-feira (28), o modo de jogo Ultra Rápido e Furioso (URF). O lançamento foi realizado em comemoração aos 10 anos do LoL, completados em outubro de 2019. De acordo com a desenvolvedora, o URF será um experimento e ficará disponível mundialmente por pouco menos de duas semanas, somente até 8 de novembro. O retorno era muito pedido pelos jogadores e voltará oficialmente pela primeira vez em quatro anos.

Modo URF volta para League of Legends — Foto: Divulgação/Riot Games Modo URF volta para League of Legends — Foto: Divulgação/Riot Games

Modo URF volta para League of Legends — Foto: Divulgação/Riot Games

O retorno do URF terá mudanças importantes em relação a última aparição do modo de jogo. Segundo a Riot Games, as equipes poderão realizar banimentos de campeões antes da escolha alternada. A seleção padrão será, inclusive, uma grande alteração, já que anteriormente a escolha era às cegas. Dessa vez, qualquer campeão poderá ser escolhido.

Para deixar disponíveis todos os personagens, a produtora anunciou que fez um balanceamento dos mais de 140 campeões. Além disso, o método de ajuste das habilidades foi melhorado. Isso servirá para que campeões muito fracos passem por um buff e que os muito poderosos possam ser nerfados rapidamente. Entre outras mudanças estão a adição de elementos de ritmo do Summoner’s Rift, como as barricadas, o retorno da catapulta de campeões e a redução do tempo de passagem pelo Dragão Ancião.

Qual a velocidade de upload ideal para transmitir streams de jogos ao vivo? Confira no Fórum TechTudo

O que é o URF?

O Ultra Rápido e Furioso é um modo de jogo muito mais rápido, onde não há custo de mana e o tempo de recarga dos campeões é 80% menor. O jogo funciona no tradicional Summoner’s Rift em rounds muito mais dinâmicos e curtos. No URF, as partidas chegam a durar pouco mais de 20 minutos, enquanto na jogatina tradicional os rounds passam facilmente dos 40 minutos.

Buffs do URF na versão de 10 anos do League of Legends — Foto: Reprodução/Murilo Tunholi Buffs do URF na versão de 10 anos do League of Legends — Foto: Reprodução/Murilo Tunholi

Buffs do URF na versão de 10 anos do League of Legends — Foto: Reprodução/Murilo Tunholi

Antes de tornar público o retorno do URF, a Riot Games chegou a afirmar que o modo de jogo nunca mais seria disponibilizado. Na época e ainda hoje, a justificativa é que o URF afasta muitos jogadores.

“Para ser mais específico, ele faz com que as pessoas se cansem e parem de jogar League of Legends de forma definitiva. Caso isso volte a acontecer mesmo após as mudanças, não teremos escolhas: o retorno do URF será somente um evento único e especial”, pontua a empresa em comunicado oficial.

O retorno do URF nos servidores brasileiros aconteceu na parte da manhã desta segunda-feira (28). A Riot Games afirma que ainda considera o modo de jogo “um risco em relação à taxa de rotatividade dos jogadores” e explica que, por isso, só retornou com a proposta por causa dos muitos pedidos dos fãs e do aniversário dos 10 anos de lançamento de LoL.

Nunca jogou LoL? Saiba como mandar bem em sua primeira partida

Nunca jogou LoL? Saiba como mandar bem em sua primeira partida

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Mais do TechTudo