Atletas

Por Bruna Telles, para o TechTudo


Jack "Doki" Robertson, jogador de Rainbow Six: Siege (R6) banido por comportamento tóxico, continuará no time da Natus Vincere (Na'Vi), segundo anúncio da organização no dia 15 de outubro. Doki, que recebeu uma suspensão permanente no jogo da Ubisoft, ficará fora da line up ativa, porque também está proibido de disputar torneios da ESL por seis meses. Com o banimento, o jogador está fora dos playoffs da Season 10 da Pro League. O player Ellis “Pie” Pyart jogará em seu lugar enquanto isso.

Apenas do ban de seis meses da ESL, e o ban permanente em R6, a Natus Vincere decidiu manter Jack "Doki" Robertson no elenco — Foto: Reprodução/Twitter natusvincere Apenas do ban de seis meses da ESL, e o ban permanente em R6, a Natus Vincere decidiu manter Jack "Doki" Robertson no elenco — Foto: Reprodução/Twitter natusvincere

Apenas do ban de seis meses da ESL, e o ban permanente em R6, a Natus Vincere decidiu manter Jack "Doki" Robertson no elenco — Foto: Reprodução/Twitter natusvincere

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Entenda o caso

Doki foi banido ao vivo enquanto fazia uma transmissão na Twitch no dia 1° de outubro. O jogador estava no meio de uma partida, quando recebeu a mensagem de que havia sido removido do jogo. A Ubisoft alega que após investigar a conta do jogador, encontrou casos suficientes de comportamento tóxico para determinar o seu ban eterno. No dia 11 de outubro, a ESL anunciou que o jogador estava suspenso por seis meses dos seus torneios também.

Vale explicar que as punições estabelecidas dentro de um jogo não se aplicam necessariamente aos torneios. Ou seja, um player pode ter sua conta excluída dos servidores de um game, mas pode continuar a atuar em ligas. Tudo vai depender das regras e punições estabelecidas pelas desenvolvedoras e pelas organizadoras dos eventos competitivos. No caso de Doki, sua conta foi banida para sempre do jogo, mas ele só foi proibido de participar de competições da ESL por seis meses.

Com o ban dos torneios da ESL, Doki não pode jogar as finais mundiais da Pro League, que acontecem em novembro no Japão. O jogador também ficará de fora do Six Invitational 2020, um dos principais torneios do calendário competitivo de R6. Doki esteve com a Na'Vi na vitória da ESL Premiership Summer em julho de 2019 e, após receber a punição, pediu desculpas publicamente. O jogador prometeu que utilizará o tempo fora do competitivo para "melhorar de todas as formas possíveis".

Banimentos similares ao de Doki já aconteceram anteriormente. Durante o Ano 2 do jogo, dois jogadores de Xbox foram banidos, embora a punição tenha sido revertida posteriormente. Já em julho de 2019 Richard "Rixx" Nixon, que atua na Pro League asiática, também foi suspenso. O caso do jogador da Na'Vi, entretanto, é o de maior repercussão desde o caso Stéphane "Shaiiko" Lebleu, banido por trapaça na Season 6.

Mais do TechTudo