Armazenamento

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


SSDs são opções de armazenamento mais rápidas aos tradicionais HDs e permitem que o usuário faça melhorias em seu computador, sem precisar gastar muito dinheiro. Por esse motivo, os acessórios se tornaram muito populares no Brasil. Os equipamentos aumentam a memória do PC e podem ser encontrados, nas principais lojas de e-commerce do país, por um preço que começa em R$ 175.

Além da rapidez e grande capacidade de armazenamento, os SSDs podem ser uma opção mais resistente para acidentes com quedas, por exemplo. Quando comparados aos HDs, eles são fabricados com material distinto, que se difere dos discos magnéticos mais frágeis que fazem parte dos HDs. Abaixo, TechTudo preparou um tutorial com as principais dicas para que o usuário escolha o modelo de ideal de SSD para notebook. Acompanhe nas linhas a seguir.

Confira se o seu notebook tem suporte para SSDs

À esquerda, um HD de 2,5 polegadas e à direita um SSD SATA de 2,5" — Foto: Filipe Garrett/TechTudo À esquerda, um HD de 2,5 polegadas e à direita um SSD SATA de 2,5" — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

À esquerda, um HD de 2,5 polegadas e à direita um SSD SATA de 2,5" — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

Notebooks fabricados na última década precisam ter, sem exceção, compatibilidade com drives de 2,5 polegadas, por meio de portas SATA. Vale frisar que essa compatibilidade vale para drives SSD ou HD. Mas é possível que seu notebook tenha também portas M.2, com tecnologia SATA, que permitem o uso de SSDs menores fisicamente, embora possam ter as mesmas capacidades de espaço interno.

Não há nenhum método via software que seja confiável para avisar ao usuário sobre a existência de slot M.2 em seu notebook. A única forma de descobrir se sua máquina possui a interface é por meio do manual ou abrindo o computador para verificar a placa-mãe. Felizmente, sabendo o modelo do computador, é relativamente fácil encontrar documentação e manuais no site do fabricante.

Como usar um SSD?

SSDs, como o M.2 2280 da foto, são ideais para rodar sistema operacional e aplicativos do seu sistema — Foto: Filipe Garrett/TechTudo SSDs, como o M.2 2280 da foto, são ideais para rodar sistema operacional e aplicativos do seu sistema — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

SSDs, como o M.2 2280 da foto, são ideais para rodar sistema operacional e aplicativos do seu sistema — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

Se o notebook possui mais de uma entrada para drives, é comum que o usuário fique em dúvida em como usar os SSDs. Geralmente, eles são usados em duas modalidades: para sistema operacional ou para armazenamento de arquivos.

O ideal é que o usuário tenha dois acessórios diferentes, um mais lento para guardar arquivos, já que desta forma não há uma penalização em performance que seja perceptível. Já para sistema operacional, o drive da máquina precisa de velocidade. Dessa forma, o sistema se beneficiará dos tempos de escrita e leitura mais baixos dos SSDs, garantindo inicialização mais rápida. Mesmo que o notebook rode programas mais pesados como Photoshop, por exemplo, o SSD vai garantir mais agilidade no sistema.

Fique de olho nos formatos

HD e SSD SATA têm o mesmo formato e encaixes — Foto: Filipe Garrett/TechTudo HD e SSD SATA têm o mesmo formato e encaixes — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

HD e SSD SATA têm o mesmo formato e encaixes — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

Equipados, principalmente, com duas tecnologias – SATA e NVMe – os SSDs permitem, ainda, grande variação no quesito formato. O modelo físico do acessório pode mudar bastante, aumentando ou diminuindo tamanho, espessura e também encaixe.

SSDs de 2,5 polegadas são equipados com a tecnologia SATA e contam com o mesmo formato e dimensões de um disco rígido (HD) convencional. Já o SSD com formato M.2 é bem menor e pode ter comprimento de 40, 60 ou 80 milímetros.

Como acertar na escolha do SSD? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo