Wearables

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Xiaomi Hey Plus 1S é a nova pulseira fitness da Xiaomi. Equipado com chip NFC, o acessório agrega um conjunto de funcionalidades mais comum em celulares, como a possibilidade de fazer pagamentos sem recorrer ao cartão de crédito. Na China, a pulseira permite até mesmo que o usuário pague a tarifa de transporte público. Há ainda promessa de autonomia de 18 dias. O produto pode ser encomendado por 179 yuans, cerca de R$ 103 em conversão direta.

Pulseira conta com recursos NFC para pagamento sem cartão — Foto: Divulgação/Xiaomi Pulseira conta com recursos NFC para pagamento sem cartão — Foto: Divulgação/Xiaomi

Pulseira conta com recursos NFC para pagamento sem cartão — Foto: Divulgação/Xiaomi

O grande destaque da nova pulseira fitness da Xiaomi é o módulo NFC com suporte a várias funcionalidades, como o pagamento sem cartão. Além de permitir o pagamento de passagens de ônibus em 248 cidades, a Hey Plus 1S pode fazer pagamentos via AliPay, opção chinesa a serviços de pagamento sem cartão similar ao Apple Pay.

Outra virtude do chip NFC é permitir que a pulseira funcione como chave digital para fechaduras inteligentes usadas em alguns hotéis. Outra possibilidade relacionada com o NFC seria uma eventual expansão do suporte a outras plataformas de pagamento, algo que poderia tornar a pulseira atraente para outros mercados.

A pulseira oferece contador de passos, monitor de frequência cardíaca, de sono, além de suportar a conexão com um smartphone para emitir notificações de chamadas e mensagens em tempo real.

Pulseira é à prova d'água e tem tela AMOLED — Foto: Divulgação/Xiaomi Pulseira é à prova d'água e tem tela AMOLED — Foto: Divulgação/Xiaomi

Pulseira é à prova d'água e tem tela AMOLED — Foto: Divulgação/Xiaomi

O hardware inclui tela OLED de 0,95 polegada revestida por vidro Gorilla Glass. O vestível pode sobreviver a profundidades de 50 metros, segundo a fabricante. Também conta com bateria de 120 mAh. Nas contas da Xiaomi, uma única carga possibilita autonomia de 18 dias.

Não há informação sobre possíveis vendas no Brasil.

Xiaomi Mi 9 chega ao Brasil: veja preço e ficha técnica

Xiaomi Mi 9 chega ao Brasil: veja preço e ficha técnica

Mais do TechTudo