Celulares

Por Milena Garcia, para o TechTudo


Face ID é o nome da biometria por reconhecimento facial que marca presença nos celulares da Apple desde o iPhone X. Dois anos depois, a tecnologia está em diversos aparelhos. Os relatos de que o Face ID não funciona aumentaram, mas existem formas de corrigir eventuais problemas no smartphone. Conheça os dez passos para solucionar panes do Face ID nas linhas a seguir.

Ajustes do Face ID no iPhone — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Ajustes do Face ID no iPhone — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Ajustes do Face ID no iPhone — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Casos em que o Face ID não funciona

Antes de se desesperar e achar que existe algo errado com o seu sistema de reconhecimento, é preciso ter em mente que em algumas situações específicas é natural que o recurso não funcione. São elas:

  • Quando você acabou de ligar ou reiniciar o aparelho;
  • Quando o iPhone ou iPad não foi desbloqueado há mais de 48 horas;
  • Quando o código de acesso não foi usado para desbloquear o dispositivo nos últimos seis dias e meio e o Face ID não desbloqueou o dispositivo nas últimas 4 horas;
  • Após cinco tentativas incorretas de correspondência de rosto;
  • Após iniciar o processo de desligar o aparelho.

Face ID desbloqueia iPhone X com detecção 3D do rosto do usuário — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Face ID desbloqueia iPhone X com detecção 3D do rosto do usuário — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Face ID desbloqueia iPhone X com detecção 3D do rosto do usuário — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Como checar obstrução na câmera TrueDepth

Esse é primeiro passo a ser feito caso o Face ID do iPhone realmente não esteja funcionando. Isso porque é possível que a própria capa ou protetor de tela do iPhone esteja cobrindo a câmera TrueDepth do aparelho. Além disso, é importante checar se não há nenhum tipo de resíduo ou sujeira na mesma, impedindo a identificação facial.

O ideal é se certificar de que nada está por cima do notch, o recorte na área superior da tela.

Verificar se algo cobre o rosto

Para que o Face ID possa funcionar, é necessário que os olhos, boca e nariz do usuário estejam completamente visíveis. É válido ressaltar que o recurso foi desenvolvido para funcionar em diversos modelos de óculos. Entretanto, alguns óculos de sol desenvolvidos para bloquear certos tipo de luz podem acabar barrando a luz infravermelha utilizada pela câmera TrueDepth na identificação facial. Dessa maneira, tente desbloquear o aparelho sem os acessórios.

Tecnologia TrueDepth envolve conjunto de sensores que detectam profundidade, luz e movimento  — Foto: Divulgação/Apple Tecnologia TrueDepth envolve conjunto de sensores que detectam profundidade, luz e movimento  — Foto: Divulgação/Apple

Tecnologia TrueDepth envolve conjunto de sensores que detectam profundidade, luz e movimento — Foto: Divulgação/Apple

Ficar de frente para a câmera TrueDepth

O Face ID foi programado para funcionar apenas quando o iPhone está na posição vertical e a pessoa está virada de frente para a câmera TrueDepth do aparelho. O alcance de visualização para ser utilizado como base é o mesmo para a hora de tirar uma selfie ou realizar uma ligação via FaceTime: de 25 cm a 50 cm de distância do rosto.

Independentemente de estar segurando o smartphone ou mantendo-o apoiado em uma superfície, essa é a posição que deve ser seguida para utilizar o recurso de identificação facial.

Checar os ajustes do Face ID

Para confirmar que o recurso está ativado e configurado corretamente, acesse a área de “Ajustes” do aparelho e, em seguida, selecione “Face ID e Código”. As funções ado Face ID deverão estar marcadas em verde, com a chave direcionada para a lateral direita da tela, como mostra a imagem.

Acesse os ajustes para verificar as configurações do Face ID — Foto: Foto: Divulgação/Apple Acesse os ajustes para verificar as configurações do Face ID — Foto: Foto: Divulgação/Apple

Acesse os ajustes para verificar as configurações do Face ID — Foto: Foto: Divulgação/Apple

Atualizar o IOS

O sistema operacional da Apple passa por constantes atualizações para corrigir falhas em diversas funções. Para verificar se o aparelho está funcionando na versão mais recente do iOS, siga o seguinte caminho: “Ajustes” > “Geral” > “Atualização de Software”. Atualize o sistema caso a opção surja na tela.

Como atualizar o iOS no iPhone e iPad

Como atualizar o iOS no iPhone e iPad

Fechar os aplicativos abertos em segundo plano

Algumas vezes, aplicativos abertos ou suspensos podem ser corrompidos e, assim, causar problemas na hora de utilizar no Face ID. Para garantir que isso não esteja acontecendo, deslize o dedo de baixo para cima na tela do aparelho e aguarde alguns instantes até que apareça a navegação de aplicativos. Em seguida, deslize o dedo para cima sob cada um dos aplicativos para encerrar o uso.Após fazer essa limpeza, verifique se o Face ID voltou a funcionar normalmente.

Reiniciar o iPhone

Execute a tarefa pressionando o botão de liga/desliga simultaneamente com algum dos botões de volume durante alguns segundos. Solte os botões quando o comando “Deslizar para desligar” for exibido na tela e arraste o controle para a direita, desligando o aparelho. Conte até 30 e volte a ligar o celular pressionando o botão de liga/desliga. Aguarde até a inicialização do smartphone e tente desbloquear a tela usando o Face ID.

Adicionar aparência alternativa

De maneira geral, o Face ID costuma perceber mudanças que ocorrem na aparência do usuário ao longo do tempo. Caso você tenha passado por uma transformação radical no visual, como a retirada da barba, e o recurso tenha parado de funcionar, experimente configurar uma aparência alternativa. Basta seguir os seguintes passos:

  1. Acesse “Ajustes” > “Face ID e Código”. Se solicitado, insira o código de acesso;
  2. Toque em “Configurar um Visual Alternativo”;
  3. Posicione o rosto dentro da área demarcada e olhe diretamente para o iPhone;
  4. Mova delicadamente a cabeça para que o círculo se feche. Caso você não possa movimentar a cabeça, selecione as “Opções de Acessibilidade”;
  5. Ao terminar o primeiro escaneamento do Face ID, toque em “Continuar”;
  6. Mais uma vez, mova a cabeça delicadamente para fechar o círculo;
  7. Quando a configuração do Face ID for concluída, toque em OK.

Finalizando registro do novo rosto no Face ID — Foto: Reprodução/Helito Beggiora Finalizando registro do novo rosto no Face ID — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Finalizando registro do novo rosto no Face ID — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Redefinir o Face ID

Se mesmo depois de seguir todas as dicas anteriores o recurso ainda não estiver funcionando, chegou a hora de redefinir o Face ID e configurá-lo novamente. Para isso, acesse “Ajustes” > “Face ID e Código” e toque em “Redefinir Face ID”. Em seguida, selecione a opção “Configurar Face ID” e faça o processo de configurar o recurso outra vez.

Redefinir para as configurações de fábrica

Essa se torna uma solução válida apenas com o esgotamento de todas as alternativas anteriores. Antes de mais nada, para resetar o aparelho, é fundamental já deixar o iTunes do seu computador preparado e seguir as seguintes etapas:

  1. Conecte o iPhone ao computador utilizando um cabo incluso na compra do aparelho;
  2. Abra o iTunes no computador e certifique-se de usar a versão mais recente do programa para evitar conflitos no sistema;
  3. Aguarde até que iTunes reconheça e conecte-se ao seu dispositivo;
  4. Uma vez conectado, clique no ícone do iPhone no lado esquerdo do menu iTunes.
  5. Em seguida, clique na opção “Restaurar”. Dessa maneira, você poderá fazer o backup dos arquivos importantes do iPhone para a unidade do computador.
  6. Feito isso, clique no botão “Restaurar” solicitado pelo iTunes para limpar todos os dados e configurações do aparelho.
  7. Aguarde até que o iTunes termine de apagar tudo e, em seguida, faça o download dos arquivos e restaure o software para o seu iPhone novamente.
  8. Caso seja solicitado, selecione a opção “Configurar como um novo iPhone” e siga as instruções na tela para configurar o seu aparelho.

Procedimento semelhante deve ser tentado pelos donos de computadores com o macOS Catalina, versão de sistema que abandonou o iTunes e passou a exibir o controle de iPhone diretamente no Finder.

Vale ressaltar que, ainda que seguindo todas as dicas citadas, não for possível cadastrar o rosto, o aparelho deve ser levado a uma Apple Store ou a um Centro de Serviço Autorizado Apple (AASP). Se preferir, você também pode entrar em contato com o Suporte da Apple.

iPhone 11, 11 Pro e Pro Max no Brasil: veja a tabela de preços e outros detalhes

iPhone 11, 11 Pro e Pro Max no Brasil: veja a tabela de preços e outros detalhes

Mais do TechTudo