Campeonatos

Por Bruna Niro, para o TechTudo


O Mundial de Free Fire Battlegrounds 2019, campeonato internacional do Battle Royale da Garena, acontece neste sábado (16) na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. Os times do Corinthians e LOUD, campeão e vice-campeão da Free Fire Pro League Brasil Season 3, vão representar o Brasil nesta edição do World Series. Ao todo 12 equipes de 11 regiões do mundo disputam o título de campeão e premiação total de US$ 400 mil (R$ 1,7 milhão em conversão direta).

Os ingressos para o torneio já estão esgotados no site Eventbrite, mas é possível assistir aos jogos ao vivo nos canais oficiais do Free Fire Brasil no YouTube e Facebook a partir das 11h30, horário de Brasília. Confira, a seguir, os times e formato da competição de Free Fire.

O Free Fire World Series acontecerá no dia 16 de novembro, no Rio de Janeiro — Foto: Reprodução/Eventbrite O Free Fire World Series acontecerá no dia 16 de novembro, no Rio de Janeiro — Foto: Reprodução/Eventbrite

O Free Fire World Series acontecerá no dia 16 de novembro, no Rio de Janeiro — Foto: Reprodução/Eventbrite

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Equipes participantes

No total serão 12 equipes de 11 regiões na disputa, sendo a primeira colocada de cada uma das regiões participantes e os dois primeiros colocados do país sede do torneio. Confira, a seguir, times e line ups da competição:

  • Corinthians (Brasil): Japa, FIXA, PIRES, Levelup007 e Nobru;
  • LOUD (Brasil): WILL, ViniZx, Bradock, ShariiN e VOLTAN;
  • Dranix Esports (Indonésia): BIon, Devil, Delta e Bay;
  • Team Flash (Vietnã): DNP, Clear, Cool, RyukVN e MiNow;
  • ILLUMINATE (Tailândia): MUE_TOB, D_LONG, ETHAN, JUSTIN e LUFFY;
  • Sbornaya ChR (Europa e Rússia): Dzarmaro, Tumso, Kadyrov, Pokritel e Mers;
  • ARCTIC GAMING MEXICO (América do Norte): Mechas, Jona, Meme, Professor e Vega;
  • LGDS (Sudeste Asiático e Malásia): ANGU, ETA, OREO, RORO e YOYO;
  • INFINITY ESPORTS MOBILE (LATAM Norte): Narucho, Carlos, Lupaco, Jeisson e Monkey;
  • SAMURAI TEAM (LATAM Sul): 14DELTA, ALEX18, RAGNAR, MICHAEL e HASSAN;
  • NAWABZADE (Índia): Radhebhai, VRC1000, GJ_RadheTKR e GJ.JIGAR;
  • INFINITY_YT (Oriente Médio e Norte da África): HardCrew, BrbZinou, NasroDvL, Ninja, Shadio e LastBoss.

A equipe do Corinthians foi a campeã da Pro League e será uma das representantes brasileiras no Mundial  — Foto: Reprodução/Twitter Corinthians Free Fire A equipe do Corinthians foi a campeã da Pro League e será uma das representantes brasileiras no Mundial  — Foto: Reprodução/Twitter Corinthians Free Fire

A equipe do Corinthians foi a campeã da Pro League e será uma das representantes brasileiras no Mundial — Foto: Reprodução/Twitter Corinthians Free Fire

Free Fire já foi processado pelo PUBG? Entenda no Fórum do TechTudo

Formato da competição

O Mundial de Free Fire será disputado em oito quedas entre os mapas Bermuda e Purgatório. As equipes irão somar pontos em cada round conforme número de abates e colocação no ranking final da queda. Cada kill contará 20 pontos para o time, enquanto a posição no ranking irá variar entre 0 e 300 pontos, conforme tabela abaixo:

Pontuação referente a posição no ranking de cada queda

Colocação Pontos Colocação Pontos
1.º lugar 300 7.º lugar 60
2.º lugar 200 8.º lugar 45
3.º lugar 170 9.º lugar 30
4.º lugar 135 10.º lugar 20
5.º lugar 105 11.º lugar 10
6.º lugar 80 12.º lugar 0

Ao final das oito rodadas, o squad com o maior saldo de pontos será o grande campeão. A competição está prevista para começar às 11h30, horário de Brasília. Os mapas serão jogados de forma intercalada, com início em Bermuda e, em sequência, Purgatório.

A LOUD, ao ficar em segundo lugar na Pro League, também garantiu vaga no Free Fire World Series  — Foto: Divulgação/Twitter/LOUD A LOUD, ao ficar em segundo lugar na Pro League, também garantiu vaga no Free Fire World Series  — Foto: Divulgação/Twitter/LOUD

A LOUD, ao ficar em segundo lugar na Pro League, também garantiu vaga no Free Fire World Series — Foto: Divulgação/Twitter/LOUD

Premiação

A premiação total de US$ 400 mil (R$ 1,7 milhão) será dividida conforme a colocação de cada equipe. Além disso, também serão premiados individualmente o MVP do torneio, o jogador com maior número de abates e o player que sobreviver por mais tempo.

Mais do TechTudo