Celulares

Por Paulo Alves, para o TechTudo

Golpe do carregador falso vira motivo de alerta nos Estados Unidos Golpe do carregador falso vira motivo de alerta nos Estados Unidos
TechTudo

Autoridades dos Estados Unidos começaram a alertar consumidores a respeito do perigo de carregar o celular em locais públicos. Em comunicado divulgado desde a semana passada, a Procuradoria Distrital do Condado de Los Angeles informa que portas USB disponibilizadas em aeroportos, rodoviárias, hotéis e outros locais podem esconder códigos maliciosos (em sua essência, vírus) capazes de infectar o smartphone enquanto recarrega a bateria. O chamado golpe do carregador falso é de conhecimento público há anos e não se sabe se há um caso específico que tenha motivado a iniciativa do órgão americano.

Console com portas USB marca presença em aeroportos e outros locais públicos — Foto: Reprodução/Procuradoria Distrital do Condado de Los Angeles Console com portas USB marca presença em aeroportos e outros locais públicos — Foto: Reprodução/Procuradoria Distrital do Condado de Los Angeles

Console com portas USB marca presença em aeroportos e outros locais públicos — Foto: Reprodução/Procuradoria Distrital do Condado de Los Angeles

O perigo de carregadores USB está na dupla função oferecida pela conexão do smartphone: além de levar energia ao aparelho, a porta também é capaz de transmitir dados. Criminosos virtuais podem explorar essa característica para infectar dispositivos USB localizados em locais com grande fluxo de pessoas, como cafés, restaurantes e estações de metrô. Segundo as autoridades de Los Angeles, um celular pode ter dados roubados em minutos após ser conectado a um carregador público comprometido.

Golpes do tipo podem resultar em roubo de senhas, informações bancárias e até do backup completo do celular.

O nível de exposição, no entanto, depende de vários fatores, como a versão do sistema operacional instalada no aparelho. Telefones que rodam o antigo Android 4.4 ou anterior são os mais expostos, já que se conectam a entradas USB usando um protocolo de transferência de arquivos que facilita a invasão.

Portas USB podem esconder códigos maliciosos — Foto: Reprodução/Procuradoria Distrital do Condado de Los Angeles Portas USB podem esconder códigos maliciosos — Foto: Reprodução/Procuradoria Distrital do Condado de Los Angeles

Portas USB podem esconder códigos maliciosos — Foto: Reprodução/Procuradoria Distrital do Condado de Los Angeles

Para evitar ser uma vítima, é importante usar apenas carregadores públicos comuns, que contam com tomada convencional. Por isso, é necessário levar consigo o carregador de parede do celular. Uma alternativa é lançar mão de carregadores portáteis USB do tipo power bank, desde que sejam de uso estritamente pessoal.

iPhone 11, 11 Pro e Pro Max no Brasil: veja a tabela de preços e outros detalhes

iPhone 11, 11 Pro e Pro Max no Brasil: veja a tabela de preços e outros detalhes

Mais do TechTudo