Celulares

Por Paulo Alves, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

O iPhone 11 Pro Max tem preço até R$ 2.893,71 menor nos Estados Unidos do que no Brasil. A distância entre os valores de demais celulares da linha é menor, mas também considerável: mais barato da linha, o iPhone 11 custa R$ 4.999 no mercado nacional, enquanto na Apple americana pode sair pelo equivalente a R$ 3.234,64, uma diferença de R$ 1.764,36.

Os valores mais em conta do celular nos EUA costumam encorajar brasileiros a importar o telefone, já que é permitido trazer um smartphone para uso pessoal sem ficar em maus lençóis com a alfândega. No entanto, é importante considerar impostos pagos no país de origem da empresa e a taxa de conversão para calcular o preço final do produto. Além disso, a nova geração da Apple não funciona numa das redes do 4G brasileiro.

iPhone 11, 11 Pro e Pro Max no Brasil: veja a tabela de preços e outros detalhes

iPhone 11, 11 Pro e Pro Max no Brasil: veja a tabela de preços e outros detalhes

Impostos e dólar

Além do preço de tabela, o consumidor que optar por comprar o iPhone nos EUA deverá pagar um imposto que varia conforme a localidade. Além disso, há o custo de conversão cobrado pela casa de câmbio ou pela operadora do cartão. Em compras com crédito e débito é importante também considerar o IOF atual de 6,38%, além de eventuais flutuações do câmbio até a data de fechamento da fatura, caso o banco ainda não ofereça taxa fixa. Neste texto, consideramos o dólar turismo de R$ 4,35.

Os valores abaixo consideram um imposto médio de 9% sobre o valor original e conversão baseada no dólar comercial. A depender do tributo pago nos EUA e da taxa de câmbio, portanto, os preços do iPhone nos EUA podem variar.

iPhone 11

Mais simples dos modelos de 2019, o iPhone 11 é vendido nos EUA por US$ 699 na versão de 64 GB, US$ 749 com 128 GB e US$ 849 com 256 GB. Acrescidos de imposto de 9% e convertidos pelo dólar, os valores ficam em R$ 3.234,64 (contra R$ 4.999 no Brasil), R$ 3.466,02 (R$ 5.299 no Brasil) e R$ 3.928,78 (R$ 5.799 no Brasil).

Essa versão do celular traz poucas mudanças em relação ao antecessor iPhone XR. A principal novidade é na câmera, que ficou mais poderosa e ganhou sensor duplo de 12 megapixels, uma angular de abertura de f/1.8 e outra com ultra wide e abertura de f/2.4. O sensor adicional permite capturar imagens com ângulo mais aberto – no app de câmera, basta tocar no botão “1x” para ampliar a visualização e encaixar mais cenário na mesma foto.

A tela é a mesma de 6,1 polegadas e o design não muda, com exceção da protuberância na parte traseira ao redor do conjunto fotográfico. Já a construção está reforçada e com resistência melhor contra água e poeira. O celular também traz novo processador Apple A13 Bionic, considerado o melhor chip para smartphones do mercado. Ele é vendido nas cores preto, verde, amarelo, lilás, vermelho e branco.

iPhone 11 tem câmera dupla, uma delas ultra wide — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

iPhone 11 Pro

O iPhone 11 Pro de 64 GB sai a US$ 999 nos EUA, enquanto as versões com 256 GB e 512 GB de armazenamento são vendidas por US$ 1.149 e US$ 1.349, respectivamente. Com imposto e conversão, os valores em reais são: R$ 4.622,90 (R$ 6.999 no Brasil), R$ 5.317,03 (R$ 7.799 no Brasil) e R$ 6.242,54 (R$ 8.999 no Brasil).

O modelo é o primeiro da marca com câmera tripla. São três sensores de 12 megapixels, um com lente angular (abertura f/1.8), outro com teleobjetiva (f/2) e outro do tipo ultra wide (f/2.4). Tanto a wide quanto a ultra wide gravam vídeos em 4K a 60 quadros por segundo, uma característica incomum em smartphones com múltiplas câmeras.

Menor que o iPhone 11, a edição Pro conta com mesmo chip A13 Bionic e a resistência à água, mas traz tela OLED de 5,8 polegadas de maior qualidade, considerada atualmente a melhor do mundo em um smartphone. A bateria também promete durar 4 horas a mais em relação ao iPhone XS. O modelo está disponível nas cores prateado, cinza-espacial, dourado e verde meia-noite.

Câmera tripla do iPhone 11 Pro — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

iPhone 11 Pro Max

Versão mais robusta da linha 2019, o iPhone 11 Pro Max tem preço partindo de US$ 1.099 nos EUA para a versão de 64 GB e chega a US$ 1.249 com 256 GB e US$ 1.449 com 512 GB de espaço interno. Considerando imposto médio de 9% e câmbio, os preços ficam em R$ 5.085,65 (R$ 7.599 no Brasil), R$ 5.779,78 (R$ 8.399 no Brasil) e R$ 6.705,29 (R$ 9.599 no Brasil).

O celular é vendido nas mesmas cores e oferece o mesmo conjunto de câmeras, construção reforçada e resistência à água e processador de nova geração presentes no iPhone 11 Pro convencional. As diferenças estão na tela OLED, que é maior e conta com 6,5 polegadas, e na bateria, que é ainda mais poderosa. Segundo a Apple, o celular dura até 5 horas a mais em comparação com o XS Max, de 2018.

iPhone 11 Pro Max tem preço de US$ 1.099 nos EUA e R$ 7.599 no Brasil — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Preços do iPhone 11 no Brasil e nos EUA

Modelo Preço no Brasil Preço nos EUA Preço final nos EUA
iPhone 11 64 GB R$ 4.999 US$ 699 R$ 3.234,64
iPhone 11 256 GB R$ 5.299 US$ 749 R$ 3.466,02
iPhone 11 512 GB R$ 5.799 US$ 849 R$ 3.928,78
iPhone 11 Pro 64 GB R$ 6.999 US$ 999 R$ 4.622,90
iPhone 11Pro 256 GB R$ 7.799 US$ 1.149 R$ 5.317,03
iPhone 11 Pro 512 GB R$ 8.999 US$ 1.349 R$ 6.242,54
iPhone 11 Pro Max 64 GB R$ 7.599 US$ 1.099 R$ 5.085,65
iPhone 11 Pro Max 256 GB R$ 8.399 US$ 1.249 R$ 5.779,78
iPhone 11 Pro Max 512 GB R$ 9.599 US$ 1.449 R$ 6.705,29

Com informações da Apple

iPhone 11, 11 Pro e Pro Max no Brasil: veja a tabela de preços e outros detalhes

iPhone 11, 11 Pro e Pro Max no Brasil: veja a tabela de preços e outros detalhes

Mais do TechTudo