Celulares

Por Milena Garcia, para o TechTudo


Smartphone mais barato da Apple em 2018, o iPhone XR permanece na mente dos americanos: de cada três iPhones vendidos nos Estados Unidos, um tem o “R” no nome. A informação aparece num relatório da consultoria Consumer Intelligence Research Partners (CIRP) com dados do período de julho a setembro. O iPhone XR foi responsável por 36% das vendas, enquanto o recém-lançado iPhone 11 obteve 11% de participação.

iPhone XR tem tela LCD de 6,1 polegadas — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Os modelos de iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max ficaram disponíveis por apenas duas semanas durante o trimestre analisado. Dessas vendas, 9% vieram da unidade mais acessível lançada, o iPhone 11, espécie de sucessor do XR. Na sequência aparecem o iPhone 11 Pro com 6% e o iPhone 11 Pro Max com 4%.

A demanda por esses aparelhos foi tamanha que a marca optou por aumentar em 10% a produção dos mesmos. Por fim, os recentemente descontinuados da loja oficial, iPhone XS e XS Max, garantem cerca de 11% das vendas. Um fato curioso é que, ainda que não seja o aparelho mais vendido, o iPhone 7 é o smartphone mais utilizado na América do Sul.

Quanto aos valores, o iPhone 11 começa a ser vendido a partir de R$ 4.999 (64 GB), o que representa R$ 200 a menos do que o iPhone XR na época de lançamento. O aparelho de 2018 sofreu desconto oficial de R$ 900 com a chegada dos novos modelos no Brasil e hoje pode ser encontrado por R$ 4.299 (64 GB) na loja da Apple. O varejo pratica descontos mais agressivos, com unidades à venda na faixa de R$ 3.500.

Com informações de PhoneArena

iPhone 11 em mãos: saiba preço e tudo sobre o lançamento da Apple de 2019

iPhone 11 em mãos: saiba preço e tudo sobre o lançamento da Apple de 2019

iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max: testamos os celulares da Apple

iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max: testamos os celulares da Apple

Mais do TechTudo