Por Igor Nishikiori, para o TechTudo


A Receita Federal de São Paulo iniciou, na última semana, um novo leilão de mercadorias apreendidas no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Entre os produtos disponíveis estão, MacBooks, Apple Watch, fones AirPods, iPads e consoles PS4. O destaque do leilão fica para o modelo de iPhone 7 que pode ser adquirido por R$ 800. Todos os produtos estão disponíveis com preços bem abaixo do mercado. As propostas podem ser feitas até o dia 2 de dezembro e o pregão está marcado para 3 de dezembro, às 11h (horário de Brasília).

Todos os 210 lotes colocados em leilão podem receber lances tanto de pessoas físicas, quanto jurídicas. Lembrando que os produtos comprados por pessoas físicas não podem ser revendidos. Para participar, é necessário fazer um cadastro no site da Receita.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Leilão da Receita Federal em São Paulo tem iPhone 7 bem mais barato — Foto: Anna Kellen Bull / TechTudo Leilão da Receita Federal em São Paulo tem iPhone 7 bem mais barato — Foto: Anna Kellen Bull / TechTudo

Leilão da Receita Federal em São Paulo tem iPhone 7 bem mais barato — Foto: Anna Kellen Bull / TechTudo

Dentre os destaques do pregão, estão modelos do iPhone 7 de 128 GB com valor inicial de R$ 800 (lotes 16, 17, 73, 74, 75 e 76). No varejo, o mesmo smartphone pode ser encontrado por a partir de R$ 2,5 mil, de acordo com o Compare Techtudo.

Outro item com valor abaixo do mercado é o Playstation 4 (lotes 48, 49, 50 e 51), cujos preços começam em R$ 500. No mercado brasileiro, o console da Sony é comercializado por a partir de R$ 1,8 mil. Quem procura iPads, há diversos lotes (64 a 71), com valores iniciais de R$ 800. O mesmo produto é encontrado em lojas no Brasil por preços que começam em R$ 3 mil.

Lotes oferecem MacBooks por a partir de R$ 3 mil — Foto: Elson de Souza/TechTudo Lotes oferecem MacBooks por a partir de R$ 3 mil — Foto: Elson de Souza/TechTudo

Lotes oferecem MacBooks por a partir de R$ 3 mil — Foto: Elson de Souza/TechTudo

Vale destacar também o lote 4, com iPhone X, AirPod e Apple Watch com lances a partir de R$ 2 mil. Além disso, iPhones X também têm valor mínimo de R$ 2 mil nos lotes 37, 38, 39 e 40. Por fim, os lotes 14, 15, 18, 20 e 21 contam com MacBook de 12 polegadas por R$ 3 mil.

Lembrando que esses valores são apenas os lances iniciais do pregão e a expectativa é que eles aumentem de preço de acordo com o número de interessados. Quem tem interesse em conferir os produtos de perto, as visitas podem ser feitas até quinta-feira (28) das 9h às 11h30 e das 13h30 às 16h, no armazém de perdimento do aeroporto.

Como funciona?

O pregão é dividido em duas fases. Na primeira, os participantes devem fazer uma proposta de valor de compra no site da Receita Federal, até às 20h do dia 2 de dezembro. Nessa parte, os usuários dão sugestões de lances, com limite de um por lote. Também é possível desistir do lance, se for o caso.

Só passa para a próxima fase o participante que der um lance até 10% menor do que a melhor proposta. Por exemplo: se um lote atingir a proposta máxima de R$ 2.000, apenas os que deram lances acima de R$ 1.800 poderão participar do pregão online, que acontece no dia 3 de dezembro, às 11h. Ao fim do leilão, o vencedor precisa depositar o valor integral em até um dia após a confirmação do arremate – o prazo máximo é de 5 dias corridos, com acréscimo de multa. Passado esse prazo, o produto entra novamente em leilão.

Outro ponto importante é que a Receita Federal não se responsabiliza pelo frete, sendo necessário retirar o produto no local ou contratar alguma empresa que faça o transporte. Devoluções também não são aceitas, e os aparelhos não têm garantia para possíveis defeitos.

Quem pode participar?

Qualquer pessoa física com mais de 18 anos, CPF válido e com certificado digital e-CAC da Receita Federal pode dar lances. Já para pessoas jurídicas, é necessário ter um CNPJ válido e estar regularizado com a Receita Federal.

Mais do TechTudo