Celulares

Por Rodrigo Roddick, para o TechTudo


A nova encarnação Motorola Razr – o famoso V3 no Brasil – mal foi apresentada e a Motorola já está pensando no sucessor. O site estrangeiro Let’s Go Digital identificou uma nova patente que detalha um telefone com oito sensores instalados nas laterais. A tecnologia permitiria detectar 20 gestos, com direito ao controle de funções distintas. A patente ainda demonstra um possível sistema de biometria integrado à tela e o fim da base mais pronunciada do smartphone.

Lançamento do Motorola Razr, smartphone com tela dobrável que revive o icônico V3

Lançamento do Motorola Razr, smartphone com tela dobrável que revive o icônico V3

A patente foi registrada Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO) em maio de 2018, mas só foi aprovada neste mês. Na imagem é possível observar oito sensores alocados nas laterais do telefone, quatro sobre o eixo de dobra e quatro abaixo, tanto na esquerda quanto na direita. Entretanto, o que chama mais atenção é o indicativo de que os sensores possibilitariam o uso de 20 gestos com 20 funções distintas.

Já o descritivo da patente aponta que o suposto Motorola Razr 2 “pode ser dobrado ao longo de um eixo entre um modo aberto e um fechado; uma variedade de sensores de toque dispostos ao longo da porção de alojamento; um módulo implementado pelo menos parcialmente em hardware e configurado para determinar a proximidade física do sensor de toque e para determinar se o dispositivo dobrável está no modo aberto (modo de sensor único) ou fechado (modo de sensor cumulativo)”.

Patente revela oito sensores e impressão digital sob tela — Foto: Reprodução/Let'sGo Digital Patente revela oito sensores e impressão digital sob tela — Foto: Reprodução/Let'sGo Digital

Patente revela oito sensores e impressão digital sob tela — Foto: Reprodução/Let'sGo Digital

A partir da patente é possível compreender como os oito sensores funcionam em conjunto para acionar as 20 funções. “Dois sensores podem ser combinados e mapeados para uma ou mais funcionalidades diferentes das respectivas funcionalidades”, diz o texto. Desse modo, dois sensores de toque podem ser mapeados quando o telefone está fechado para um ou mais gestos respectivos.

Possível imagem do Motorola Razr 2 — Foto: Reprodução/Let'sGo Digital Possível imagem do Motorola Razr 2 — Foto: Reprodução/Let'sGo Digital

Possível imagem do Motorola Razr 2 — Foto: Reprodução/Let'sGo Digital

Nesse caso, os gestos poderiam corresponder a inúmeros atalhos como acesso à câmera ou a determinados aplicativos, além de permitir o uso de algumas configurações rápidas como captura de foto ou ligação.

A imagem da patente também aponta para um sensor de impressão digital possivelmente escondida sob a tela do aparelho. Pode-se deduzir isso a partir da ausência do “queixo” que está presente no Motorola Razr 2019 (detalhe que contribui para lembrar o modelo V3 antigo), onde é alocado o sensor no modelo atual.

Por se tratar de uma patente, nem tudo que é apresentado aparece no produto final. Contudo, a expectativa é que o Motorola Razr 2 já venha com conexões para a internet 5G.

Com informações de Let’s Go Digital, TechRadar e PhoneArena

Mais do TechTudo