Por Luciana Maline — em São Paulo*


Ouvir podcasts no Spotify é uma prática cada vez mais comum no cotidiano do brasileiro. Segundo dados publicados pela plataforma, o consumo do modelo de conteúdo no Brasil cresce 21% ao mês desde janeiro de 2018. Somado a tal estatística, o país é considerado o segundo maior mercado de podcasts do mundo, ficando atrás somente dos Estados Unidos, como revela pesquisa do Podcast Starts Soundbites.

Para entender melhor a nova prática, o TechTudo conversou com o diretor do Spotify Studios na América Latina, Javier Piñol, durante o Spotify for Podcasters Summit, que reconhece a relevância dos produtores de conteúdo para o crescimento do hábito e ainda dá dicas para novos podcasters. O executivo ainda fala sobre a importância dos dados para a monetização e explica a forma como a plataforma coloca seus conteúdos em destaque. Confira!

Spotify tem aumento de audiência de podcasts no Brasil — Foto: Luciana Maline/TechTudo Spotify tem aumento de audiência de podcasts no Brasil — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Spotify tem aumento de audiência de podcasts no Brasil — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Como começar a fazer um podcast?

Para Javier, o produtor de conteúdo necessita ter três pilares em mente antes de iniciar a produzir o seu podcast: o que você quer comunicar, para quem você quer enviar a sua mensagem e a forma como você deseja falar.

Uma vez mapeados estes princípios, o diretor ainda destaca a necessidade de manter a identidade na hora da fala. "O produtor deve falar a sua audiência no podcast como fala com seu público fora do microfone. Não pretenda ser outra pessoa. Se você é uma revista de tecnologia, fale exatamente igual ao que você fala todos esses anos. As pessoas estão acostumadas com o seu tom, sua maneira, suas vozes", explicou.

Javier Piñol, diretor do Spotify Studios na América Latina, conversa com o TechTudo — Foto: Divulgação Spotify / Luciana Aith Javier Piñol, diretor do Spotify Studios na América Latina, conversa com o TechTudo — Foto: Divulgação Spotify / Luciana Aith

Javier Piñol, diretor do Spotify Studios na América Latina, conversa com o TechTudo — Foto: Divulgação Spotify / Luciana Aith

Apesar de secundário comparado a força da mensagem, Javier acrescentou que o ponto de visto técnico também deve ser levado em conta. "Sugiro que as pessoas levassem em consideração eliminar os ruídos de uma sala e ter em um microfone um pouco melhor".

A importância da análise de dados

Analisar os dados disponibilizados pela plataforma é fator imprescindível para monetizar o conteúdo, como destaca o executivo. Na área Spotify for Podcasters, o criador tem disponível o número de "Starts" (quando um ouvinte dá o play em um episódio), "Streams" (quando alguém ouve pelo menos 60 segundos de um episódio), "Listeners" (usuários únicos) e "Followers" (seguidores) do canal. Todas estas informações estatísticas são disponibilizadas por episódio.

Porém, Javier enfatiza que a quantidade de visualizações não é o agente determinante para a marca querer investir no podcast, mas sim a construção da mensagem. "É importante saber se a mensagem do criador está alinhada com a visão da marca e com quem ele deseja falar", explica o executivo.

Spotify exibe estatísticas de reprodução de cada episódio do podcast — Foto: Reprodução/Rodrigo Fernandes Spotify exibe estatísticas de reprodução de cada episódio do podcast — Foto: Reprodução/Rodrigo Fernandes

Spotify exibe estatísticas de reprodução de cada episódio do podcast — Foto: Reprodução/Rodrigo Fernandes

Como fazer o seu podcast ser visto na plataforma

Um dos critérios mais relevantes para um podcast ganhar relevância e ser exibido para diversos usuários é a frequência da produção. "Se o criador pode fazer um podcast por semana, então, faça!", destacou o executivo. Já do lado da empresa, o executivo explica que há duas formas de exibir episódios no Spotify, uma pelo algoritmo e outra de maneira editorial.

Atualmente, os episódios são expostos de duas maneiras na página inicial do aplicativo: a forma algorítmica e a editorial. "Se você escuta um tipo de gênero no Spotify, você vai sendo servido com coisas que são aparentemente interessantes para você. Isto vai se aperfeiçoando ao longo do tempo. Por exemplo, eu, que torço pelo Barcelona e escuto diversos conteúdos de esportes, vou dar a entender para a plataforma que gosto de conteúdos de futebol e vou ser exposto a estas recomendações de conteúdo", explica Javier.

Já o papel editorial do Spotify fica por conta de uma seleção de conteúdo relevante no momento social ou para uma comunidade específica, os trends, além de o mapeamento de um conteúdo de sucesso para os usuários. "Temos ferramentas editoriais que percebem os podcasts que estão tendo melhor repercussão, estão mais relevantes. Observamos, por exemplo, eventos de rua. Uma manifestação pela educação, quando acontece, é um evento relevante, então, buscamos conteúdo e debates relacionados a educação", finaliza.

*a jornalista foi a São Paulo a convite do Spotify Brasil

Quatro funções do Spotify que você precisa conhecer

Quatro funções do Spotify que você precisa conhecer

Mais do TechTudo