Sistemas operacionais

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O Windows 10X é um novo sistema operacional da Microsoft voltado para notebooks com múltiplas telas. A novidade aproveita recursos do Windows 10 e estreia uma interface mais amigável para interação com toques. Ele foi apresentado no lançamento do Surface Neo, o primeiro laptop dual screen da marca, anunciado junto com o smartphone Surface Duo e o fone Surface Earbuds. A empresa divulgou poucos detalhes sobre o software, mas um documento vazado recentemente pode dar pistas sobre o futuro da mais recente aposta da fabricante. Veja tudo o que você precisa saber sobre o novo Windows.

Windows 10X é versão do sistema da Microsoft para notebooks de tela dupla — Foto: Divulgação/Microsoft Windows 10X é versão do sistema da Microsoft para notebooks de tela dupla — Foto: Divulgação/Microsoft

Windows 10X é versão do sistema da Microsoft para notebooks de tela dupla — Foto: Divulgação/Microsoft

O que muda em relação ao Windows 10

Em vez de desenvolver um sistema do zero, a companhia optou por aproveitar boa parte dos recursos já existentes no Windows 10 convencional e implementou melhorias de interface para facilitar a interação do usuário por meio do toque. O software tem multitarefa mais inteligente, organizando apps em diferentes telas de um mesmo aparelho ou maximizando um único programa em mais de um display.

Algumas habilidades de multitarefa do Windows 10X aparecem no vídeo promocional do Surface Neo. As imagens mostram que é possível abrir apps em uma mesma tela dividida ao meio, mover um desses apps para uma segunda tela e expandir um único programa para ocupar os dois displays exibindo informações diferentes de cada lado: o app de e-mail deixa a caixa de entrada de um lado e uma mensagem ou janela de composição do outro, por exemplo.

No Surface Neo, o Windows 10X sabe posicionar o teclado virtual na porção de tela que fica horizontal e entende quando o teclado físico está ativo para aproveitar o que sobra do display para exibir informações de outros apps ou simular um trackpad. Além disso, a barra de tarefas passa a alinhar no centro os ícones de apps fixados e do Menu Iniciar, que foi totalmente renovado.

Windows 10X tem novo Menu Iniciar — Foto: Divulgação/Microsoft Windows 10X tem novo Menu Iniciar — Foto: Divulgação/Microsoft

Windows 10X tem novo Menu Iniciar — Foto: Divulgação/Microsoft

Novo Menu Iniciar

Uma das principais novidades do Windows 10X está no Iniciar, que ganha a primeira mudança profunda desde a chegada do Windows 8. A nova versão abandona completamente a ideia de blocos dinâmicos e adota um visual mais parecido com o Android: o usuário toca um menu na parte inferior da tela para ver uma janela contendo os apps instalados e atalhos importantes para documentos do Office, por exemplo.

Assim como no sistema do Google, a Microsoft diz que os apps que aparecem ali podem mudar dependendo dos hábitos do usuário. A empresa, no entanto, diz que a interface do famoso menu ainda pode sofrer mudanças.

Windows 10X abandona blocos dinâmicos no Menu Iniciar — Foto: Reprodução/The Verge Windows 10X abandona blocos dinâmicos no Menu Iniciar — Foto: Reprodução/The Verge

Windows 10X abandona blocos dinâmicos no Menu Iniciar — Foto: Reprodução/The Verge

Notificações, atalhos e desbloqueio

As notificações passam a ser agrupadas e os atalhos da Central de Ações (menu lateral à direita da tela) ganham mudanças no design, com botões menores e novas barras de gradação para ajustes de brilho e volume. Algumas funções antes concentradas no Iniciar também passam para essa janela, como as configurações e o menu de energia.

Outras funções incluem um sistema mais rápido de desbloqueio: ao acender a tela do notebook ou tablet, o Windows 10X passa a escanear o rosto do usuário imediatamente para identificar e pular o PIN. No Windows 10 tradicional, é preciso deslizar uma tela de bloqueio antes de acessar o reconhecimento facial.

Notificações e atalhos ganham novo visual no Windows 10X — Foto: Reprodução/Windows Central Notificações e atalhos ganham novo visual no Windows 10X — Foto: Reprodução/Windows Central

Notificações e atalhos ganham novo visual no Windows 10X — Foto: Reprodução/Windows Central

Programas e aplicativos

Não há nenhum novo aplicativo no Windows 10X, mas vários ganham modificações de design e funcionalidade. Na apresentação oficial, a Microsoft dá foco a programas próprios, como os do pacote Office e o navegador Edge, mas também mostra ícones de apps de terceiros, como Spotify e Netflix. Segundo a empresa, o sistema será compatível com programas clássicos do Windows desenvolvidos no padrão win32, assim como com apps disponíveis na loja oficial. No entanto, haverá também forte compatibilidade com softwares que rodam na web no formato Progressive Web Apps.

Segundo o site especializado Windows Central, a Microsoft também reserva uma nova versão do Windows Explorer para o Windows 10X. Alvo de rumores há anos, o app traria design mais moderno e melhor usabilidade para dispositivos com tela sensível ao toque. A publicação teve acesso a uma lista de apps que devem ganhar compatibilidade com o novo sistema. Trata-se de quase todos os que já vêm pré-instalados no Windows, incluindo Paint e Bloco de Notas, além do app da Netflix.

Windows 10X só está confirmado por enquanto no Surface Neo — Foto: Divulgação/Microsoft Windows 10X só está confirmado por enquanto no Surface Neo — Foto: Divulgação/Microsoft

Windows 10X só está confirmado por enquanto no Surface Neo — Foto: Divulgação/Microsoft

Lançamento e dispositivos compatíveis

De acordo com o The Verge, o Windows 10X também será destinado a notebooks convencionais, sem tela dupla. Nessa modalidade, o visual tem menos mudanças em relação ao Windows 10, embora mantenha o Iniciar mais enxuto, exibindo apps e documentos sem o design de blocos dinâmicos.

No entanto, ainda é incerto quando o sistema será liberado. Ele ainda não está disponível para download e não existe um grupo público de testes no âmbito do Windows Insider. Por enquanto, o software é confirmado apenas no Surface Neo, que ainda não tem data de lançamento e é esperado apenas para 2020.

Servidor lento e uso de CPU oscilando, como resolver? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo.

Windows 10 rodando em tela touch

Windows 10 rodando em tela touch

Mais do TechTudo