Celulares

Por Rodrigo Roddick, para o TechTudo

Divulgação/Xiaomi

O Mi 9T é um celular da Xiaomi lançado no Brasil em agosto por R$ 3.397. O smartphone possui ficha técnica intermediária. Conta com câmera tripla de 48 MP, tela de 6,39 polegadas sem notch, processador octa-core, memória RAM de 6 GB, bateria com 4.000 mAh e sistema Android 9 (Pie) com interface customizada. Nas linhas a seguir, saiba tudo sobre o telefone que deve entrar na mira de caçadores de ofertas durante a Black Friday 2019. O aparelho é vendido nas cores preto, azul e vermelho, e tem como atrativo principal a câmera frontal deslizante.

PONTOS POSITIVOS

1. Tela Full HD

O Mi 9T está equipado com uma tela AMOLED de 6,39 polegadas com resolução Full HD+ (2340 x 1080), mas o que faz dela um destaque é o fator brilho, pois vem com sensor que identifica ambientes claros e escuros, equalizando o brilho para 600 nit ou 430 nit. Além disso, ainda conta com um ajuste de temperatura de cor.

Xiaomi Mi 9T possui tela de 6,39 polegadas sem notch — Foto: Divulgação/Xiaomi

A ausência do notch, devido à inclusão da câmera frontal no sistema pop-up, eleva o aproveitamento de display que quase preenche toda a área dianteira do aparelho. Outro detalhe é que o sensor de impressão digital está escondido sob a tela.

2. Câmera tripla

Este é outro aspecto de destaque no Mi 9T. O smartphone vem com um conjunto triplo dividido em lente principal de 48 MP, teleobjetiva de 8 MP com zoom óptico 2x e uma grande angular de 13 MP.

Mi 9T vem com câmera frontal deslizante de 20 MP — Foto: Divulgação/Xiaomi

Apesar dessas características atraentes, o que chama mais atenção é a câmera frontal de 20 MP, isso porque ela vem em um sistema deslizante e só aparece quando é acionada. Quando não é necessária, ela fica escondida dentro de seu compartimento. Além desses atrativos, o Mi 9T faz gravação de vídeo em 4K.

3. Desempenho

Com o processador Snapdragon 730 (oito núcleos de até 2.2 GH), memória RAM de 6 GB e armazenamento de 64 GB ou 128 GB, o Mi 9T oferece uma excelente performance ao usuário. O aparelho fica ainda melhor contando com os 4.000 mAh de capacidade da bateria, pois ainda acompanha um carregador rápido de 18 W.

Xiaomi Mi 9T vem equipado com o processador Snapdragon 730 — Foto: Divulgação/Xiaomi

De acordo com estas especificações, o Mi 9T não deve apresentar nenhum engasgo e oferecer uma boa fluidez na hora de executar aplicativos mais completos e jogos de alta performance.

4. Android com MIUI

Equipado com o Android 9 (Pie), o Mi 9T recebe da Xiaomi uma customização na interface para oferecer aos usuários mais recursos que o Android “limpo” possui. O sistema ainda é compatível com Mi Turbo, que aumenta a fluidez dos aplicativos, e com o Game Turbo 2.0, que identifica padrões complexos de jogos (como o 4D touch, por exemplo), além de aprimorar os games em geral.

Mi 9T vem com NFC compatível com Google Pay — Foto: Divulgação/Xiaomi

O smartphone ainda conta com recursos adicionais como reconhecimento facial e também o NFC, que permite o pagamento através da aproximação do celular. Ele é compatível com o Google Pay.

PONTOS NEGATIVOS

1. Sem cartão de memória

Apesar de vir com uma capacidade de armazenamento máxima de 128 GB, o Mi 9T não apresenta compartimento para entrada de cartões estilo microSD. Portanto é impossível ampliar a memória interna através deles. Entretanto o usuário pode se valer dos aplicativos que oferecem gravação de arquivos na nuvem como o Google Drive, One Drive e Dropbox.

Xiaomi Mi 9T não vem com entrada para cartão de memória — Foto: Divulgação/Xiaomi

2. Som não é estéreo

Para algumas pessoas este recurso talvez não faça falta, mas para aquelas que dependem do celular para jogos e séries, pode ser um problema. O estéreo melhora a qualidade e a difusão sonora dos efeitos acústicos empregados tanto em vídeos, filmes e séries quanto em jogos. O poder de imersão nestes produtos cai drasticamente em um emissor mono.

Mi 9T não vem com alto-falantes estéreo — Foto: Divulgação/Xiaomi

Outro detalhe que fica prejudicado é quando o usuário vai escutar alguma música através dos alto-falantes do aparelho, pois com a saída mono, o som não reproduz perfeitamente o contraste dos instrumentos tocados.

3. Reconhecimento facial lento

Apesar da câmera frontal deslizante ser o grande destaque do Mi 9T, ele acaba prejudicando a experiência com o desbloqueio de tela através do reconhecimento facial. Isso acontece porque para fazê-lo, a câmera frontal é necessária, entretanto o mecanismo gasta um tempo para erguê-la.

Além disso, para que a câmera pop-up seja acionada, o usuário ainda vai precisar deslizar a tela bloqueada para cima. Ainda bem que o aparelho vem com sensor digital sob tela, senão o usuário teria que enfrentar esse martírio toda vez que fosse usar o celular.

Xiaomi Redmi Note 8 e Note 8 Pro: saiba mais sobre os celulares

Xiaomi Redmi Note 8 e Note 8 Pro: saiba mais sobre os celulares

Ficha técnica do Xiaomi Mi 9T

  • Tamanho da tela: 6,39 polegadas
  • Resolução da tela: Full HD+ (2340 x 1080 pixels)
  • Câmera principal: tripla, 48, 8 e 13 megapixels
  • Câmera frontal (selfie): 20 megapixels
  • Sistema: Android 9 (Pie)
  • Processador: Snapdragon 710
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento (memória interna): 64 GB e 128 GB
  • Capacidade da bateria: 4.000 mAh
  • Peso: 191 gramas
  • Cores: preto, vermelho e azul
  • Início das vendas no Brasil: agosto de 2019
  • Preço de lançamento: R$ 3.397

Com informações da Xiaomi

Mais do TechTudo