Celulares

Por Michele Corrêa, para o TechTudo


A Apple quer mudar totalmente o iPhone: tanto que estaria trabalhando em uma versão do celular sem qualquer entrada física, como aquela usada para recarregar a bateria. A informação consta de um relatório do analista Ming-Chi Kuo, especializado em previsões sobre a empresa da maçã. Ele afirma que o iPhone de 2021 trará uma experiência completamente sem fio.

A especulação é que a fabricante removerá a porta Lightning apenas do modelo mais avançado daqui a dois anos. Essa afirmação de Kuo contraria o rumor de que a fabricante substituiria as entradas dos seus celulares por USB-C.

Confira os preços do iPhone 11 no Brasil

Confira os preços do iPhone 11 no Brasil

Se essa mudança ocorrer, não se sabe ainda como seria o dia a dia de quem tiver o modelo sem portas de entradas. Nos iPhones lançados desde 2017 já é possível fazer o carregamento sem fio através da tecnologia Qi. Mas não está claro se a empresa de Cupertino disponibilizará blocos de carregamento, por exemplo. Outro impacto será nos fones de ouvido, que precisariam ser wireless também.

Lançamentos dos iPhones de 2020 e 2021

O analista da Apple também espera ao menos cinco modelos de iPhones para ano que vem. 2020 provavelmente contará com um iPhone topo de linha de 6,7 polegadas, dois iPhones de 6,1 polegadas e um iPhone de 5,4 polegadas mais básico. Além da diferença de tamanhos, os aparelhos poderão ter tecnologias de câmera distintas, segundo Kuo. Esses quatro teriam tecnologia de tela OLED.

O modelo mais simples deverá ter apenas uma câmera dupla na traseira. O iPhone de 6,1 polegadas mais básico poderá contar com um sistema parecido. Já o mais avançado de 6,1 polegadas e o de 6,7 polegadas poderão vir com uma configuração de câmera tripla e tecnologia de detecção 3D ToF (time-of-flight).

iPhone SE 2 poderá ser relançado em 2020 e deve ser parecido com o iPhone 8 (foto) — Foto: Reprodução/TechTudo

De acordo com Kuo, o quinto modelo a ser lançado em 2020 poderá ser um iPhone SE 2 de 4,7 polegadas ainda no primeiro semestre. A tela será de LCD com um design parecido com o iPhone 8.

Já para 2021, o analista prevê a continuidade do iPhone SE 2 para uma versão Plus. Com design de tela inteira e sem botão de início, esse modelo poderá ter 5,5 ou 6,1 polegadas. Outro detalhe é que esse dispositivo supostamente não integrará a autenticação da Face ID, como forma de economizar espaço. No lugar, a fabricante deverá colocar o Touch ID no botão liga/desliga da lateral do smartphone.

Com informações de 9to5Mac, Engadget e GSM Arena

Mais do TechTudo