Atletas

Por Bruna Telles, para o TechTudo


A final mundial da Clash Royale League 2019 vai começar. O time da SK Gaming foi o campeã da CRL West nesta temporada e vai representar as Américas na disputa. A decisão do torneio, que encerra a sua segunda temporada, acontece no dia 7 de dezembro no The Shrine Expo Hall em Los Angeles, EUA, e tem prêmio total de US$ 400 mil (R$ 1,6 milhão em conversão direta). Seis times estão na briga.

Em entrevista ao TechTudo, os jogadores da SK Gaming Sergio "SergioRamos" Ramos e Francisco "Javi14" Rodríguez falaram sobre a competição e as expectativas para as finais. Os players, que estão entre os melhores do mundo, também contaram um pouco de suas experiências com o game da Supercell.

SK Gaming dominou a temporada regular da Clash Royale League West — Foto: Divulgação/Supercell SK Gaming dominou a temporada regular da Clash Royale League West — Foto: Divulgação/Supercell

SK Gaming dominou a temporada regular da Clash Royale League West — Foto: Divulgação/Supercell

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

SergioRamos e Javi14 são veteranos no competitivo de Clash Royale. Em 2017, o mexicano SergioRamos venceu o primeiro mundial do jogo de celular, o Crown Championship. Na época ele tinha apenas 16 anos e faturou o prêmio de US$ 150 mil (aproximadamente R$ 490 mil em conversão direta). Já Javi14 foi vice-campeão da Clash Royale League 1, em 2018. No torneio, o espanhol vestiu a camisa da organização brasileira Vivo Keyd, mas perdeu a final para chinesa Nova Esports.

Esta é a primeira vez que Javi14 e SergioRamos disputam a CRL no mesmo time. Neste ano os jogadores passaram a vestir a camisa da SK Gaming e conseguiram, novamente, vaga na final mundial. Para eles a etapa classificatória na CRL West 2019 foi marcante e cheia de desafios. Javi destaca o jogo contra Ruben "RUBÉN" Gonzalez, da Team Queso, como o mais desafiador da temporada. "Foi uma partida realmente equilibrada, e eu acho que a mais divertida que eu joguei em toda minha carreira", relembra. Já SergioRamos acredita que o maior adversário da equipe foi a Team Liquid.

Com apenas 18 anos, Javier "Javi14" Rodríguez disputa os playoffs da Clash Royale League pela segunda vez — Foto: Reprodução/Youtube SK Gaming Com apenas 18 anos, Javier "Javi14" Rodríguez disputa os playoffs da Clash Royale League pela segunda vez — Foto: Reprodução/Youtube SK Gaming

Com apenas 18 anos, Javier "Javi14" Rodríguez disputa os playoffs da Clash Royale League pela segunda vez — Foto: Reprodução/Youtube SK Gaming

Javi conta que não tem a intenção de ficar em segundo lugar novamente, e que "tentará conquistar a coroa" para SergioRamos pela segunda vez. Para o espanhol é uma honra representar a SK no mundial. "As finais estão próximas, e nós estamos trabalhando duro. A expectativa é dar o nosso melhor e trazer o título para casa", diz. Para vencer, o jogador aposta no arquétipo o Mineiro de controle, seu favorito. "Eu gosto do arquétipo porque, normalmente, os decks são de ciclo rápido, o que envolve mais APM", explica.

SergioRamos, que ano passado ficou no banco da Nova Esports, vai jogar pela primeira vez nos playoffs da CRL. O jogador está positivo com a perspectiva de conquistar o mundial. "Nós somos um dos times favoritos, e nossas expectativas são de vencer para nos tornarmos os campeões mundiais de 2019", conclui.

Sergio "SergioRamos" Ramos foi o campeão do primeiro mundial de Clash Royale em 2017 — Foto: Divulgação/Supercell Sergio "SergioRamos" Ramos foi o campeão do primeiro mundial de Clash Royale em 2017 — Foto: Divulgação/Supercell

Sergio "SergioRamos" Ramos foi o campeão do primeiro mundial de Clash Royale em 2017 — Foto: Divulgação/Supercell

Clash Royale: cinco dicas para jogar melhor

Clash Royale: cinco dicas para jogar melhor

Mais do TechTudo