Celulares

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O aguardado smartphone Huawei P40 Pro deve ser o primeiro do mundo com bateria de grafeno. O componente teria alta capacidade de 5.500 mAh e poderia ser recarregado por completo em apenas 45 minutos. Entre os possíveis destaques da ficha técnica do sucessor do P30 Pro também aparecem tela de 6,5 polegadas com 120 Hz de taxa de atualização e câmera quíntupla liderada por um sensor de 64 MP. As especulações ganharam força neste mês, quando o youtuber indiano Yash Raj Chaudhary vazou vários detalhes das especificações do suposto celular – por ora sem confirmação oficial.

Sucessor do P30 Pro pode trazer bateria de grafeno com 5.500 mAh de capacidade — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

O P40 Pro viria com um carregador de 50W que, em conjunto com o componente de grafeno, permitiria reabastecer 100% da energia do telefone em 45 minutos. O ganho em capacidade não refletiria em aumento de tamanho do componente. Segundo Chaudhary, a peça teria dimensões 70% menores que uma bateria tradicional de lítio, usada nos telefones atuais.

O salto de 4.200 mAh para 5.500 mAh é visto como uma forma de compensar o gasto maior da tela Quad HD+ com taxa de atualização elevada, além da conectividade 5G proporcionada pelo chip Kirin 990, fabricado pela própria Huawei.

O uso de baterias de grafeno seria uma novidade no mundo dos smartphones. Suas propriedades incluem uma durabilidade maior devido à menor propensão para degradação ao longo do tempo, além da possibilidade de recarga mais acelerada. A Samsung também estaria preparando seus primeiros celulares com a tecnologia para 2020 ou 2021.

A fabricante também deve voltar a investir em melhorias de fotografia. O smartphone poderá trazer cinco câmeras, assim como o também chinês Mi Note 10, da Xiaomi: principal de 64 MP, ultra grande-angular de 20 MP, periscópio de 12 MP para zoom, além de uma lente macro e um sensor ToF (3D). Na frente, o aparelho teria câmera dupla, com uma lente regular e uma ultra grande-angular.

Huawei P30 Pro chega ao Brasil

Huawei P30 Pro chega ao Brasil

A empresa já confirmou que continuará usando o sistema Android em futuros celulares, apesar da revogação da licença em decorrência do bloqueio imposto pelo governo dos EUA à Huawei. A notícia deve assegurar a presença do Android 10 no P40 Pro, embora sem acesso à Google Play Store, assim como já ocorre com o Huawei Mate 30 Pro.

O lançamento mundial é aguardado para o começo de 2020, possivelmente com anúncio na feira de tecnologia móvel MWC, que ocorre anualmente em fevereiro na cidade de Barcelona.

Com informações de Yash Raj Chaudhary e GizChina

Melhores do Ano TechTudo 2019: conheça os celulares vencedores

Melhores do Ano TechTudo 2019: conheça os celulares vencedores

Mais do TechTudo