Internet

Por Caroline Doms, para o TechTudo


Crowdfunding é a arrecadação de dinheiro via Internet de maneira coletiva. Essa forma de ajuda só pode ser realizada por meio de sites especializados, como Vakinha ou Catarse, que mostram a meta da campanha e o quanto já foi arrecadado. Os motivos para realizar um crowdfunding são diversos e vão desde financiar projetos criativos, até ajudar pessoas que estão passando por problemas financeiros. Essa prática também é conhecida no Brasil como financiamento coletivo ou vaquinha virtual, o nome varia de acordo com a finalidade da campanha.

Site Catarse permite fazer crowdfunding para projetos criativos no Brasil — Foto: Caroline Doms/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Formas de crowdfunding

Existem três formas bastante utilizadas de crowdfunding: doação, com recompensa e de ações. O de doação geralmente é utilizado por organizações sem fins lucrativos, pessoas que precisam do dinheiro para o tratamento de doenças, ajuda em casos de desastres naturais ou até mesmo apoio para festas de aniversário, casamentos e viagens. Em geral, essa forma de crowdfunding não determina um valor mínimo para a doação e é conhecida como vaquinha virtual.

Já o crowdfunding de recompensa é bastante utilizado para o financiamento de produtos, como livros, jogos e até mesmo eletrônicos. Em geral, essas campanhas possuem valores estipulados para a doação e, em troca, o apoiador recebe um presente ou o produto final que será desenvolvido com a ajuda do valor doado. Além disso, algumas dessas campanhas são "tudo ou nada", ou seja, o produto só será desenvolvido se a meta de arrecadação estipulada for alcançada 100% ou passar desse valor.

Por fim, o crowdfunding de ações também é utilizado para financiar novos produtos e empresas. Nessa forma de campanha, os apoiadores passam a ser donos parciais da criação financiada. Além disso, os investidores passam a ser acionistas do que será desenvolvido e recebem parte dos lucros obtidos com as vendas do produto final.

Crowdfunding de recompensa é adotado no site Catarse — Foto: Reprodução/Catarse

Principais sites para crowdfunding

O site norte-americano Kickstarter é bastante utilizado em diversos países, incluindo o Brasil. A plataforma é conhecida por apoiar projetos inovadores, principalmente os que envolvem tecnologia. Todas as campanhas realizadas no Kickstarter são "tudo ou nada" e, caso o financiamento não atinja a meta, o idealizador não recebe o crédito doado. Além disso, o site cobra uma taxa de 5% de cada doação e o usuário só recebe o valor arrecadado após 15 dias.

A plataforma Indiegogo é semelhante ao Kickstarter e também costuma ser usada para a criação de campanhas de financiamento para inovações tecnológicas. Entretanto, nela o usuário consegue escolher entre definir um valor fixo ou flexível para as doações. Caso escolha o valor fixo e não atinja a meta, ele não receberá o que foi arrecadado. O Indiegogo cobra uma taxa de 5% do valor arrecadado para os dois tipos de campanhas. Há também uma taxa de processamento de 4% e US$ 0,30 de cada doação e o valor mínimo arrecadado deve ser de US$ 500.

Indiegogo possibilita criar campanhas que apoiam a criação de eletrônicos — Foto: Reprodução/Indiegogo

Já a plataforma brasileira Catarse é bastante utilizada para financiar projetos criativos, como podcasts, canais no YouTube, animações e livros. Nela, o usuário consegue definir a meta que deseja atingir para concretizar a ideia, realizar campanhas com valores fixos e oferecer recompensas para quem contribui. Além disso, o Catarse permite ao empreendedor definir se deseja a campanha "tudo ou nada" ou flexível. O site cobra uma taxa de 13% do total arrecadado.

O site Vakinha também é utilizado com frequência pelos brasileiros. Entretanto, as campanhas realizadas nele são de caráter donativo. Arrecadações para custear o tratamento de doenças, ajudar a custear os gastos com viagens para estudos e outras ações sociais são frequentemente exibidas no site. Ao contrário dos outros sites, a Vakinha não realiza campanhas "tudo ou nada" e não estipula um valor mínimo para contribuição. A plataforma cobra uma taxa de 6,4% e R$ 0,50 por transação realizada.

Crowdfunding de doação é a única forma adotada no site Vakinha — Foto: Reprodução/Vakinha

Quem pode criar campanhas

Qualquer pessoa maior de idade e que possui uma conta bancária pode criar campanhas nos sites de crowdfunding. Para isso, basta escolher a plataforma certa de acordo com o modelo de arrecadação e iniciar a divulgação do projeto nas redes sociais. Os sites brasileiros exigem que o usuário informe CPF, endereço no país e que a conta bancária seja no Brasil.

Riscos ao apoiar um crowdfunding

Apoiar crowdfundings pode trazer alguns riscos aos apoiadores. Um exemplo é que a campanha pode ser falsa, pois qualquer um pode criar para aplicar golpes nos usuários que esperam receber as recompensas prometidas. Além disso, como as transações são realizadas via Internet, os dados bancários do apoiador podem ser obtidos por hackers e utilizados para realizar movimentações financeiras.

Kickstarter e Indiegogo : entenda o que são os sites de financiamento coletivo

Kickstarter e Indiegogo : entenda o que são os sites de financiamento coletivo

Mais do TechTudo