Redes sociais

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O WhatsAgent: Online Notifier and Last Seen History é um dos mais recentes aplicativos espiões de WhatsApp a ganhar popularidade entre usuários de Android. O app se propõe a monitorar quando um ou mais contatos ficam ativos no mensageiro, e promete indicar quando duas pessoas estiveram trocando mensagens em determinado período.

O programa está disponível para download grátis na Google Play Store desde setembro e acumula, desde então, mais de cem mil instalações. No entanto, o histórico de apps semelhantes dá pistas de fraude. Veja, a seguir, se ele realmente funciona e quais são os riscos de baixar no celular.

App que promete monitorar status online no WhatsApp tem indícios de fraude — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo App que promete monitorar status online no WhatsApp tem indícios de fraude — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

App que promete monitorar status online no WhatsApp tem indícios de fraude — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Como o WhatsAgent funciona?

A principal função do WhatsAgent é monitorar quando determinado contato fica online no WhatsApp. Basta digitar o número da pessoa para começar a receber notificações sempre que ela abrir o mensageiro. Esses momentos são marcados em um gráfico que, ao longo do tempo, reúne o histórico de horários em que o contato costuma estar online.

Alguns usuários que baixam o app costumam registrar dois números ao mesmo tempo como forma de tentar descobrir se duas pessoas têm o costume de estar online juntas. Em tese, a informação indicaria uma chance maior de elas estarem conversando.

O WhatsAgent não dá acesso a mensagens, fotos, vídeos ou áudios de outras pessoas. Em certa medida, ele apenas substitui o ato de abrir o WhatsApp para checar quando determinado contato está online, com o adicional de gravar os horários em um gráfico e comparar com outro usuário.

O app tem download gratuito, mas começa a exigir o pagamento de taxa semanal ou mensal após apenas algumas horas de funcionamento. Esse é o principal motivo de reclamação de usuários que avaliaram o app na Google Play Store. O valor semanal gira em torno de R$ 25.

Origem do aplicativo

Lojas alternativas do Android mostram apps com mesmo nome e interface retirados da Google Play Store — Foto: Reprodução/Paulo Alves Lojas alternativas do Android mostram apps com mesmo nome e interface retirados da Google Play Store — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Lojas alternativas do Android mostram apps com mesmo nome e interface retirados da Google Play Store — Foto: Reprodução/Paulo Alves

O aplicativo tem passado obscuro. Outros apps chamados de "WhatsAgent" surgem no formato APK em lojas alternativas do Android e dão pistas de que o programa já esteve ativo com outros nomes. Um deles é o "WhatsAgent: Whats Tracker", que chegou a ser disponibilizado na Google Play Store, mas depois foi tirado do ar. Usuários relatam em fóruns do Google que chegaram a pagar pelo premium, mas o app logo veio a parar de funcionar. O app "Whats Agent 2" também é mencionado em fóruns online.

Há forte relação entre "WhatsAgent: Whats Tracker" e o "WhatsAgent: Online Notifier and Last Seen History", que aparece em destaque na loja do Android e tem apenas três meses de vida. Os apps têm ícones diferentes, mas a interface é a mesma, assim como as funções prometidas.

Os fabricantes, porém, são diferentes. Enquanto o app antigo havia sido publicado por uma empresa chamada Global Indoor Technology, o que está ativo no momento é desenvolvido por Dartima LLC. A página do aplicativo menciona Michail Sikorsky, da Bielorrússia, como desenvolvedor responsável. No entanto, o nome não surge registrado em repositórios de código aberto famosos nem em perfis no LinkedIn.

Quais são os riscos?

Plano premium para ver se duas pessoas estão conversando pode ser armadilha — Foto: Reprodução/Paulo Alves Plano premium para ver se duas pessoas estão conversando pode ser armadilha — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Plano premium para ver se duas pessoas estão conversando pode ser armadilha — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Diferentemente de aplicativos como o GB WhatsApp e o Yo WhatsApp, o WhatsAgent não é uma versão modificada do mensageiro original. Ele funciona apenas como um monitor de status online de contatos e não substitui o aplicativo verdadeiro para trocar mensagens. Essa característica dá certa segurança para o usuário, já que o app não solicita permissões do celular e, por isso, não deve causar problemas com a privacidade de quem baixa.

No entanto, pairam dúvidas sobre a idoneidade do desenvolvedor. Com um histórico de apps semelhantes que saem do ar sem aviso prévio, o aplicativo não é dos mais confiáveis e pode sumir da loja do Android logo depois de o usuário pagar o premium. Não está claro se versões antigas são retiradas pelo Google ou pelo próprio desenvolvedor, mas a chance de fraude fica em aberto.

Há ainda dúvidas sobre a efetividade das funções. Fora o dilema ético de monitorar o status online de outras pessoas, não há nenhuma garantia de que o gráfico gerado pelo programa seja representativo de que dois usuários estiveram conversando em determinado período. Testes conduzidos pelo TechTudo mostram ainda que as notificações são inconsistentes, especialmente se o contato monitorado usa o WhatsApp Web.

O usuário que faz o download do WhatsAgent também não fica isento de possível banimento do WhatsApp. Nos termos de uso, a empresa menciona que pode suspender contas de pessoas que podem "prejudicar nossa comunidade e a segurança de nossos Serviços".

Como criar um link direto para seu número do WhatsApp

Como criar um link direto para seu número do WhatsApp

WhatsApp: qual função ainda falta no app? Deixe sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo