Por Rafael Monteiro, para o TechTudo


O próximo console Xbox da Microsoft já tem um codinome: Project Scarlett. O aparelho já teve algumas especificações técnicas reveladas, porém há um rumor a respeito de duas versões do videogame com configurações distintas. Uma delas traria um hardware mais poderoso, como o Xbox One X, com o codinome "Anaconda", enquanto outra seria mais básica e com preço mais barato chamada "Lockhart", semelhante ao Xbox One S. Confira, a seguir, o que esperar de cada versão do próximo console e o valor em que ele poderá ser lançado no final do 2020.

O próximo Xbox codinome Project Scarlett trará novidades e Halo Infinite em seu lançamento — Foto: Reprodução/Xbox

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Por enquanto, o próximo console da Microsoft não tem um nome confirmado. "Project Scarlett" é apenas um codinome interno do projeto, assim como o Xbox One X já foi chamado de "Project Scorpio". Poucas informações foram confirmadas oficialmente sobre o videogame até agora. Muito mistério também rodeia os jogos da plataforma. Por enquanto, Halo Infinite é o único game já confirmado pela Microsoft por meio de um trailer. É possível que títulos de alto valor do final da geração, como Red Dead Redemption 2, ganhem versões melhoradas no novo aparelho, como aconteceu com GTA 5.

Anaconda x Lockhart

Os rumores que chegaram a diversos sites internacionais indicam que o próximo Xbox poderá ter dois modelos, cujos codinomes atualmente são Anaconda e Lockhart. A versão Anaconda supostamente é um console mais robusto voltado para jogadores que querem alta resolução com os melhores gráficos. Já Lockhart seria uma edição mais barata, sem o leitor de disco, voltada para mídia digital e uma resolução mais modesta.

A comparação mais comum é de que Anaconda seria como um Xbox One X, enquanto Lockhart seria como um Xbox One padrão, de forma que haveria uma diferença gráfica, porém ambos seriam compatíveis com os mesmos jogos. Mesmo o Anaconda sendo poderoso, ele não seria tão potente quanto os PCs mais avançados da época – apesar disso, seria mais poderoso do que os outros consoles disponíveis. Ambos os modelos teriam também armazenamento em SSD para carregamentos mais rápidos.

Hardware

Por enquanto, as especificações técnicas do Xbox Scarlett não estão definidas, mas a Microsoft fez algumas promessas de atingir resoluções de 8K e até 120 FPS. O chefe da divisão do Xbox, Phil Spencer, disse que o foco está em alcançar resoluções de 4K a 60 FPS na maioria dos jogos. Normalmente, para apresentar um salto gráfico significativo, as empresas costumam apresentar os jogos em 30 FPS. O mesmo vale para a resolução da tela, pois quanto maior a resolução, mais trabalhoso é para a placa de vídeo processar a imagem.

Hardware do próximo Xbox promete alcançar altas resoluções e FPS com belos gráficos — Foto: Reprodução/Xbox

Segundo a Microsoft, o Project Scarlett tem um processador quatro vezes mais potente do que o do Xbox One X e será um AMD Zen 2 personalizado. De acordo com uma fonte anônima, a versão Lockhart teria o mesmo processador, porém com frequência menor e configurações mais próximas a de um PlayStation 4 Pro. No entanto, enquanto o PlayStation 4 foca em 4K, o Lockhart buscaria rodar jogos a uma resolução de 1440p, o que exigiria menos potência e permitiria exibir gráficos melhores.

O grande salto gráfico da próxima geração será proporcionado pela tecnologia "Ray Tracing", da NVIDIA, que promete mais realismo na iluminação dos jogos. O recurso será nativo tanto no Xbox Scarlett quanto no PlayStation 5. No ramo da especulação, a versão Lockhart pode não ter essa função para ser mais barato e rodar os mesmos jogos com uma iluminação da geração passada.

Minecraft é um dos exemplos de como a tecnologia Ray Tracing pode transformar o visual dos jogos — Foto: Reprodução/Nerd Reactor

Jogos

Independente da diferença gráfica, as versões Anaconda e Lockhart rodariam os mesmos jogos. O Lockhart, no entanto, focaria totalmente em mídias digitais por não ter um leitor de discos. Isso faz com que os serviços como o Xbox Game Pass e o xCloud forneçam um estoque de jogos digitais constante para o console.

Halo Infinite é o único título confirmado pela Microsoft até agora, mas algumas empresas já anunciaram que têm intenção de trazer alguns de seus títulos para o videogame. A Ubisoft já confirmou que sua próxima geração de games, como Gods & Monsters, Rainbow Six Quarantine e Watch Dogs: Legion aparecerão no console. Games de grande porte como Red Dead Redemption 2 e Cyberpunk 2077 provavelmente ganharão versões melhoradas no console.

Preço

Por enquanto, o preço do Xbox Scarlett ainda não foi revelado, mas é possível especular. Quando o PlayStation 4 foi lançado, ele custava US$ 399 (em torno de R$ 1.695). Já o Xbox One custava US$ 499 (por volta de R$ 2.120 sem impostos), pois inicialmente ele acompanhava obrigatoriamente a câmera Kinect. A desvantagem de preço em relação ao PS4 permitiu que o console da Sony abrisse uma larga vantagem na janela de lançamento, um erro que Phil Spencer já disse que não pretende repetir.

A Microsoft já teve sucesso antes ao lançar uma versão mais barata de seu videogame. A edição de 2005 do Xbox 360 não tinha disco rígido para armazenamento de jogos, apenas um pouco de memória flash. Enquanto o Xbox 360 padrão custava US$ 399, a versão "Xbox 360 Core", mais tarde renomeada "Xbox 360 Arcade", custava US$ 299 (aproximadamente R$ 1.270).

Próximo Xbox não deverá repetir erros de precificação do Xbox One — Foto: Reprodução/Business Insider

Pelo hardware prometido, é provável que o Xbox Scarlett versão Anaconda, o modelo mais potente, seja vendido por US$ 499 (R$ R$ 2.120 sem impostos); enquanto a versão Xbox Lockhart chegaria por US$ 399 (R$ 1.695 sem impostos). É possível ainda que a empresa busque lançar a preços menores ambas as versões por meio de subsídios em seu custo.

Xbox One X: conheça as principais curiosidades do console

Xbox One X: conheça as principais curiosidades do console

Mais do TechTudo