Celulares

Por Rodrigo Roddick, para o TechTudo


A União Europeia discute sobre a padronização de conectores para celulares. Os parlamentares debateram nesta segunda-feira (13) sobre a possibilidade de que todos telefones e outros dispositivos móveis como e-readers, tablets e acessórios tenham a mesma porta de entrada. A medida tem o objetivo de reduzir o acúmulo de lixo eletrônico e trazer mais conveniência aos usuários. No entanto, encontra resistência da Apple, uma das maiores fabricantes de smartphones do planeta.

Atualmente, o mercado mobile trabalha basicamente com três tipos de porta: a micro USB, a USB-C e a Lightning, que é exclusiva para produtos com a icônica maçã. Provavelmente, a medida obrigaria as fabricantes a adotar o USB-C, que está em ascensão.

iPhone 7 dourado conectado ao cabo Lightning — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Devido à medida, a Apple mostrou preocupação com os dispositivos já lançados que utilizam o Lightning como padrão de entrada. Tendo em vista que a empresa não pretende licenciar o conector e muito menos adotar um padrão universal de mercado, a empresa defende que a padronização seria um contrassenso. A gigante da tecnologia argumenta que a resolução produziria mais lixo eletrônico.

Por volta de um ano atrás, a Apple se pronunciou a respeito ao explicar que mais de 1 bilhão de dispositivos da marca ficariam obsoletos. Dessa forma, afirma que resultaria em um descarte de eletrônicos sem precedentes. A fabricante também aponta que a medida é contrária à inovação.

“Queremos garantir que qualquer nova legislação não resulte no envio de cabos ou adaptadores externos desnecessários a todos os dispositivos, ou torne obsoletos os dispositivos e acessórios usados ​​por muitos milhões de europeus e centenas de milhões de clientes da Apple em todo o mundo. Ser forçada a incomodar este enorme mercado terá consequências muito além dos objetivos declarados pela Comissão”, explicou a Apple em resposta à União Europeia.

Entrada USB-C está presente em aparelhos como o Galaxy S8, lançamento de 2017 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Apesar dos argumentos apresentados, os parlamentares seguem na discussão sobre a padronização das entradas USB e devem votar em nova sessão para efetivar ou não a medida. Entretanto, a Comissão não descarta a possibilidade que a adoção do método escolhido como padrão seja voluntária. Portanto, as fabricantes que preferirem não utilizá-lo poderiam simplesmente ignorar a resolução.

Os legisladores europeus vêm incentivando os fabricantes a adotarem um modelo padrão desde 2009, mas considera que os acordos voluntários que realizaram não produziram resultados satisfatórios e que a meta ainda não foi alcançada.

Na defesa para manter a porta Lightning, a Apple lembra que colabora para garantir a conveniência dos usuários e minimizar o descarte de lixo eletrônico através de um adaptador de Lightning para micro USB. A empresa ainda deixa claro que pretende fazer a mesma coisa com USB-C.

"A partir de 2009, a Apple liderou os esforços do setor para trabalhar juntos para promover uma solução de cobrança comum. E com o surgimento do USB-C, comprometemos, ao lado de outras seis empresas, que todos os novos modelos de smartphones alavancarão esse padrão por meio de um conector ou um conjunto de cabos. Acreditamos que esse esforço coletivo de muitas das principais empresas do setor é melhor para inovação, melhor para os consumidores e melhor para o meio ambiente" disse a fabricante.

Desse modo, um usuário Apple que necessitasse de uma conexão com o USB-C apenas precisaria comprar um adaptador, o que evitaria um descarte em massa dos dispositivos com a porta Lightning.

Com informações da Parlamento Europeu, WCCFTech, MacRumors e iDrop News

iPhone XR ou iPhone X? Dicas para escolher entre celulares da Apple

iPhone XR ou iPhone X? Dicas para escolher entre celulares da Apple

Mais do TechTudo