Celulares

Por Thássius Veloso — São Paulo


O Galaxy A51 e o Galaxy A71 são os novos lançamentos da Samsung na categoria de celulares premium. Os smartphones têm preço sugerido de R$ 2.199 e R$ 2.799, respectivamente, conforme anúncio feito nesta quinta-feira (30). Os valores aumentaram ao comparar com a geração passada. Alguns recursos são inéditos nos telefones da marca, com destaque para a câmera macro e o sistema Android 10 de fábrica. Nas linhas a seguir, saiba os detalhes da ficha técnica.

Galaxy A51: conheça o novo celular da Samsung

Galaxy A51: conheça o novo celular da Samsung

Galaxy A51: preço sobe para R$ 2.199

O Galaxy A51 embarca no sucesso do Galaxy A50, um dos smartphones mais populares de 2019, com enorme procura na Black Friday. A tela está ligeiramente maior e repete o recorte visto no Galaxy S10. Ou seja, características de telefone premium. Isto se reflete no preço: ele sobe de R$ 1.999 no lançamento do A50 para R$ 2.199 no A51, o sucessor direto. A expectativa é de que o valor caia rapidamente nos próximos meses, como costuma acontecer com aparelhos rodando Android.

Galaxy A51: tela de 6,5 polegadas e painel Super AMOLED — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Galaxy A51: tela de 6,5 polegadas e painel Super AMOLED — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Galaxy A51: tela de 6,5 polegadas e painel Super AMOLED — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A tela de 6,5 polegadas utiliza painel Super AMOLED e reproduz a resolução Full HD+. Também está presente a biometria oculta, por meio de um sensor de impressões digitais integrado à própria tela. Basta encostar o dedo no display para desbloquear.

Traseira do Galaxy A51 na cor azul — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Traseira do Galaxy A51 na cor azul — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Traseira do Galaxy A51 na cor azul — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Os sul-coreanos apostam alto no sistema de câmeras. São quatro ao todo, com direito à inédita macro de 5 MP. Desta forma, os usuários podem capturar detalhes microscópicos dos objetos. O gerente de produto Renato Citrini cita a possibilidade de captar as tramas de um tecido. “Ela tem um foco muito próximo para tirar detalhe que normalmente não se enxerga a olho nu”, completa o executivo.

Com a novidade, o Galaxy A51 supera o Motorola One Macro, modelo da rival americana com resolução de 2 MP. Ele foi lançado em 2019 no Brasil.

Galaxy A51: câmera frontal tira selfies de 32 MP — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Galaxy A51: câmera frontal tira selfies de 32 MP — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Galaxy A51: câmera frontal tira selfies de 32 MP — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A câmera principal tira fotos de 48 MP, uma nova tendência em smartphones. Há ainda a ultra wide de 12 MP, com promessa de registrar uma parcela maior da paisagem, e a câmera de profundidade de 5 MP, responsável por auxiliar no modo retrato da Samsung.

O Galaxy A51 tem apelo especial para os fãs de televisão, pois consegue sintonizar a programação ao vivo da Rede Globo e outras emissoras com direito à alta definição. O recurso não gasta franquia de internet do consumidor.

Recorte do Galaxy A51 repete visual do Galaxy S10 e do Galaxy Note 10 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Recorte do Galaxy A51 repete visual do Galaxy S10 e do Galaxy Note 10 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Recorte do Galaxy A51 repete visual do Galaxy S10 e do Galaxy Note 10 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

As especificações técnicas incluem processador Samsung Exynos 9611 (octa-core de 2,3 GHz) fabricado em processo de 10 nanômetros; RAM 4 GB; armazenamento de 128 GB; bateria de 4.000 mAh; e compatibilidade com cartão microSD até 1 TB. Vale ressaltar ainda a saída de áudio analógico (padrão de 3,5 mm) e a entrada USB-C para recarga.

Galaxy A51: quatro sensores no conjunto fotográfico — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Galaxy A51: quatro sensores no conjunto fotográfico — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Galaxy A51: quatro sensores no conjunto fotográfico — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Consumidores começam a encontrar o Galaxy A51 nas lojas a partir de hoje. São três opções de cor: azul, preto e branco. Todas elas incluem traseira com design que reflete o arco-íris dependendo do ângulo de iluminação.

Galaxy A51: tela com resolução Full HD+ — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Galaxy A51: tela com resolução Full HD+ — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Galaxy A51: tela com resolução Full HD+ — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O Galaxy A50 continua à venda enquanto as fábricas e os lojistas fazem a transição para o celular sucessor. Segundo Citrini, o período de disponibilidade do A50 deve durar mais cerca de "dois ou três meses" – considerando-se experiências passadas da fabricante.

Galaxy A71: preço chega a R$ 2.799

O Galaxy A71 acompanha o anúncio do A51 justamente por ser uma versão com tela maior do mesmo aparelho. Fora isto, há pequenas diferenças entre os dois smartphones fabricados pela Samsung em território nacional.

A tela de 6,7 polegadas utiliza painel Super AMOLED e emprega resolução Full HD+. Os engenheiros também adotaram notch mais discreto, basicamente composto pela lente da câmera de selfies – capaz de fotos de 32 MP.

Galaxy A71: tela de 6,7 polegadas — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Galaxy A71: tela de 6,7 polegadas — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Galaxy A71: tela de 6,7 polegadas — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O conjunto fotográfico na traseira inclui câmera principal de 64 MP, ultra wide de 12 MP, macro de 5 MP e sensor de profundidade de 5 MP.

Destaca-se ainda a bateria de 4.500 mAh. Consumidores em busca de mais autonomia de uso e com disposição para gastar devem recorrer a este modelo. Afinal, “o tanque de combustível é maior”, diz Citrini. O especial ressalta que a tela do A71 repete a resolução do A51, o que significa que não gasta mais energia ao mesmo tempo em que traz um componente mais potente.

Galaxy A71: câmera principal tira fotos de 64 MP — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Galaxy A71: câmera principal tira fotos de 64 MP — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Galaxy A71: câmera principal tira fotos de 64 MP — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

As vendas do A71 estão previstas para a primeira quinzena de fevereiro, possivelmente com a chegada das primeiras unidades às lojas no próximo dia 13. São três opções de cor: preto, azul e prata. O preço sugerido de R$ 2.799 subiu em relação ao valor de R$ 2.499 pedido pelo A70 no ano passado.

Tanto o A51 quanto o A71 rodam Android 10, a versão mais recente do sistema do Google. Eles saem de fábrica com a interface One UI mais atual da Samsung.

O jornalista viajou para São Paulo a convite da Samsung.

Mais do TechTudo