Telefonia

Por Rodrigo Roddick, para o TechTudo


A internet 5G nem começou a ser comercializada amplamente e já se pensa no futuro do 6G. Esta é nova meta do Japão para 2030: o país planeja investir cerca de US$ 2 bilhões (aproximadamente R$ 8 bilhões) em pesquisa e desenvolvimento da internet de sexta geração, cuja transmissão de dados deve ser dez vezes mais veloz que no 5G. O governo japonês anunciou uma parceria com a operadora NTT Docomo e a fabricante Toshiba para criar a futura tecnologia.

Os investimentos no 6G colocam o Japão na corrida pelo registro de patentes. No futuro, quando as empresas começarem a desenvolver software e hardware em conexão com a nova forma de rede de dados, quem tiver os registros provavelmente conquistará receita com licenciamento para todo o mercado.

Japoneses esperam desenvolver a internet 6G até 2030 — Foto: Reprodução/GizChina Japoneses esperam desenvolver a internet 6G até 2030 — Foto: Reprodução/GizChina

Japoneses esperam desenvolver a internet 6G até 2030 — Foto: Reprodução/GizChina

A medida de formar uma sociedade civil de pesquisa foi tomada pelo Ministério de Assuntos Internos e Comunicações do Japão. O governo vai entrar com a verba pública e as empresas deverão elaborar metas de desempenho, estratégias e medidas políticas até junho.

Os japoneses apostam que a velocidade dez vezes superior ao 5G revolucionará a tecnologia na próxima década. A estimativa é de que a rede suporte transmissões de dados em grande escala, o que tornaria possível uma conexão entre dispositivos muito mais estável e confiável. São esperados equipamentos mais sofisticados e até mesmo em robôs.

O Japão não é o único país a investir na tecnologia 6G. A Coréia do Sul, com a Samsung Eletronics e a LG Eletronics também trabalha no desenvolvimento da nova tecnologia de internet. O mesmo acontece na China. A Huawei iniciou pesquisas sobre internet da sexta geração em agosto de 2019 em laboratórios de Ottawa, no Canadá. A fabricante conta com a colaboração de 13 universidades e institutos de pesquisa. Apesar de ter se antecipado para o desenvolvimento da internet 6G, a Huawei também planeja levar a tecnologia ao consumidor até 2030.

Com informações de GizChina e Gizmochina

Galaxy A90 5G: conheça o celular da Samsung

Galaxy A90 5G: conheça o celular da Samsung

Mais do TechTudo