Áudio e Vídeo
Publicidade

Por Ana Letícia Loubak, para o TechTudo


O Globoplay, serviço de streaming da TV Globo, vem fazendo sucesso no Brasil. Somente no terceiro trimestre de 2019, a plataforma cresceu 56% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Lançado em 2015, o streaming começou com a oferta da programação completa da emissora e hoje oferece mais de 500 títulos, incluindo produções originais e sucessos internacionais como as séries The Good Doctor e The Handmaid's Tale. Todo o conteúdo pode ser acessado na web, em aplicativos para celular e em smart TVs, com direito a cinco telas em 4K para reprodução.

Na última semana, o Globoplay deu início à sua expansão internacional com a chegada do serviço nos Estados Unidos. Para os norte-americanos, o valor da assinatura será de US$ 13.99 (cerca de R$ 58, em conversão direta) por mês, contra os R$ 21,90 cobrados no Brasil. A seguir, confira detalhes sobre a programação, funcionamento e catálogo do Globoplay.

O que é Globoplay? Saiba tudo sobre o serviço de streaming — Foto: Helito Beggiora/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Preço

O plano pago do Globoplay libera todo o conteúdo exclusivo por R$ 21,90 ao mês. O catálogo inclui novelas completas, séries internacionais e filmes, além de programas da Globo, Multishow, GNT e do canal infantil Gloob. A cobrança é feita mensalmente, com renovação automática, e o pagamento pode ser efetuado nas modalidades débito em conta, cartão de crédito ou débito. Há também a opção do plano anual, que oferece 25% de desconto. A assinatura custa R$ 196,80 e pode ser parcelada em até 12x de R$ 16,40 no cartão de crédito.

Diferenças entre os planos gratuito e pago do Globoplay — Foto: Reprodução/Globoplay

Quem quiser experimentar o serviço para saber se assinatura vale a pena pode optar por um período de degustação de sete dias, com direito a todo o conteúdo liberado. É necessário informar os dados de pagamento no momento do cadastro, mas a cobrança só é feita após esse período. Caso o usuário cancele antes, não pagará nada.

Não-assinantes também podem consumir a programação da TV Globo pelo serviço, mas com algumas restrições. Os capítulos das novelas, por exemplo, são divididos por trechos e não podem ser visualizados na íntegra. Além disso, cada vídeo é precedido por um anúncio, que nem sempre pode ser pulado.

Onde funciona

Globoplay oferece transmissão ao vivo da programação exibida na TV Globo — Foto: Reprodução/Rodrigo Fernandes

Um dos recursos oferecidos pelo Globoplay – tanto aos assinantes quanto aos não-assinantes – é o chamado "simulcasting", ou seja, a exibição simultânea da programação que está passando ao vivo na TV. Essa função está disponível nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Recife e Minas Gerais.

Moradores dos estados do Amapá, Pará, Amazonas, Acre, Roraima, Rondônia e das cidades de Brasília, Florianópolis, Goiânia, Salvador e São Luiz também podem consumir a programação da emissora em tempo real. Os usuários que estão fora dessas regiões têm acesso às íntegras e aos trechos dos programas, mas não podem desfrutar do simulcasting.

Quem mora nos Estados Unidos pode assistir à programação do canal internacional da Globo. A grade é adaptada para atender ao mercado norte-americano, por questão de fuso horário e de direitos de transmissão de conteúdos.

Plataformas disponíveis

Globoplay está disponível em múltiplas plataformas — Foto: Paulo Alves/TechTudo

É possível acessar o Globoplay no computador, em celulares e tablets Android, iPhone e iPad (iOS), smart TVs, Chromecast, Android TV e Apple TV, com aplicativos independentes para cada dispositivo. Para acessar a plataforma, basta fazer login com sua Conta Globo.

Qualidade da imagem

O Globoplay oferece conteúdos em HD e 4K HDR, contanto que o dispositivo utilizado seja compatível com a resolução desejada. Várias novelas e séries foram gravadas em Ultra HD e fazem parte do acervo da plataforma.

Catálogo

Catálogo do Globoplay tem filmes nacionais e internacionais — Foto: Reprodução/Rodrigo Fernandes

Os assinantes do Globoplay têm acesso a toda a programação TV Globo, incluindo telejornais, programas de esporte e entretenimento, séries e minisséries, além de todos os capítulos na íntegra das novelas. Em alguns casos, o conteúdo é liberado um dia ou uma semana antes da exibição na televisão, como nas novelas Éramos Seis e Malhação: Toda Forma de Amar.

Quem tem saudade de clássicos como A Grande Família, Os Normais e Sai de Baixo também poderá encontrá-los no catálogo do Globoplay. O serviço agrada, ainda, aos fãs do Big Brother Brasil. A edição de 2020 do reality show estreou na última terça-feira (21), com transmissão 24 horas pela plataforma de streaming.

Outro destaque do Globoplay são as séries internacionais. O acervo conta com títulos premiados e aclamados pela crítica, como Dr. House, The Handmaid's Tale e The Walking Dead, além de comédias queridas pelo público, como The Big Bang Theory e Todo Mundo Odeia o Chris. O recente sucesso The Good Doctor também está entre os títulos da plataforma.

Ilha de Ferro: produção original do Globoplay mistura drama, ação, aventura e romance — Foto: Divulgação/Globoplay

Com um acervo variado, o Globoplay tem investido bastante em produções originais, feitas exclusivamente para os assinantes do serviço. É o caso das séries Ilha de Ferro, trama que mistura ação, drama, aventura e romance, e Aruanas, que propõe um debate sobre ativismo e o futuro da biodiversidade na Amazônia. Há ainda títulos como Assédio, inspirada no caso do ex-médico Roger Abdelmassih, e Sessão de Terapia, que está em sua quarta temporada.

Via G1 (1, 2) e Globoplay

Sua TV não reconhece o cabo HDMI? Descubra como resolver no Fórum do TechTudo

Cinco aplicativos para assistir a filmes e séries

Cinco aplicativos para assistir a filmes e séries

*Link patrocinado produzido por G.Lab para Disney+

Mais do TechTudo