Celulares

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


A tecnologia que faz com que a câmera do celular desapareça está quase pronta para chegar ao consumidor. A informação é do CEO da empresa chinesa OnePlus, Pete Lau. Embora não tenha entrado em detalhes a respeito de uma previsão de lançamento, o executivo explica que a tecnologia está perto de implementação em um produto real, mas depende ainda de um período de testes.

A chamada câmera invisível some atrás de um painel de vidro. Ela foi um dos grandes destaques do OnePlus Concept One, smartphone conceitual que a empresa chinesa demonstrou na feira de eletrônicos de Las Vegas, a CES 2020.

OnePlus Concept One traz acabamento em couro e lentes ocultas — Foto: Reprodução/The Verge

O executivo também entrou em detalhes a respeito de como a tecnologia funciona. Lau explicou que as lentes das câmeras são montadas atrás de um tipo de vidro sensível à passagem de corrente elétrica. Quando a carga é aplicada no material, o vidro assume um aspecto opaco que esconde as câmeras. Desligada a corrente, o vidro fica transparente e o conjunto fotográfico reaparece.

Pete Lau disse que a ideia tem dois focos: o design, já que o diferencial daria a um celular um aspecto mais limpo, além de a tecnologia também poder ser usada para funcionalidades extras. O vidro que fica opaco com a passagem de corrente elétrica poderia assumir um papel de um filtro ao aplicar um escurecimento mais gradativo, o que poderia ser útil para fotos mais criativas.

Vidro fica transparente para revelar as câmeras durante o uso — Foto: Divulgação/OnePlus

Lau afirmou ainda que não considera que a tendência de celulares com quatro, cinco ou mais câmeras seja o caminho ideal para melhor qualidade fotográfica. Além disso, o CEO da OnePlus mostrou ceticismo a respeito de smartphones dobráveis. O executivo vê potencial no formato, mas acredita que a tecnologia ainda não está pronta para o mercado de massa – algo que pode indicar que um celular OnePlus dobrável pode demorar um pouco para aparecer no mercado.

Com informações de The Verge, Phone Arena e Android Authority

Galaxy Note 10 Lite: testamos o celular da Samsung

Galaxy Note 10 Lite: testamos o celular da Samsung

Mais do TechTudo