Por Paulo Alves, para o TechTudo


O WhatsApp terminou o ano de 2019 como o aplicativo para Android e iPhone (iOS) mais baixado do mundo, seguido pelo TikTok. O app chinês é, novamente, o único entre os cinco mais populares na Google Play Store e na App Store que não é do Facebook: em terceiro vem o Messenger; em quarto, o Facebook; e em quinto, o Instagram. O antigo Musical.ly fechou o último trimestre do ano também na segunda colocação, repetindo o sucesso que vinha tendo mensalmente e aumentando a taxa de novos downloads em 24% em relação ao terceiro trimestre.

O levantamento está no relatório mais recente da firma de análise de dados Sensor Tower. Segundo a pesquisa, a rede social de vídeos curtos obteve 220 milhões de downloads nos últimos três meses, acumulando mais de 700 milhões no ano e ultrapassando a marca de 1,5 bilhão no total. O WhatsApp permanece com uma larga vantagem, aproximando-se da marca de 850 milhões no ano após um crescimento de 39% no quarto trimestre, quando foi baixado cerca de 260 milhões de vezes.

TikTok fecha 2019 como segundo aplicativo mais popular do mundo, atrás apenas do WhatsApp — Foto: Ana Letícia Loubak/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A lista do último trimestre de 2019 coincide em boa parte com o ranking consolidado do ano. Algumas mudanças começam a aparecer a partir da sexta colocação, após o grupo composto pelo TikTok e os apps do Facebook.

A lista mais recente traz o app de compartilhamento SHAREIt, seguido do editor de vídeos Likee, ambos com volume de downloads na faixa dos 90 milhões. Depois, surgem o YouTube e o aplicativo de compras chinês Club Factory. Em décimo, vem o Snapchat, baixado cerca de 70 milhões de vezes no período.

TikTok ultrapassou a marca de 200 milhões de downloads apenas no quarto trimestre de 2019 — Foto: Reprodução/Sensor Tower

No ranking do ano inteiro, o Likee ficou na frente do SHAREIt, e o Club Factory não aparece entre os dez primeiros, abrindo espaço para a Netflix, que acumulou pouco mais de 200 milhões de downloads em todo o ano de 2019.

Lista de mais baixados de 2019 tem quatro do Facebook e TikTok nas primeiras posições — Foto: Reprodução/Sensor Tower

Outro destaque é o Disney+, aplicativo de streaming da Disney que estreou em novembro e, rapidamente, passou para as cabeceiras dos mais baixados no iPhone (iOS) nos Estados Unidos. No ranking global da App Store, o app figura na nona posição no levantamento do último trimestre, e em primeiro ao considerar apenas os números dos Estados Unidos, um dos poucos países em que o serviço está disponível.

Com maior representatividade no mercado mundial de celulares, o ranking apenas da Google Play Store traz forte similaridade com a lista geral. Uma das poucas diferenças está na presença do Google Pay for India, versão do app de pagamentos voltado para o mercado indiano.

Fabricante do TikTok já aparece como terceira maior do mundo, atrás apenas de Facebook e Google — Foto: Reprodução/Sensor Tower

A força do Android também torna o Google o maior desenvolvedor de aplicativos do quarto trimestre, com ligeira vantagem em volume de downloads sobre o grupo de Mark Zuckerberg. Em terceiro, já aparece a ByteDance, criadora do TikTok e atualmente a startup mais valiosa do planeta.

Brasil em terceiro lugar mundial

O número de downloads de apps no Brasil foi o que mais cresceu no relatório do quarto trimestre de 2019 realizado pela Sensor Tower. Foram mais de 2 bilhões de aplicativos baixados, 11% a mais que no período anterior. O país chegou à terceira posição na contagem, atrás dos Estados Unidos, com mais de 3 bilhões, e da Índia, com quase 5 bilhões de downloads apenas nos últimos três meses do ano passado.

Brasil foi o terceiro país que mais baixou apps no último trimestre de 2019 — Foto: Reprodução/Sensor Tower

Segundo a empresa de monitoramento App Annie, os brasileiros também estão na terceira posição entre os que passam mais tempo usando aplicativos no celular. No último ano, foram 3 horas e 45 minutos, em média, por dia por pessoa. Na frente do Brasil, aparecem a China, com tempo médio de quase 4 horas diárias, e a Indonésia, onde as pessoas passam 4 horas e 40 minutos no celular todos os dias.

O Brasil também foi o terceiro país que mais gastou tempo em apps de finanças, em lista liderada por Nubank, FGTS, PicPay, Caixa e Mercado Pago; e em apps de compras, com alto volume de acessos aos apps Mercado Livre, Americanas, Magazine Luiza, AliExpress e Wish.

Melhores do Ano TechTudo 2019: conheça os aplicativos vencedores

Melhores do Ano TechTudo 2019: conheça os aplicativos vencedores

Mais do TechTudo