Produtividade

Por Marvin Costa, para o TechTudo


O Alugue Temporada é um site que oferece anúncios com aluguéis de imóveis disponíveis para contratos por temporada. A ferramenta conta com recursos que ajudam a garantir segurança em negócios, seja na atuação de proprietários ou de viajantes que estão em busca de uma acomodação. O site oferece anúncios gratuitos e um plano de assinatura sem cobranças extras na confirmação de uma reserva. Para viajantes, no entanto, todo o acesso é gratuito, sendo cobrada uma taxa de serviço por cada reserva finalizada.

A plataforma, que também oferece aplicativos para iPhone (iOS) e smartphones com Android, atua em 190 países e possui mais de 30 mil proprietários cadastrados no Brasil. É possível encontrar acomodações em diversos destinos no país, como Guarujá, Ubatuba, Cabo Frio, Praia Grande, Búzios, Caldas Novas, Guarapari, entre outros. Para saber em detalhes o funcionamento do Alugue Temporada, confira a seguir a análise do serviço.

Confira como funciona e saiba se o site Alugue Temporada é confiável — Foto: Marvin Costa/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Alugue Temporada: o que é?

O site foi criado para aproximar proprietários e administradores de imóveis dos viajantes que buscam por aluguéis por temporada. Com cadastro gratuito para viajantes e proprietários, a plataforma oferece ferramentas de busca avançada, posicionamento de anúncios e uma interface intuitiva de buscas que permite encontrar imóveis utilizando filtros nos resultados. Com os recursos, viajantes podem programar suas hospedagens em viagens de férias e feriados prolongados. O acesso é gratuito, mas a plataforma cobra uma taxa de manutenção quando a reserva é finalizada.

Veja também: quatro dicas para usar o Airbnb com segurança

Airbnb é de confiança? Veja quatro dicas de segurança

Airbnb é de confiança? Veja quatro dicas de segurança

Como funciona a Alugue Temporada?

Caso entrem como proprietários, novos usuários devem escolher entre criar um anúncio gratuito ou realizar a assinatura mensal para obter benefícios. Na modalidade gratuita, há cobrança de 5% de comissão por cada negócio fechado. O plano de assinatura, entretanto, gera uma cobrança anual de R$ 699 sem comissão por novas reservas. O gerenciamento das reservas pode ser realizado pelo aplicativo, no painel do proprietário, com informações sobre o anúncio, calendário e outros detalhes. O serviço ainda oferece suporte 24 horas e uma página com respostas automáticas para as principais dúvidas dos usuários.

A plataforma trabalha apenas com imóveis completos. Sendo assim, a residência deve estar mobiliada para acomodar usuários. Como o site atua mundialmente, ele pode garantir, inclusive, visitantes de outras nacionalidades.

Área para cadastro de imóveis no site Alugue Temporada — Foto: Reprodução/Marvin Costa

Para viajantes, o cadastro garante acesso aos imóveis anunciados e comunicação direta com os proprietários. Durante a consulta de preços de uma reserva, os usuários podem conferir todos os valores extras cobrados como, por exemplo, a taxa de manutenção do imóvel definida pelo proprietário. Além disso, por cada reserva confirmada, o viajante paga uma porcentagem em dinheiro ao Alugue Temporada - que também tem seu valor apresentado antes da confirmação do negócio. As formas de pagamento aceitas são: cartão de crédito e boleto bancário.

O cancelamento de uma reserva e as políticas de reembolso devem ser consultadas de acordo com o imóvel escolhido. Isso acontece por conta das cinco opções de política de cancelamentos oferecidas ao proprietário, que vão desde flexível até rigorosa, em que nenhum tipo de reembolso é aceito. Caso esteja disponível, os reembolsos levam entre 5 a 7 dias úteis para serem processados e até 14 dias para que o dinheiro seja devolvido. Vale ressaltar que outros valores, como a taxa de serviço do site, não são reembolsáveis.

Alugue Temporada é confiável?

Tela inicial com a plataforma de busca para imóveis do site Alugue Temporada — Foto: Reprodução/Marvin Costa

O Alugue Temporada faz parte de uma plataforma mundial de gerenciamento de imóveis chamada HomeAway - grupo que agrega diversas empresas ao redor. Fundado em 2005, nos Estados Unidos, o site conta com um sistema fechado para que todas as negociações estejam dentro de sua política de uso. Sendo assim, proprietários e viajantes devem seguir as regras ou terão que enfrentar as implicações jurídicas definidas pela plataforma. Para que tudo possa funcionar com urbanidade, essas normas são apresentadas durante o processo de cadastro e no procedimento de confirmação de uma reserva.

No Reclame Aqui, o Alugue Temporada possui nota 6,6 com classificação de resolução regular. O índice de solução para as reclamações são de 66,7%, sendo que as maiores reclamações registradas são problemas com propaganda enganosa e estorno o valor pago. Segundo o site, cerca de 52,2% dos clientes que tiveram algum tipo de problema voltariam a fazer negócios na plataforma.

Concorrentes

Em comparação com seus concorrentes, o alugue temporada não deixa a desejar na quantidade de recursos. Seu principal rival no mercado, o Airbnb, se destaca por oferecer uma interface mais refinada e suporte para que proprietários invistam na qualidade geral de seus imóveis. Essa diferença é perceptível na qualidade visual dos anúncios das duas plataformas.

Outros concorrentes, como o Wimdu, que atua no site Lar de Férias, no Brasil, oferece interface similar, mas com a possibilidade de também encontrar acomodações em hotéis. Outras plataformas, entretanto, são mais completas por oferecerem desde reservas por temporada até passagens aéreas, agendamento em restaurantes e passeios em cruzeiros, como acontece no TripAdvisor. Há, também, opções para quem busca hospedagens de luxo em pontos turísticos mundiais, como o site Onefinestay.

O Alugue Temporada oferece a proprietários e viajantes ferramentas que podem garantir a interação e segurança jurídica nas negociações. Algo que é, inclusive, uma característica importante que seus concorrentes visam garantir aos usuários.

Como saber se uma loja é confiável? Deixe a sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo