Celulares

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Prolongar a duração da bateria do celular é possível por meio de dicas que aproveitam recursos do smartphone e racionalizam o uso da energia. Entre as possibilidades, o usuário pode ativar os modos de economia de energia. A função está presente em aparelhos de marcas como Motorola e Samsung como forma de diminuir a performance do sistema e ganhar horas a mais longe da tomada. Outras possibilidades envolvem o uso de modo escuro em telefones com tela OLED, bloqueio de apps em segundo plano e hábitos mais equilibrados com relação a recursos como Bluetooth e GPS.

1. Modo de economia de energia

Modos de uso de bateria permitem ganhar algumas horas sacrificando recursos do hardware — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo Modos de uso de bateria permitem ganhar algumas horas sacrificando recursos do hardware — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Modos de uso de bateria permitem ganhar algumas horas sacrificando recursos do hardware — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Smartphones de diversas marcas podem trazer modos de economia de energia configurados pelo fabricante. Esses modos podem diminuir a velocidade do processador, bloquear comunicações em segundo plano e até reduzir a resolução da tela como formas de poupar energia. Em casos extremos, como o modo Ultra da Samsung, a tela fica em tons de cinza para diminuir o consumo ao máximo.

Uma boa ideia é testar esses modos e avaliar se a diminuição de performance é aceitável. Caso não perceba mudanças significativas, vale deixar o celular em modo de economia e ganhar algumas horas longe da tomada sempre que precisar.

2. Impedir atividade em segundo plano

Remova do aplicativo a permissão para rodar em segundo plano — Foto: Reprodução/Paulo Alves Remova do aplicativo a permissão para rodar em segundo plano — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Remova do aplicativo a permissão para rodar em segundo plano — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Apps que utilizam recursos da Internet podem realizar atividades em segundo plano, como novas interações nas redes, e-mails, mensagens e etc. Essa operação consome bateria e pode representar um consumo elevado, caso o celular esteja com muitos apps nessa situação.

Para evitar o consumo excessivo de energia, o usuário pode impedir que apps executem ações quando o programa não estiver em uso. Para isso, acesse as configurações de aplicativos do seu celular e desligue a função nos apps desejados.

3. Desinstalar apps

Interface de configurações de bateria vai mostrar quais são os apps vilões do seu celular — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo Interface de configurações de bateria vai mostrar quais são os apps vilões do seu celular — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Interface de configurações de bateria vai mostrar quais são os apps vilões do seu celular — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Versões mais recentes do Android oferecem uma interface de controle de bateria bastante eficiente, capaz até mesmo de isolar quais apps gastam mais bateria. A interface pode ser usada como forma de elencar os aplicativos que funcionam em segundo plano para resolver a dica anterior, mas também para levantar quais serviços gastam bateria mesmo sem ser usados com grande frequência.

4. Ative o modo escuro

Modo escuro pode representar economia perceptível em telas OLED — Foto: Filipe Garrett/TechTudo Modo escuro pode representar economia perceptível em telas OLED — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

Modo escuro pode representar economia perceptível em telas OLED — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

Essa dica deve ser considerada por quem possui celular com tela OLED. Nesses casos, o uso de apps e recursos de sistema com interface escura diminui o consumo da tela, o que tem efeito positivo na duração de bateria.

O recurso, que já é parte do iOS 13, passa a estar presente também no Android 10. Quem usa celulares com Android 9 pode buscar efeito parecido ao aplicar temas escuros por meio de apps e recursos de personalização.

5. Reduza o brilho da tela

Ajuste de intensidade de brilho é um truque que vale para aparelhos OLED ou LCD — Foto: Reprodução/Marvin Costa Ajuste de intensidade de brilho é um truque que vale para aparelhos OLED ou LCD — Foto: Reprodução/Marvin Costa

Ajuste de intensidade de brilho é um truque que vale para aparelhos OLED ou LCD — Foto: Reprodução/Marvin Costa

Reduzir a intensidade do brilho pode ser interessante para economizar bateria. Caso o celular possua sensores de iluminação que calibram o brilho automaticamente, pode ser necessário desativar o recurso. A dica pode ser útil para os smartphones com tela OLED e também para telefones com outras tecnologias presentes no display.

6. Modo avião e redes

Modo avião e redes extras desligadas também contribuem para diminuir o consumo — Foto: Isabela Cabral/TechTudo Modo avião e redes extras desligadas também contribuem para diminuir o consumo — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

Modo avião e redes extras desligadas também contribuem para diminuir o consumo — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

Outra medida que pode representar uma grande economia de energia é o uso do modo avião. No entanto, vale lembrar que a função torna o celular incomunicável com qualquer rede. Além disso, o usuário pode criar hábitos mais racionais de uso de recursos como Bluetooth, redes de dados e GPS: em vez de deixar essas redes ativas o tempo todo, pode ser válido ligar cada uma delas apenas quando usá-las, já que 4G, Bluetooth e GPS são recursos que consumem energia quando estão ativados.

Com informações da LG, Samsung (1/2), Motorola (1/2) e Apple (1/2)

Android: quatro dicas para aumentar a duração da bateria

Android: quatro dicas para aumentar a duração da bateria

Mais do TechTudo