Video game

Por Rafael Martins, para o TechTudo


A epidemia do Coronavírus atingiu os estoques do Nintendo Switch no Japão. Em comunicado emitido nesta quinta-feira (6), a gigante japonesa informou que atrasos na produção e no envio dos dispositivos, montados na China, se tornaram inevitáveis. Na semana passada, o executivo-chefe Shuntaro Furukawa já havia informado que o surto estava afetando o abastecimento do Switch, a aposta da criadora de Mario e Zelda para a geração atual de consoles. Ainda não há informações se outros mercados fora da Ásia também serão atingidos pela escassez de aparelhos.

Nintendo Switch: vale a pena comprar o console?

Nintendo Switch: vale a pena comprar o console?

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A Nintendo moveu parte de sua cadeia de produção para o Vietnã em 2019, por conta da guerra comercial entre China e Estados Unidos. No entanto, as instalações no país do sudeste asiático não teriam capacidade suficiente para superar os transtornos causados pelo Coronavírus. A empresa japonesa diz que a venda de periféricos, como os controles Joy Con e o acessório do game Ring Fit Adventure — que já estão em falta em algumas regiões —, também será afetada no mercado local.

Em janeiro, o Switch atingiu a marca de 52,48 milhões de unidades vendidas mundialmente, superando as vendas totais do Xbox One, o console da Microsoft, na metade do tempo. O console desenvolvido pela empresa japonesa precisou de apenas 34 meses para atingir esse número, enquanto o videogame da gigante de tecnologia dos EUA levou 74 meses.

O Nintendo Switch Lite apenas funciona como portátil e não pode conectar-se à TV como o Nintendo Switch tradicional — Foto: Divulgação/Nintendo O Nintendo Switch Lite apenas funciona como portátil e não pode conectar-se à TV como o Nintendo Switch tradicional — Foto: Divulgação/Nintendo

O Nintendo Switch Lite apenas funciona como portátil e não pode conectar-se à TV como o Nintendo Switch tradicional — Foto: Divulgação/Nintendo

O número de mortes causadas pelo Coronavírus na China continental pulou de 73 para 563, com as infecções confirmadas alcançando a ordem de 28 mil pessoas. No comunicado, a Nintendo diz que "continuará trabalhando para entregar os produtos o mais rápido possível enquanto observa os efeitos da nova infecção de Coronavírus".

Via BBC

Quais os melhores exclusivos do Nintendo Switch? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo