Celulares

Por Rodrigo Roddick, para o TechTudo

Melissa Cruz Cossetti/TechTudo

Fãs da BlackBerry não encontrarão mais celulares com a icônica marca a partir de agosto. A fabricante chinesa TCL, atual responsável pela fabricação dos smartphones, anunciou nesta semana o fim do contrato de licenciamento do nome. A decisão marca o fim do esforço internacional para tornar o BlackBerry novamente relevante.

No início dos anos 2000, os aparelhos se tornaram sonho de consumo em especial por causa do eficiente teclado feito de plástico. Os chineses assumiram a operação em 2015 e optaram por encerrar o contrato cinco anos depois. Apesar de a TCL estar no Brasil, nenhum lançamento de telefone BlackBerry foi feito nos últimos tempos.

O perfil da BlackBerry no Twitter explicou que os dispositivos mais antigos que ainda estão em venda e em circulação contarão com o suporte da empresa até 2022 para honrar as garantias dos aparelhos.

Ainda não está certo o destino da BlackBerry. Uma vez sem licença, a situação dá margem para que outras fabricantes assumam a marca na intenção de produzir novos dispositivos. Até o momento nenhuma empresa mostrou interesse em dar continuidade aos celulares da marca. Caso o cenário permaneça dessa maneira, é possível que a empresa saia do mercado definitivamente.

BlackBerry usava teclado físico, mas tecnologia deixou de ser usada nos smartphones atuais — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

No começo da implementação das telas touch, o BlackBerry com teclado físico continuou como uma opção atraente para a agilidade do dia-a-dia. Entretanto, assim que a tecnologia sensível ao toque se tornou mais sofisticada, os usuários tiveram acesso a teclados virtuais que conferiam praticidade para escrever.

A BlackBerry tentou atualizar os aparelhos para as demandas atuais e até chegou a lançar dispositivos com acesso a aplicativos, o que modelos anteriores não ofereciam. No entanto, o mercado se acostumou aos smartphones com apenas tela e sem teclados físicos. Mesmo após a adoção do sistema Android no lugar do BBOS, a BlackBerry não conseguiu se impor no competitivo mercado global.

Com informações de Ars Technica e The Next Web

BlackBerry Key2 LE: testamos o celular retrô com teclado

BlackBerry Key2 LE: testamos o celular retrô com teclado

Mais do TechTudo