Produtividade

Por Barbara Ablas, para o TechTudo


As fintechs são startups especializadas na oferta de serviços financeiros totalmente digitais e que utilizam a tecnologia como base. O Brasil já possui muitas empresas desse tipo, como Nubank, PicPay e Guiabolso. Diferente das instituições financeiras tradicionais, as fintechs oferecem ao consumidor uma variedade de produtos como acesso a uma conta-corrente, cartão de crédito, empréstimos, pagamentos e seguros de maneira mais ágil e menos burocrática. Para isso, basta baixar o aplicativo da empresa, geralmente disponível para iPhone (iOS) e Android, fazer um cadastro e realizar as transações de maneira simples e segura pela Internet.

Outra vantagem das fintechs, que podem operar completamente independentes de bancos convencionais, é que elas oferecem taxas mais baratas e benefícios exclusivos que vão desde cartão de crédito sem anuidade a prazos maiores para pagamento de empréstimos.

As fintechs representam uma inovação digital no consumo de serviços e produtos financeiros — Foto: Raquel Freire/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo .

O que é e como funcionam as fintechs?

O termo fintech é a combinação das palavras em inglês financial (financeiro) e technology (tecnologia). Essas empresas funcionam virtualmente e utilizam tecnologias de Inteligência Artificial (IA) como os chatbots - robôs de bate-papo que respondem usuários com frases automáticas - e os robôs de investimentos, que dispensam a necessidade de pessoas reais no atendimento.

Elas também se destacam por oferecerem opções personalizadas baseadas na experiência do usuário. Utilizam dados de navegação em suas plataformas digitais para customizar os serviços. Por exemplo: com base nas informações mencionadas pelo usuário ou em suas transações, o sistema pode fazer sugestões de novos produtos ou promoções que se encaixam no perfil do usuário.

Os robôs de bate-papo conseguem responder aos clientes via apps e redes sociais com rapidez e precisão — Foto: Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo

Quais são os serviços mais comuns oferecidos por essas empresas?

As fintechs estão distribuídas em diversas categorias de serviços do mercado financeiro como pagamentos, contas bancárias e moedas digitais, gestão financeira pessoal, investimento e contratação de seguros.

Entre as empresas mais procuradas estão as que vendem, por exemplo, máquinas de cartão sem cobrar taxas de aluguel como a SumUp, e as fintechs que oferecem serviços bancários como cartões de crédito, débito e pré-pago, e com zero taxa de anuidade.

Empresa alemã oferece maquihinha sem taxa de aluguem — Foto: Divulgação/SumUp

Quais os diferenciais das fintechs?

Os principais diferenciais de uma fintech em relação a outras empresas do setor financeiro é a rapidez do atendimento e as taxas de juros mais baixas do que as praticadas por bancos ou corretoras. Isso é facilitado pelo fato dessas empresas terem custo de operação reduzido com menos funcionários e sem a necessidade de grandes espaços físicos, pois todo o processo é online.

O cliente também pode fazer tudo sem precisar se deslocar, enfrentar filas ou efetuar ligações para resolver problemas e negociações de dívidas, por exemplo. Em questão de minutos, consegue pedir um cartão de crédito, fazer empréstimo ou investir dinheiro sem sair de casa. As fintechs também oferecem produtos diferenciados que outras empresas não têm, como cartão de crédito pré-pago, em que o cliente deposita uma quantia e utiliza de acordo com a sua necessidade, conta-corrente sem tarifas, empréstimos a juros mais baixos e consultoria para pequenos investidores.

Outro fator que tem contribuído para o crescimento das fintechs é a possibilidade de democratizar o acesso ao crédito por pessoas que estão fora do sistema bancário tradicional. Uma pesquisa divulgada no ano passado pelo Instituto Locomotiva, por exemplo, apontou que 45 milhões de brasileiros não tem conta em banco, a maioria pertencente à classe mais pobre da população.

Veja também: cinco aplicativos curiosos de delivery

Entrega de combustível e cerveja: 5 aplicativos de delivery curiosos

Entrega de combustível e cerveja: 5 aplicativos de delivery curiosos

As fintechs são seguras?

Tanto os bancos tradicionais quanto as fintechs são fiscalizadas pelo Banco Central (BC) que, em 2018, aprovou três resoluções (4646, 4657 e 4658) com o objetivo de disciplinar e dar mais segurança jurídica às operações realizadas em plataformas digitais. Entre as exigências está a de que as empresas tenham medidas de proteção eficazes, principalmente contra ataques cibernéticos.

Foi essa regulamentação que permitiu às empresas de tecnologia do setor financeiro concederem crédito sem a necessidade da intermediação de um banco, por exemplo. Dessa forma, as fintechs estão sujeitas à paralisação de suas atividades no caso de irregularidades.

Para não ser pego de surpresa, uma boa dica é pesquisar na Internet as empresas que estão em alta, conferir opiniões de clientes em fóruns de discussão e sites de reclamação do consumidor. Confira a seguir, uma lista de fintechs que têm se destacado e conquistado cada vez mais clientes.

Nubank

O Nubank é uma das mais promissoras fintechs do país e a maior da América Latina. Entre seus serviços estão pagamentos de contas, transferências, depósitos (por boleto) sem taxas ou tarifas para manutenção e cartão virtual.

Onde sacar dinheiro do Nubank? Clientes podem utilizar caixas eletrônicos das redes Banco24Horas e Saque e Pague — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

PicPay

Lançado em 2012, o PicPay é um aplicativo de pagamentos online. Funciona como uma carteira eletrônica que facilita transações financeiras para comprar serviços online e realizar transferências.

PicPay é uma solução fácil e rápida para diversas transações financeiras — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Juno

A Juno é uma plataforma que oferece serviços para MEIs, e-commerces, marketplaces, empresas e pessoas físicas. A fintech é a antiga boletobancario.com e deve lançar em breve um cartão de crédito pré-pago.

A Juno está em alta e vai lançar em breve seu cartão de crédito pré-pago — Foto: Foto: Reprodução Barbara Ablas / Techtudo

Creditas

Um dos chamarizes da Creditas é a oferta de juros menores que os dos bancos tradicionais para solicitações de empréstimos e prazos mais longos para o pagamento. Além de oferecer um maior prazo para pagamento e um valor de crédito maior.

Quinto andar

Lançada em 2015, o Quinto Andar facilita o processo de locação de casas e apartamento com finalidade residencial. Sem a burocracia do seguro fiança ou outras garantias funcionam como um fiador para usuários que demonstrarem ter histórico de crédito sólido.

Aplicativo funciona como um fiador virtual — Foto: Foto: Helio Beggiora / TechTudo

Guiabolso

O Guiabolso é um aplicativo que ajuda os usuários na gestão financeira. A ferramenta permite fazer planejamento e controle de gastos pessoais, além de indicar os melhores produtos financeiros para o usuário.

App do Guiabolso para Android — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Cartão digital vale a pena? Deixe a sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo