Video game

Por Felipe Vinha, para o TechTudo


O Nintendo Switch Lite é o mais novo modelo do atual videogame da empresa, que chega com um tamanho menor, controles embutidos e a possibilidade de jogar apenas em modo portátil. O dispositivo foi pensado como uma opção extra, para quem busca também preço mais barato e portabilidade, sem necessariamente depender de TV para aproveitar seus games. O console também pode ser adquirido no Brasil, em revendas oficiais, com valores variados. Saiba mais sobre o aparelho da Nintendo, seus jogos, vantagens e desvantagens, a seguir.

Vale lembrar que, no exterior, este modelo do Switch custa US$ 200 (aproximadamente R$ 870, em conversão direta do dólar atual, sem contar eventuais impostos). Já o modelo padrão sai um pouco mais caro, por US$ 300 (cerca de R$ 1.300, em conversão direta).

Switch Lite está no mercado desde setembro de 2019 — Foto: Divulgação/Nintendo Switch Lite está no mercado desde setembro de 2019 — Foto: Divulgação/Nintendo

Switch Lite está no mercado desde setembro de 2019 — Foto: Divulgação/Nintendo

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare Techtudo

Ficha técnica do Nintendo Switch Lite:

  • Processador: Nvidia Tegra personalizado
  • Tamanho: 9 centímetros de altura, 20 centímetros de largura
  • Peso: 276 gramas
  • Tela: 5,5 polegadas, resolução de 1280x720
  • Armazenamento: 32GB internos, com capacidade para aumentar via cartões microSDHC ou microSDXC
  • Conectividade: Wi-Fi ou Bluetooth
  • USB: USB-C apenas para recarga
  • Saída para fone e ouvido: 3,5mm
  • Sistema: Nintendo Switch System
  • Memória: 4GB LPDDR4
  • Lançamento: 20 de setembro de 2019
  • Preço de lançamento: US$ 200

Tela

A tela do Nintendo Switch Lite é menor do que a do Switch tradicional, mas não tem real ganho de qualidade. Tecnicamente, é a mesma tela, apenas em tamanho reduzido, o que faz com que os jogos também exibam menores problemas, ainda que a resolução máxima seja de 720p – contra 1080p ou 1080i, do Switch tradicional, quando ligado na TV.

O Nintendo Switch Lite é um pouco menor que o modelo padrão e não tem partes destacáveis — Foto: Reprodução/Reddit O Nintendo Switch Lite é um pouco menor que o modelo padrão e não tem partes destacáveis — Foto: Reprodução/Reddit

O Nintendo Switch Lite é um pouco menor que o modelo padrão e não tem partes destacáveis — Foto: Reprodução/Reddit

Design

O grande ganho do Switch Lite está em seu design. Além de o corpo do aparelho ser todo em plástico, o que o deixa mais leve que o tradicional, que contém partes em metal e em plástico mais rígido, o Switch Lite também é menor e mais confortável para as mãos. Ele está disponível nas cores amarelo, azul e cinza – uma versão rosa será lançada ainda em 2020.

O tamanho reduzido do Nintendo Switch Lite torna mais fácil carregá-lo como um videogame portátil — Foto: Divulgação/Nintendo O tamanho reduzido do Nintendo Switch Lite torna mais fácil carregá-lo como um videogame portátil — Foto: Divulgação/Nintendo

O tamanho reduzido do Nintendo Switch Lite torna mais fácil carregá-lo como um videogame portátil — Foto: Divulgação/Nintendo

Preço e disponibilidade

Como citado acima, o Switch Lite custa US$ 200 nos Estados e o equivalente em países onde ele é vendido oficialmente pela Nintendo. No Brasil, apesar de não ter sido lançado em caráter oficial, é possível encontrar o Switch Lite em lojas como Americanas, Submarino, Amazon, entre outras grandes revendedoras.

O Nintendo Switch Lite limita um pouco o acesso do jogador ao multiplayer em jogos que foram projetados para o Nintendo Switch padrão — Foto: Divulgação/Nintendo O Nintendo Switch Lite limita um pouco o acesso do jogador ao multiplayer em jogos que foram projetados para o Nintendo Switch padrão — Foto: Divulgação/Nintendo

O Nintendo Switch Lite limita um pouco o acesso do jogador ao multiplayer em jogos que foram projetados para o Nintendo Switch padrão — Foto: Divulgação/Nintendo

O preço por aqui varia bastante, mas está sempre acima dos R$ 1 mil. Há uma faixa de valores entre R$ 1.200 e R$ 1.600 para o Switch Lite no Brasil, por isso é sempre bom pesquisar bastante antes de efetuar sua compra.

Controle

Os controles do Switch Lite são embutidos, por isso é preciso ter em mente que o console não permite o multiplayer “de fábrica”, como o Switch tradicional. Isto é: não é possível destacar os Joy-Con e jogar com um amigo um game de luta offline, por exemplo. Porém, ele permite conectar outros Joy-Con, via Bluetooth. Os controles também não possuem o HD Rumble, a função de vibrar dos Joy-Cons originais.

Switch Lite não destaca Joy-Con, como na foto — Foto: Divulgação/Nintendo Switch Lite não destaca Joy-Con, como na foto — Foto: Divulgação/Nintendo

Switch Lite não destaca Joy-Con, como na foto — Foto: Divulgação/Nintendo

Jogos disponíveis

Virtualmente, todos os jogos disponíveis para o Switch tradicional estão disponíveis para o Switch Lite. Até mesmo games que exigem Joy-Con desconectados, como 1-2 Switch, podem ser aproveitados sem problemas no Switch Lite – basta, como informamos, conectar mais controles destacados, via conexão Bluetooth.

O preço mais baixo do Nintendo Switch Lite o torna mais acessível que o modelo padrão — Foto: Divulgação/Nintendo O preço mais baixo do Nintendo Switch Lite o torna mais acessível que o modelo padrão — Foto: Divulgação/Nintendo

O preço mais baixo do Nintendo Switch Lite o torna mais acessível que o modelo padrão — Foto: Divulgação/Nintendo

Acessórios

Alguns acessórios seguem a mesma linha dos jogos, como é o caso do Nintendo Labo, mas com alguns problemas adicionais. Apesar de termos a possibilidade de conectar Joy-Cons adicionais via Bluetooth, alguns modos do Nintendo Labo, o acessório e papelão da empresa, exigem que o Switch seja encaixado sem nenhum controle em sua estrutura. No modelo Lite, isso é impossível e pode ser um problema.

Quem tem Nintendo Labo pode ter problemas com o Switch Lite — Foto: Divulgação/Nintendo Quem tem Nintendo Labo pode ter problemas com o Switch Lite — Foto: Divulgação/Nintendo

Quem tem Nintendo Labo pode ter problemas com o Switch Lite — Foto: Divulgação/Nintendo

Diferenças em relação ao Switch

Como citamos, o Switch Lite tem diferenças pontuais entre o modelo tradicional, mas não de sistema interno. A bateria dura a mesma coisa, o processamento é o mesmo e os jogos são virtualmente exatamente iguais.

Versão Lite é pensada em modelo portátil — Foto: Divulgação/Nintendo Versão Lite é pensada em modelo portátil — Foto: Divulgação/Nintendo

Versão Lite é pensada em modelo portátil — Foto: Divulgação/Nintendo

Porém, quem busca o Switch Lite pode contar com um peso mais leve, tamanho reduzido e a portabilidade em sua totalidade. O Switch Lite foi desenhado para quem quer jogar fora de casa e levar o console em sua bolsa para todos os cantos, sem usar TV ou conexões com cabos adicionais. Todo o restante permanece o mesmo.

Nintendo Switch: vale a pena comprar o console?

Nintendo Switch: vale a pena comprar o console?

Quais seus jogos favoritos do Switch? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo