Redes sociais

Por Ana Letícia Loubak, para o TechTudo


Os grupos de WhatsApp podem não ser tão seguros quanto você pensa. Foi o que afirmou o jornalista Jordan Wildon, da agência alemã Deutsche Welle, após descobrir que o Google indexa links com convites para grupos privados do mensageiro. Isso significa que, com uma pesquisa simples no buscador, qualquer pessoa pode descobrir e participar dos chats coletivos.

Conforme Wildon explicou em seu Twitter na última sexta-feira (21), o recurso "Convidar via link" permite que o Google indexe os grupos de WhatsApp à sua busca. Isso acontece porque é possível compartilhar os links fora do mensageiro e, portanto, sem a segurança da criptografia de ponta-a-ponta do aplicativo. Em nota ao TechTudo, o WhatsApp confirmou que os links de convites podem ser encontrados por outros usuários quando disponibilizados em canais públicos (veja a nota na íntegra ao final da matéria). Também procurado pelo TechTudo, o Google não se posicionou a respeito.

WhatsApp: convites para grupos privados são encontrados em busca no Google — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo WhatsApp: convites para grupos privados são encontrados em busca no Google — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

WhatsApp: convites para grupos privados são encontrados em busca no Google — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Não é difícil encontrar os links de grupos no Google. Para isso, basta aplicar o comando de pesquisa “site:chat.whatsapp.com" para filtrar resultados relacionados à URL, que está ligada às conversas coletivas do aplicativo de mensagens para Android e iPhone (iOS). Segundo investigação da especialista em engenharia reversa Jane Manchun Wong, existem ao menos 470 mil links indexados ao buscador.

Os grupos encontrados na pesquisa abrangem uma variedade grande de temas, grande parte deles relacionados à pornografia. Há também chats de organizações antigovernamentais e de extrema-direita. Ao clicar em qualquer um dos links, basta que o usuário confirme a entrada para se tornar um membro do grupo e ter acesso não apenas aos conteúdos discutidos na conversa, como também aos números de telefone dos outros participantes.

É possível revogar o link criado a partir da janela de informações do chat no WhatsApp. Para isso, o administrador do grupo precisa acessar a seção "Participantes", tocar em "Convidar via link" e depois em "Cancelar link". Segundo Wildon, porém, o procedimento apenas gera uma nova URL, sem necessariamente desativar o link original.

Procedimento para cancelar um link de convite para grupo no WhatsApp — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Procedimento para cancelar um link de convite para grupo no WhatsApp — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Procedimento para cancelar um link de convite para grupo no WhatsApp — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Procurado pelo TechTudo, o WhatsApp confirmou que, uma vez compartilhados em redes sociais e outras plataformas públicas, os links de convite estão sujeitos à indexação pelo Google e demais mecanismos de busca. Segundo a empresa, os usuários interessados em preservar a privacidade da conversa não devem publicar a URL em um site acessível ao público. O TechTudo também entrou em contato com o Google, que não comentou o caso. Confira o posicionamento do WhatsApp a seguir:

“Os administradores de grupos do WhatsApp podem convidar qualquer usuário do WhatsApp para ingressar nesse grupo, compartilhando um link gerado por eles. Como todo o conteúdo compartilhado em canais públicos pesquisáveis, os links de convites disponibilizados publicamente na Internet podem ser encontrados por outros usuários do WhatsApp. Os links que os usuários desejam compartilhar em particular com pessoas que conhecem e confiam não devem ser publicados em um site acessível ao público.”

Via Vice, The Verge e Twitter (1 e 2)

Como colocar link do WhatsApp no Instagram

Como colocar link do WhatsApp no Instagram

Mais do TechTudo